Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubacao mineral do angico-amarelo (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.). Repositório Alice
VENTURIN, N.; DUBOC, E.; VALE, F. R. do; DAVIDE, A. C..
Com o objetivo de se estudar as exigencias nutricionais no desenvolvimento inicial de mudas de Peltophorum dubium (Spreng.) Taub., foi realizado um experimento em casa de vegetacao. Usou-se como substrato um Latossolo Vermelho-Amarelo com baixa disponibilidade de nutrientes, utilizando-se 10 tratamentos, sob a tecnica do elemento faltante. Foram aplicados um tratamento completo (com N, P, K, Ca, Mg, S, B e Zn), outros com omissao de um nutriente por vez (-N, -P, -K, -Ca, -Mg, -S, -B, e -Zn) e uma testemunha (solo natural). Foram avaliadas as seguintes caracteristicas: altura, diametro, peso de materia seca da parte aerea e das raizes, e teor de nutrientes na materia seca da parte aerea. Concluiu-se que as plantas do angico-amarelo apresentam elevada...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Floresta nativa; Fertilizacao; Mudas; Natives forest; Fertilization; Seedlings.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/84552
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise das variações temporais na florística e estrutura da comunidade arbórea de uma floresta explorada com plano de manejo. Repositório Alice
PEREIRA, N. W. V.; VENTURIN, N.; MACHADO, E. L. M.; SCOLFORO, J. R. S.; MACEDO, R. L. G.; OLIVEIRA, M. V. N. d'..
Realizou-se o levantamento do compartimento arbóreo em uma área sujeita a manejo sustentado, em uma floresta ombrófila aberta e floresta densa, situada em Lábrea, Amazonas, com o objetivo de caracterizar a composição florística e fisionômica, a diversidade da área, o padrão de distribuição das espécies e verificar as possíveis variações dos padrões de distribuição destas espécies arbóreas em função deste manejo. Para a realização deste trabalho a área foi dividida em 18 unidades primarias com 30 ha cada uma, sendo que destas, foram selecionadas aleatoriamente, três unidades, onde foram alocadas dez unidades secundárias (parcelas), de 100 x 100 m (1 ha), em cada unidade primária, no total de 30 ha para melhor controle das avaliações. Cada unidade secundária...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Manejo florestal; Levantamento florestal; Manejo sustentado; Diversidade de espécies; Floresta ombrófila aberta; Floresta densa; Lábrea (AM); Amazonas; Amazônia Ocidental; Floresta tropical; População de planta; Espécie florestal; Forest management; Amazonia; Species diversity; Forest surveys; Manejo forestal; Diversidad de especies; Prospecciones forestales.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/506322
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho silvicultural e produtivo de eucalipto sob diferentes arranjos espaciais em sistema agrossilvipastoril. Repositório Alice
OLIVEIRA, T. K. de; MACEDO, R. L. G.; VENTURIN, N.; HIGASHIKAWA, E. M..
A produção de madeira de eucalipto para serraria está condicionada a longos ciclos de corte, maiores espaçamentos e tratos silviculturais específicos, e permite o consórcio com espécies produtoras de grãos e forragem. Objetivou-se avaliar e caracterizar a dinâmica de crescimento e produtividade de eucalipto, sob diferentes arranjos espaciais em sistema agrossilvipastoril. O experimento foi implantado em área de cerrado, com mudas clonais de um híbrido natural de Eucalyptus camaldulensis Dehnh com E. urophylla S.T. Blake, em consórcio com arroz no primeiro ano, soja no segundo e Brachiaria brizantha nos seguintes. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados com onze tratamentos (arranjos espaciais) e cinco repetições, com parcelas subdivididas no...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Extração da madeira; Serraria; Eucalipto; Eucalyptus camaldulensis; Eucalyptus urophylla; Crescimento; Rendimento; Agrossilvicultura; Consorciação de cultura; Arroz; Oriza sativa; Soja; Glycine max; Gramínea forrageira; Capim Brachiaria; Brachiaria brizantha; Eucalyptus; Timber production; Sawmills; Plant growth; Agroforestry; Mixed cropping; Rice; Soybeans; Forage grasses; Producción de madera; Serrerías; Crecimiento de planta; Agroforestería; Cultivo mixto; Semillas de soja; Pastos forrajeros.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/661509
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do fosfato de araxa, calcario e gesso em mudas de seringueira (Hevea sp.) Repositório Alice
VENTURIN, N.; NOGUEIRA, F.D.; COQUEIRO, G.R..
O ensaio foi instalado em casa de vegetacao na ESAL, Lavras, MG, com Latossolo Vermelho-Escuro Epialico, em delineamento de blocos casualizados em esquema fatorial 5 com seis repeticoes, consistindo em cinco doses de fosfato de Araxa (0, 50, 100, 150 e 200 kg de PO), cinco combinacoes de calcario e gesso (ausencia de ambos, 100% de calcario, 33% de calcario e 67% de gesso, 67% de calcario e 33% de gesso, 100% de gesso). Apos doze meses de cultivo de seringueira (Hevea sp.), concluiu-se que as diversas combinacoes de calcario e gesso nao contribuiram para o crescimento em altura e diametro das plantas nem para o aumento na producao de materia seca, mas, para esta ultima variavel, os efeitos da aplicacao combinada foram superiores aos obtidos pela isolada.O...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: PO; Ca; Macronutrientes; Altura; Diametro; Plantas; Materia seca; Al; Raizes; Macronutrient; Plant height; Diameter; Dry matter; Roots.
Ano: 1995 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/104179
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento de potenciais clones de seringueira como quebra-ventos em lavoura cafeeira na região de Lavras-MG. Repositório Alice
VENTURIN, N.; MACEDO, R. L. G.; OLIVEIRA, T. K. de; VALE, R. S. do; HIGASHIKAWA, E. M..
Cafeeiros e seringueiras, em sistemas de consórcio ou em monocultivo, exigem a escolha correta dos cultivares ou clones para formação das lavouras. Objetivou-se avaliar o estabelecimento e o crescimento de 12 clones de seringueira (Hevea brasiliensis Müll. Arg.), implantados como quebraventos em lavoura cafeeira, na região de Lavras-MG. As mudas de seringueira foram plantadas em fileira única e contínua, no espaçamento entre plantas de 1 m e distanciadas aproximadamente 3 m da última linha de cafeeiro, no limite do carreador de tráfego. A lavoura cafeeira, cultivar Acaiá, estava no espaçamento de 2,0 x 0,75 m e com três anos de idade. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados, composto por 12 tratamentos (clones de seringueira: IAN 3087, RRIM 701,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Rubber tree; Seringueira; Hevea brasiliensis; Clone; Quebra-vento; Café; Sistema de cultivo; Windbreaks; Agroforestry; Rompevientos; Agroforestería.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/508985
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento de Tectona grandis L.f. (Teca) em sistemas agroflorestais com Coffea arabica L. em Lavras-MG. Repositório Alice
MACEDO, R. L. G.; VENTURIN, N.; MORAIS, V. de M.; OLIVEIRA, T. K. de; SALGADO, B. G.; VALE, R. S. do..
O objetivo deste trabalho foi analisar o potencial de estabelecimento de mudas de teca, introduzidas em consórcios agroflorestais com cafeeiro, em Lavras ? MG. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados, com 12 tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos tiveram os seguintes espaçamentos: T1 (plantio de teca solteira, no espaçamento de 3 x 2 m), T2 (6 x 6 m), T3 (6 x 8 m), T4 (12 x 4 m), T5 (9 x 6 m), T6 (6 x 10 m), T7 (9 x 8 m), T8 (6 x 12 m), T9 (9 x 10 m), T10 (12 x 8 m), T11 (9 x 12 m) e T12 (12 x 10 m). Aos 5 e 12 meses pós-plantio, avaliou-se a porcentagem de sobrevivência, além do diâmetro basal da brotação proeminente e da altura das plantas de teca na última avaliação. Não houve diferença significativa entre os espaçamentos para as...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Agroforestry consortium; Teak; Sistema Agroflorestal (SAF); Lavras (MG); Minas Gerais; Sistema de cultivo; Consorciação de cultura; Teca; Tectona grandis; Café; Café Arábica; Agroforestry; Agroforestería; Coffee; Arabica coffee.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/508986
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf cv. Marandu sob diferentes arranjos estruturais de sistema agrossilvipastoril com eucalipto. Repositório Alice
OLIVEIRA, T. K. de; MACEDO, R. L. G.; SANTOS, I. P. A. dos; HIGASHIKAWA, E. M.; VENTURIN, N..
O sucesso de sistemas de produção sustentáveis tem como aspecto fundamental a escolha das espécies. O conhecimento da tolerância da Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf ao sombreamento e seu desempenho em consórcio com eucalipto implica na recomendação desta forrageira para implantação de sistemas agrossilvipastoris. O objetivo deste trabalho foi avaliar quantitativa e qualitativamente a produtividade de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf cv. Marandu sob diferentes arranjos estruturais de sistema agrossilvipastoril com eucalipto. Realizou-se o plantio de mudas clonais de um híbrido natural de Eucalyptus camaldulensis Dehnh com Eucalyptus urophylla S.T. Blake, em dezembro de 1999, em área de cerrado, no noroeste deMinas Gerais...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Sistema agrossilvipastoril; Growth performance; Crecimiento; Sistema de cultivo; Agrossilvicultura; Consorciação de cultura; Performance; Gramínea forrageira; Brachiaria brizantha cv Marandu; Eucalipto; Eucalyptus spp; Arroz; Oryza sativa; Soja; Glycine max; Cropping systems; Agroforestry; Mixed cropping; Growth performance; Forage grass; Rice; Soybeans; Cultivo mixto; Pastos forrajeros; Agroforestería; Semillas de soja.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/507377
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Radiação solar no sub-bosque de sistema agrossilvipastoril com eucalipto em diferentes arranjos estruturais. Repositório Alice
OLIVEIRA, T. K. de; MACEDO, R. L. G.; VENTURIN, N.; BOTELHO, S. A.; HIGASHIKAWA, E. M.; MAGALHÃES, W. M..
A radiação solar no sub-bosque de povoamentos de eucalipto torna-se decisiva para implantação de culturas intercalares e consórcio com pastagens em sistemas agrossilvipastoris. Objetivou-se determinar a incidência e distribuição da densidade de fluxo de fótons, radiação solar global e iluminância no sub-bosque de diferentes arranjos estruturais de sistema agrossilvipatoril com eucalipto. O experimento foi implantado em dezembro de 1999, em área de cerrado. Realizou-se o plantio de mudas clonais de um híbrido natural de Eucalyptus camaldulensis Dehnh com Eucalyptus urophylla S.T. Blake, em consórcio com arroz no primeiro ano, soja no segundo e pastagem de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf cv. Marandu nos anos consecutivos. O delineamento...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Sistema agrossilvipastoril; Sistema de cultivo; Consorciação de cultura; Agrossilvicultura; Radiação solar; Eucalipto; Eucalyptus spp; Arroz; Oryza sativa; Soja; Glycine max; Gramínea forrageira; Brachiaria brizantha cv Marandu; Cropping systems; Agroforestry; Mixed cropping; Rice; Soybeans; Forage grasses; Solar radiation; Cultivo mixto; Agroforestería; Semillas de soja; Pastos forrajeros; Radiación solar.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/506304
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional