Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Expressão enzimática em frutas que receberam tratamentos físicos na pós-colheita. Repositório Alice
PONTE, M. S.; NECHET, K. de L.; VILELA, E. S. D.; VICELLI, M. P.; TERAO, D..
Resumo: O mercado é exigente no que diz respeito à qualidade de frutas, sem resíduos químicos, o que leva a uma demanda por tecnologias alternativas limpas nos tratamentos de pós-colheita. O estudo da atividade enzimática de frutas permite modular a ação da enzima como um marcador bioquímico de estresse, que pode resultar tanto na ativação de mecanismos de defesa contra fitopatógenos, bem como na aceleração do processo de senescência da fruta. Assim, o trabalho teve como objetivo determinar as atividades das enzimas peroxidases (PO), polifenoloxidases (PPO) e fenilalanina amônia-liase (FAL) em manga Tommy Atkins submetida a tratamentos físicos na pós-colheita, por aspersão de água aquecida a 65 ºC (TT), durante 15 s; pela irradiação de luz ultravioleta-C...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tratamento alternativo; Manga; Peroxidase; Polifenol oxidase; Fenilalanina amônia liase; Pós-colheita; Doença de planta; Controle físico; Controle térmico; Mangoes; Plant disease and disorders; Postharvest diseases; Hot water treatment; Enzyme activity; Peroxidases; Phenylalanine ammonia-lyase.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1036404
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da temperatura e da radiação UV-C no crescimento micelial e na germinação de Penicillium digitatum. Repositório Alice
VICELLI, M. P.; SILVA, A. M.; PONTE, M. S.; NASCIMENTO, R. dos S.; TERAO, D..
Resumo: As doenças pós-colheita provocam perdas significativas na citricultura, sendo que na exportação de frutas frescas existe grande restrição para os resíduos químicos. Nesse contexto, existe demanda por tratamentos na pós-colheita que não utilizem fungicidas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência da temperatura e da radiação da luz ultravioleta C (UV-C) no crescimento micelial e na inibição de esporos de Penicillium digitatum, fungo causador da podridão pós-colheita em laranja. Avaliaram-se as temperaturas: 50ºC, 55ºC e 60ºC em períodos de 15 s e 30 s e as doses de luz UV-C: 0,25; 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 kJ.m-2, nas avaliações de inibição de esporos e 1,0; 2,0; 4,0; 8,0 e 10 kJ.m-2, nos estudos de crescimento micelial. De maneira...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Bolor verde; Citros; Tratamento hidrotérmico; Radiação UV-C; Fruta cítrica; Doença de planta; Pós-colheita; Mofo verde; Controle físico; Controle térmico; Raio ultravioleta; Penicillium digitatum; Oranges; Plant disease and disorders; Postharvest diseases; Hot water treatment; Molds (fungi).
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1036420
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional