Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 32
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A importância das áreas ripárias para a sustentabilidade hidrológica do uso da terra em microbacias hidrográficas Bragantia
Attanasio,Cláudia Mira; Gandolfi,Sergius; Zakia,Maria José B.; Veniziani Junior,José Carlos Toledo; Lima,Walter de Paula.
Zonas ripárias são áreas de saturação hídrica, permanente ou temporária, cuja principal função é a proteção dos recursos hídricos de uma microbacia. Essa pesquisa comparou a adequação do uso do solo de dois cenários de planejamento agrícola de uma microbacia: o cenário convencional, representando o método usualmente empregado, que apenas considera as classes de capacidade de uso da terra, e o cenário hidrológico, que inclui a delimitação e avaliação das zonas ripárias. Um estudo de caso foi realizado na Microbacia do Ribeirão São João (3.656 ha), no município de Mineiros do Tietê (São Paulo, Brasil). Mapas de Classe de Capacidade de Uso da Terra e de Adequação do Uso do Solo foram elaborados, utilizando o Sistema de Informação Geográfica (SIG), para a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Classes de capacidade de uso da terra; Adequação do uso do solo; Agricultura sustentável; Cenários; Planos de manejo integrado; Áreas úmidas.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052012000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise de parâmetros morfológicos, físicos e químicos de solos associados à lagoas de água doce, Pantanal da Nhecolândia. Repositório Alice
NASCIMENTO, T. T. V. do.; FURQUIM, S. A. C.; SANTOS, M. A. dos.; CARDOSO, E. L.; BALBINO, M. de A.; BONOMO, B. C. M..
A sub-região da Nhecolândia do Pantanal Mato-Grossense é composta por lagoas de água doce, situadas em regiões de vazantes e de lagoas salinas localizadas no interior de cordilheiras, havendo predominância de solos halomórficos no entorno das salinas. O objetivo deste trabalho é estudar as características morfológicas e químicas dos solos de uma lagoa de água doce (baías) situada no Pantanal da Nhecolândia, a fim de aumentar o conhecimento sobre os solos associados a este elemento da paisagem. Em campo, os horizontes foram descritos em trincheiras e tradagens e as amostras coletadas foram enviadas para análises de pH; bases trocáveis, Al3+, H++Al3+, CTC (direta) e CE por meio de extrato de pasta saturada. Comparando-se os parâmetros químicos da baía...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Solos halomórficos; Baías; Áreas úmidas; Solo; Solo salino; Soil; Soil chemistry; Soil salts.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1030069
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Assembléias de peixes em lavoura de arroz do extremo Sul do Rio Grande do Sul, Brasil. Infoteca-e
WINCKLER-SOSINSKI, L.T.; PAGEL, I. A..
2011
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Áreas úmidas; Biodiversidade; Abundância; Ictiofauna.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/927822
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Assembléias de peixes em lavoura de arroz do extremo Sul do Rio Grande do Sul, Brasil. Infoteca-e
WINCKLER-SOSINSKI, L.T.; PAGEL, I. A..
2011
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Áreas úmidas; Biodiversidade; Abundância; Ictiofauna.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/952600
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Checklist das Poaceae de áreas inundáveis e inundadas do nordeste do estado do Pará Acta Amazonica
Rocha,Antônio Elielson Sousa da; Lins,Alba Lúcia Ferreira de Almeida.
É apresentada uma relação de Poaceae coletadas em áreas inundáveis e inundadas do nordeste do Estado do Pará. São registrados 31 gêneros, compreendendo 83 espécies. Os grupos mais bem representados são os gêneros Paspalum e Panicum (17 e 18 taxa, respectivamente) e a tribo Paniceae (57 taxa). São fornecidos posição sistemática, comentários sobre afinidades taxonômicas, distribuição geográfica, ciclo de vida, coleções botânicas e ilustração da espigueta das espécies.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Poaceae; Amazônia; Áreas úmidas.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672009000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Classificação sub-pixel de séries temporais de dados MODIS para a quantificação de áreas inundadas do Pantanal. Repositório Alice
ANTUNES, J. F. G.; ESQUERDO, J. C. D. M..
Resumo. As inundações no Pantanal condicionam a produção de peixes e influenciam a dinâmica da vegetação, afetando a criação de gado bovino. O entendimento da dinâmica das inundações é de fundamental importância para inferir sobre o nível das cheias, já que causam mudanças em toda a planície. As imagens do sensor MODIS (MODerate Resolution Imaging Spectroradiometer) fornecem uma ampla cobertura da superfície da Terra com alta periodicidade, que possibilitam o monitoramento das inundações. Entretanto, a sua moderada resolução espacial faz com que possa ocorrer a mistura espectral de diferentes classes de cobertura da terra dentro de um mesmo pixel. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi aplicar uma metodologia de classificação sub-pixel utilizando...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Processamento de imagens; Áreas úmidas; Reconhecimento de padrões; Redes neuro-fuzzy; Pattern recognition; Neuro-fuzzy networks; Sensoriamento remoto; Remote sensing; Image analysis; Wetlands.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1000763
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comércio de iscas vivas no Pantanal de Mato Grosso do Sul, SCPESCA/MS, 2005. Infoteca-e
CATELLA, A. C.; SILVA, J. M. V. da; JESUS, V. M. F. de..
O monitoramento pelo SCPESCA/MS constitui um exemplo gratificante de parceria entre instituições que atuam junto à pesca no Pantanal. O Sistema, que não seria possível sem esse esforço conjunto, gera resultados como a descrição anual da pesca e vem formando um grande banco de dados sobre a atividade, constituindo uma fonte importante de informações e conhecimentos para subsidiar a gestão dos recursos pesqueiros da região. Este estudo aborda o comércio de iscas vivas registrado pelo Sistema de Controle da Pesca de Mato Grosso do Sul (SCPESCA/MS) em 2005. Trata-se do comércio no atacado, realizado por intermediários entre municípios e entre Estados, pois a venda local (no atacado ou varejo) é feita diretamente entre as partes e não é contabilizada pelo...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Áreas úmidas; Bacia do Alto Paraguai; Pesca artesanal; Pesca de águas interiores; Pesca de iscas; Pesca esportiva.
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/806080
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição de grupos funcionais tróficos de área úmida natural e alterada. Repositório Alice
JURUÁ, K. T.; WINCKLER-SOSINSKI, L.T.; PAGEL, I. A..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Áreas úmidas; Grupos funcionais; Macroinvertebrados bentônicos.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/982260
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comunidade edáfica de Araneae (Arthropoda, Arachnida) em uma floresta sazonalmente inundável na região Norte do Pantanal de Mato Grosso, Brasil Biota Neotropica
Battirola,Leandro Dênis; Marques,Marinêz Isaac; Brescovit,Antonio Domingos; Rosado Neto,Germano Henrique; Anjos,Kellie Cristhina dos.
Este estudo teve como objetivo avaliar a composição da comunidade edáfica de Araneae de uma floresta sazonalmente inundável na região norte do Pantanal de Mato Grosso, tendo como base sua densidade de atividade e emergência. Foram empregadas armadilhas de solo tipo pitfall-trap para avaliação da atividade sobre o solo, e fotoecletores de solo para verificar a densidade de emergência ao longo de todos os períodos sazonais desta região, entre janeiro de 2004 e janeiro de 2005. Como resultado obteve-se um total de 2.233 aranhas, 1.314 indivíduos obtidos com armadilhas pitfall (29 famílias e 35 gêneros) e 919 com fotoecletores de solo (27 famílias e 22 gêneros). Oonopidae (335 ind.: 15,0%), Corinnidae (310 ind.; 13,9%), Gnaphosidae (289 ind.; 12,9%) e Ctenidae...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Áreas úmidas; Aranhas terrestres; Composição taxonômica; Ecologia.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032010000200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Correspondências entre classificações fisiográficas e padrões espaciais de assembleias de aves e mamíferos no Pantanal Brasileiro Ecología austral
Rodrigues Faria,Rogério; Braga,Rosana Talita; Leonardo Mioto,Camila; Paranhos Filho,Antonio Conceição; Souza,Franco Leandro; Bini,Luis Mauricio.
Estudos prévios no Pantanal brasileiro sugerem que heterogeneidade fisiográfica poderia ser usada para delimitar diferentes sub-regiões. Todavia, a magnitude na qual essas regionalizações refletem padrões espaciais de variação na diversidade beta para diferentes grupos taxonômicos não foi testada até o momento. O objetivo deste trabalho foi avaliar se os esquemas de regionalização propostos para o Pantanal brasileiro descrevem adequadamente a diversidade beta para aves e mamíferos. A presença e ausência de cada espécie de mamíferos e aves foram registradas em cada uma das 80 células de 0.5x0.5 graus em um mapa de grade quadriculada. O índice de similaridade de Jaccard foi usado para estimar a similaridade em cada par de células. Um método de classificação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Regionalização; Áreas úmidas; Biodiversidade animal; K-means; T áxons como substituto; Forças de classificação.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1667-782X2013000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica da cobertura vegetal e uso da terra e o estado ambiental nas regiões de paisagem da porção sudoeste de Mato Grosso, Brasil. Repositório Alice
NEVES, S. M. A. da S.; KREITLOW, J. P.; MIRANDA, M. R. da S.; GALVANIN, E. A. dos S.; SILVA, J. dos S. V. da; CRUZ, C. B. M.; VICENS, R. S.; SILVA, A..
Resumo. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a dinâmica espaço-temporal da cobertura vegetal e uso da terra e o Estado ambiental das regiões de paisagem situadas na porção sudoeste do estado brasileiro de Mato Grosso. Os mapas de cobertura vegetal e uso da terra foram gerados a partir das imagens dos satélites Landsat 5 e 8 dos anos de 1984, 1993, 2003 e 2013 no Sistema de Informação Geográfico SPRING. As quantificações e elaboração dos layouts das representações cartográficas foram elaboradas no ArcGis. Procedeu-se a regionalização da paisagem a partir da elaboração de uma matriz geoecológica regional, bem como analisou-se o seu estado ambiental. Os usos antrópicos no período de estudo expandiram em 134,08%, enquanto as coberturas vegetais reduziram...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Áreas úmidas; Geotecnologias; Geotechnologies; Sensoriamento Remoto; Cerrado; Remote sensing; Pantanal; Wetlands.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1099265
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição geoquímica e biodisponibilidade de metais traço em sedimentos no Rio Bento Gomes, Poconé - MT, Brasil Acta Amazonica
CORINGA,Josias do Espírito Santo; PEZZA,Leonardo; CORINGA,Elaine de Arruda Oliveira; WEBER,Oscarlina Lucia dos Santos.
RESUMO O sedimento é um dos compartimentos mais importantes dos ecossistemas aquáticos, possui papel importante no transporte e acumulação de metais. Este estudo teve por objetivo determinar a concentração de metais nas frações geoquímicas de sedimentos do Rio Bento Gomes, Pantanal de Poconé (MT) por meio da extração seletiva e sequencial, a fim de avaliar a distribuição e mobilidade dos metais. Os sedimentos foram coletados nos períodos seco e chuvoso em oito pontos distintos, e os metais (Fe, Mn, Cr, Cu, Zn e Ni) extraídos dos sedimentos por procedimentos de extração sequencial (baseada no protocolo proposto por BCR -Community Bureau of Reference) e de extração seletiva (baseada no protocolo 3050B da Environmental Protection Agency of the United States),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Recursos hídricos; Áreas úmidas; Extração sequencial.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672016000200161
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estoques de carbono e nitrogênio em solo sob florestas nativas e pastagens no bioma Pantanal. Repositório Alice
CARDOSO, E. L.; SILVA, M. L. N.; SILVA, C. A.; CURI, N.; FREITAS, D. A. F. de..
O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto da conversão da floresta nativa em pastagem cultivada, e exposição da pastagem nativa ao sistema de pastejo contínuo, sobre os estoques de C e N no solo, em ecossistemas naturais do Pantanal. Foram avaliados três remanescentes de floresta nativa, três áreas de pastagens de Urochloa decumbens com diferentes idades de formação, e uma pastagem nativa submetida ao sistema de pastejo contínuo e sem pastejo, por 3 e 19 anos. Amostras de solo foram coletadas nas profundidades de 0?10, 10?20 e 20?40 cm, com três repetições. A conversão de florestas em pastagens promoveu redução nos estoques de carbono orgânico e carbono microbiano no solo, principalmente nas pastagens cultivadas há mais tempo. Contudo, não houve...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Desmatamento; Sequestro de carbono; Substâncias húmicas; Áreas úmidas.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/875036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo florístico de plantas vasculares associadas às áreas úmidas na Cadeia do Espinhaço (MG), Brasil Rev. Bras. Bot.
Meyer,Sylvia Therese; Franceschinelli,Edivani Villaron.
A Cadeia do Espinhaço no Estado de Minas Gerais compreende um grupo de serras entre os limites 20°21'56" S e 43°26'02" W (Mariana) e 14°58'54" S e 42°30'10" W (Divisa Minas Gerais/Bahia). Foi realizado um levantamento florístico das espécies vasculares associadas a áreas úmidas em dez áreas, utilizando-se um transecto de 5 × 50 m, em cada área. Foram representadas 53 famílias, 126 gêneros e 224 espécies. As famílias com maior riqueza específica foram Cyperaceae (17,86%), Poaceae (10,27%), Asteraceae (7,14%), Eriocaulaceae (4,91%) e Melastomataceae (4,91%). A análise de agrupamento apresentou maior similaridade entre ambientes de rios e lagoas geograficamente mais próximas, porém o resultado do teste de Mantel para o conjunto das áreas não foi significativo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Áreas úmidas; Florística; Macrófitas aquáticas.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fishes from Baía da Medalha, southern Pantanal, Brazil: A 20 years review Biota Neotropica
Severo-Neto,Francisco; Tencatt,Luiz Fernando Caserta; Costa-Pereira,Raul; Tavares,Luiz Eduardo Roland.
Abstract Located in the Pantanal of Miranda-Abobral, the Baía da Medalha is the largest pond close to the Base de Estudos do Pantanal of the Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. The Baía da Medalha has been a study site for several didactic and scientific projects for years. Nevertheless, its fish fauna has never been inventoried. Based on data collected from the beginning of the 1990s up to 2011, we provide a list of fish species from the Baía da Medalha. A total of 97 species were recorded, corresponding to about 40% of the species stated for the Pantanal. Characiformes and Siluriformes were the most species-rich orders, being Characidae and Cichlidae the families with the highest number of species. Regional seasonal flood dynamics and the...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lagoa; Áreas úmidas; Rio Miranda; Ictiofauna.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032015000200204
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Florística do estrato herbáceo-subarbustivo de um campo limpo úmido em Brasília, Brasil Biota Neotropica
Munhoz,Cássia Beatriz Rodrigues; Felfili,Jeanine Maria.
A riqueza florística do estrato herbáceo-arbustivo de campo limpo úmido, uma vegetação campestre do bioma Cerrado, é pouco conhecida, embora as ervas e subarbustos sejam o maior componente na vegetação de Cerrado. O presente trabalho teve por objetivo caracterizar a riqueza florística da camada herbáceo-subarbustiva de um campo limpo úmido, com aproximadamente 16 ha, localizado na Fazenda Água Limpa (FAL), Brasília, DF (15° 56' a 15° 59' S e 47° 55' a 47° 58' W), além de comparar a sua flora herbáceo-arbustiva com a de outras áreas do bioma Cerrado no Brasil central e sudeste. Material botânico fértil foi coletado quinzenalmente, de setembro de 1999 a fevereiro de 2001, ao longo de trilhas distribuídas de modo a percorrer a maior extensão da área possível....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerrado; Campo limpo úmido; Composição florística; Estrato herbáceo; Áreas úmidas.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032007000300022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Geração automática de produtos derivados de imagem AVHRR-NOAA para monitoramento de áreas inundáveis do Pantanal. Repositório Alice
ANTUNES, J. F. G.; ESQUERDO, J. C. D. M..
Resumo. O monitoramento ambiental do Pantanal Brasileiro pode ser auxiliado com o uso de métodos de sensoriamento remoto por meio de imagens do satélite NOAA. Este artigo aborda o processamento automático de uma série multitemporal de imagens AVHRR-NOAA para monitoramento de grandes áreas inundáveis do Pantanal. Os resultados mostraram que quando as imagens apresentaram baixa cobertura de nuvens, o sistema foi eficaz, gerando produtos geometricamente precisos, com erros abaixo de um pixel. Os dados de reflectância da banda do infravermelho médio possibilitaram o monitoramento de áreas inundáveis no Pantanal durante outubro de 2005 a setembro de 2006. Pode-se concluir que o período das cheias é bastante variável em toda a planície do Pantanal, ocorrendo de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Processamento de imagens; Georreferenciamento; Áreas úmidas; Precise image navigation; Sensoriamento remoto; Remote sensing; Image processing; Wetlands; Image analysis.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1356
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Geração automática de produtos derivados de imagens AVHRR-NOA para monitoramento de áreas inundáveis do Pantanal. Repositório Alice
ANTUNES, J. F. G.; ESQUERDO, J. C. D. M..
O monitoramento ambiental do Pantanal Brasileiro pode ser auxiliado com o uso de métodos de sensoriamento remoto por meio de imagens do satélite NOAA. Este artigo aborda o processamento automático de uma série multitemporal de imagens AVHRR - NOAA para monitoramento de grandes áreas inundáveis do Pantanal. Os resultados mostraram que quando as imagens apresentam baixa cobertura de nuvens, o sistema foi eficaz, gerando produtos geometricamente precisos, com erros abaixo de um pixel. Os dados da reflectância da banda do infravermelho médio possibilitaram o monitoramento de áreas inundáveis no Pantanal durante outubro de 2005 a setembro de 2006. Pode-se concluir que o período das cheias é bastante variável em toda a planície do Pantanal, ocorrendo de leste...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Processamento de imagens; Georreferenciamento preciso; Áreas úmidas; Precise image navigation; Sensoriamento remoto; Remote sensing; Image analysis; Wetlands.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1645
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação de padrões de imagens LANDSAT no período de seca e cheia para interpretação de Savana Estépica (Chaco) e seus contatos florísticos no Pantanal. Repositório Alice
CINQUINI, J. A.; SILVA, J. dos S. V. da; ABDON, M. de M..
Este trabalho tem como objetivo identificar e comparar informações de diversas fitofisionomias observadas, nos períodos de seca e cheia, em áreas do Pantanal ocupadas por Savana Estépica(Chaco) e seus contatos florísticos e, estabelecer padrões para interpretação de imagens Landsat.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vegetação; Uso da terra; Fitofisionomias; Áreas úmidas; Savana estépica; Chaco; Vegetation; Land use; Savannas.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/902246
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação de padrões de vegetação ciliar em imagens CBERS e respectivo estado de conservação. Repositório Alice
SILVA, J. dos S. V. da; ABDON, M. de M.; ROSSI, M..
A importância que a vegetação de margem de rios representa para o meio ambiente exercendo funções tais como proteção de mananciais e do solo e manutenção do equilíbrio ecológico do ecossistema, faz com que seja fundamental a sua conservação. Este trabalho tem por objetivo identificar padrões de vegetação ciliar em imagens CBERS do Mato Grosso do Sul e seu respectivo estado de conservação. Foram utilizadas imagens do sensor CCD do satélite CBERS-2B do ano de 2007 e informações de campo, coletadas em 368 pontos de imagem referentes a 14 desses 368 pontos que representam áreas de vegetação ciliar ocupadas por campos úmidos, vegetação arbustiva e vegetação arbórea, além de áreas impactadas por cultivo de arroz, desmatamentos, implantação de pasto exótico,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Áreas úmidas; Impacto ambiental; Pantanal; Mato Grosso do Sul; Sensoriamento remoto; Vegetação ciliar; Imagens CBERS; Humid areas; Environmental impact; Pantanal wetland; Remote sensing; Riparian vegetation.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/663285
Registros recuperados: 32
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional