Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparative allelopathic effects of Cryptocarya moschata and Ocotea odorifera aqueous extracts on Lactuca sativa - doi: 10.4025/actasciagron.v35i2.15758 Agronomy
Prichoa, Franciele Carla; Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões; Leyser, Gabriela; Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões; Oliveira, José Vladimir de; Universidade Federal de Santa Catarina; Cansian, Rogério Luis; Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.
The aim of this work was to compare the allelopathic effects of aqueous leaf extracts from Cryptocarya moschata and Ocotea odorifera on the seed germination and initial growth of Lactuca sativa (lettuce). The extracts were prepared by cold maceration, which was accomplished by adding distilled water to the dried plant material 1:10 (w v-1) and grinding. The treatment concentrations (0, 0.25, 0.5, 0.75 and 1%) were obtained by dissolving the dried crude extract in distilled water. The allelopathic potential of the dried Ocotea odorifera and Cryptocarya moschata leaves on Lactuca sativa was observed through reduction of the percentage of seeds that germinated, the index of germination and the length of the roots as well as structural abnormalities in L....
Palavras-chave: Alelopatia; Cryptocarya moschata; Lauraceae; Germinação. allelopathy; Allelochemical; Lauraceae; Germination.
Ano: 2013 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/15758
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos potencialmente alelopáticos e autotóxicos em Pueraria phaseoloides. Repositório Alice
SOUZA FILHO, A. P. da S.; ALVES, S. de M..
Visando identificar efeitos autotóxicos e potencialmente alelopáticos na Pueraria phaseoloides, foram preparados extratos aquosos de sementes e da parte aérea, a 3% e 5%. Como plantas receptaras utilizaram-se a puerária, Urena lobata e Mimosa pudica. A puerária evidenciou potencialidades alelopáticas inibitórias em intensidades que variou em função da fonte e da concentração do extrato. A parte aérea constituiuse na principal fonte de substâncias potencialmente alelopáticas, solúveis em água. A concentração de 5% efetivou reduções mais expressivas do que a 3%, independentemente da fonte do extrato e da planta receptara. Foram observados efeitos autotóxicos apenas para o extrato da parte aérea
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Aleloquíimico; Leguminosa forrgeira; Patagem; Allelochemical; Plant extratcs; Seed; Weed; Grasse; Feed legumes; Pasture; Erva Daninha; Extrato Vegetal; Germinação; Gramínea; Kudzu; Malva Branca; Pueraria Phaseoloides; Semente; Germination.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/394910
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional