Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Abundância e aspectos reprodutivos de Loricariichthys platymetopon (Siluriformes, Loricariidae) em quatro trechos da represa Capivara, médio rio Paranapanema Iheringia, Sér. Zool.
Marcucci,Karen M. I.; Orsi,Mário L.; Shibatta,Oscar A..
O cascudo Loricariichthys platymetopon foi capturado pela primeira vez recentemente na região média do rio Paranapanema, tornando-se uma espécie abundante desde então. Aspectos reprodutivos dessa espécie foram analisados neste estudo, com base numa amostra de 1.044 exemplares provenientes do reservatório de Capivara. Foram avaliados a abundância, proporção sexual, RGS, IAR e o diâmetro dos ovócitos. Locais distantes da barragem apresentaram as maiores abundâncias, as fêmeas atingiram maiores tamanhos que os machos e a proporção sexual variou entre os trechos de coleta. A reprodução ocorreu principalmente nos meses quentes, com intensidade moderada; as médias da fecundidade absoluta e da relativa foram de 663,95 ± 141,99 ovócitos e 4,9 ± 1,24 ovócitos/g,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Neotrópico; Alto rio Paraná; Cascudo; Reprodução; Fecundidade.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212005000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fauna parasitária de Leporinus lacustris e Leporinus friderici (Characiformes, Anostomidae) da planície de inundação do alto rio Paraná, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v28i3.228 Biological Sciences
Guidelli, Gislaine Marcolino; UEM; Tavechio, Washinhton Luiz Gomes; PUCPR; Takemoto, Ricardo Massato; UEM; Pavanelli, Gilberto Cezar; UEM.
Foram investigadas as faunas parasitárias de Leporinus lacustris e Leporinus friderici da planície de inundação do Alto rio Paraná, Brasil, objetivando compará-las em composição e estrutura das comunidades seguindo-se metodologias usuais no estudo dos parasitas. Foram observados alguns padrões e as faunas podem ser consideradas semelhantes em estrutura. A principal diferença nas faunas parasitárias refere-se às taxas diferenciais de utilização das espécies hospedeiras por algumas espécies parasitas em comum, representadas pela abundância. Esse indicador diferiu entre as espécies de peixes mostrando que, apesar delas serem hospedeiras apropriadas, sua exploração ocorre de forma distinta.
Palavras-chave: 2.13.00.00-3 Parasitologia metazoários parasitas; Leporinus; Planície de inundação; Alto rio Paraná.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/228
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ictiofauna do Ribeirão do Pântano, afluente do Rio Mogi-Guaçu, Bacia do Alto Rio Paraná, São Paulo, Brasil Iheringia, Sér. Zool.
Perez-Junior,Odynei R.; Garavello,Júlio C..
As assembléias de peixes do ribeirão do Pântano, São Paulo, Brasil foram estudadas mensalmente entre os meses de maio de 2000 e junho de 2001. Estudos sobre sua composição, distribuição longitudinal e constância das espécies de peixes foram realizados. Foram feitas coletas da ictiofauna com auxilio de redes de espera, peneiras, tarrafas e redes de arrasto em três diferentes pontos do ribeirão. Sessenta e três espécies pertencentes a 46 gêneros de 18 famílias foram identificadas. As ordens Characiformes (com 30 espécies registradas, representando 47,62% da ictiofauna) e Siluriformes com 22 espécies, (34,92% do total), foram as ordens melhor representadas no elenco das espécies do ribeirão do Pântano. Cinco espécies pertencentes a ordem Perciformes, três a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alto rio Paraná; Rio Mogi-Guaçu; Distribuição longitudinal; Peixes de água doce; Sazonalidade.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212007000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ictiofauna dos trechos alto e médio da bacia do rio Tibagi, Paraná, Brasil Biota Neotropica
Shibatta,Oscar Akio; Gealh,Ana Maria; Bennemann,Sirlei Terezinha.
A ictiofauna de quatro trechos da bacia hidrográfica do rio Tibagi foi amostrada mensalmente de maio de 2001 a abril de 2002, com redes de espera (totalizando 1.000 m²) para analisar a dominância, constância e similaridade. Um total de 68 espécies (32 Characiformes, 32 Siluriformes, 2 Gymnotiformes e 2 Perciformes) e 2.758 exemplares foram capturados. O trecho com maior riqueza de espécies foi Tibagi abaixo (50 espécies), seguido por Tibagi acima (40 espécies), Iapó (35) e Fortaleza (14). No Fortaleza ocorreu o menor número de espécies, mas foi verificada a maior abundância, com 508 dos 877 exemplares capturados pertencentes à espécie Astyanax paranae, o que elevou o índice de dominância desse local para 37,9%. As dez espécies mais abundantes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Conservação; Alto rio Paraná; Ictiofauna; Rios; Bacia do rio Tibagi.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032007000200014
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional