Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 105
Primeira ... 123456 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agrupamento e biometria de pontoações intervasculares, densidade e vasos/poros de madeiras da família Leguminosae com raios unisseriados. Repositório Alice
FURTADO, A. C. S.; RODRIGUES, A. da C.; GOMES, J. I.; CARRÉRA, J. C.; ILKIU-BORGES, F..
A anatomia da madeira é caracterizada pela análise dos elementos celulares do xilema secundário de espécies arbóreas, constituindo-se em uma valiosa ferramenta para a identificação de espécies florestais. O objetivo deste trabalho foi agrupar 18 gêneros da família Leguminosae com raios predominantemente unisseriados, considerando a estratificação, composição (homogeneidade e heterogeneidade), densidade da madeira, os usos comerciais associados, assim como a análise da biometria dos poros/vasos (frequência e diâmetro) e o diâmetro das pontoações intervasculares. Foram analisadas amostras de madeira do acervo da Xiloteca da Embrapa Amazônia Oriental, Belém- PA. Realizaram-se também consultas bibliográficas. Dez gêneros foram agrupados como possuindo raios...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Anatomia; Leguminosae; Madeira.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1053790
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações anátomo-histopatológica no sistema reprodutivo de ovelhas adultas, no município de Sobral-Ceará. Repositório Alice
SANTA ROSA, J.; SANTOS, L. F. L.; SIMPLICIO, A. A..
1986
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Alteracao; Alteration; Ovino; Ovelha; Doença animal; Histopatologia; Anatomia; Sheep; Animal diseases; Hystopatology; Anatomy; Ewes.
Ano: 1986 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/514678
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações morfoanatômicas em plantas de Lithraea molleoides (Vell.) Engl. submetidas ao alagamento - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i1.408 Biological Sciences
Medri, Moacyr Eurípedes; UEL; Ferreira, Ana Cláudia; UEL; Kolb, Rosana Marta; UNESP Assis; Bianchini, Edmilson; UEL; Pimenta, José Antonio; UEL; Fabro, Viviane Maria Davanso; UEL; Medri, Cristiano; UEL.
Visando contribuir para o conhecimento das estratégias de tolerância de espécies arbóreas à hipoxia, os efeitos do alagamento em plantas de Lithraea molleoides foram estudados. Indivíduos jovens foram mantidos em condições de solo drenado e alagado por 35 dias. Para as análises de crescimento e desenvolvimento, o comprimento e diâmetro do caule e raiz principal e o peso seco de raízes, caule e folhas foram medidos. Para os estudos anatômicos, foram realizados cortes de material fresco e fixado, de acordo com técnicas usuais em anatomia vegetal. As plantas alagadas apresentaram menor massa seca sem, contudo, ocorrer morte de raízes ou abscisão de folhas. Observou-se maior volume de espaços intercelulares nas raízes secundárias e na base dos caules dessas...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral aerênquima; Alagamento; Anatomia; Lithraea molleoides; Morfologia; Lenticelas.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/408
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Amido no megagametófito de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze: degradação durante a germinação e desenvolvimento do esporófito Acta Botanica
Rosado,Rosa Maris; Ferreira,Alfredo Gui; Mariath,Jorge Ernesto de Araujo; Cocucci,Alfredo Elio.
O pinheiro brasileiro possui um diásporo de grandes dimensões, o pinhão, rico em reservas amiláceas. A mobilização dessas reservas pelo embrião foi quantificada em secções transversais do megagametófito, em cinco estágios de desenvolvimento da plântula, sob dois tratamentos, na luz e no escuro. Na luz, o consumo das reservas do megagametófito pela plântula é mais rápido do que no escuro e, existe uma tendência ao consumo do amido realizar-se primeiro na região do megagametófito próxima ao embrião.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Degradação do amido; Pinheiro do paraná; Semente; Anatomia; Luz/escuro.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061994000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise microquímica da raiz de Derris urucu (Killip & A.C. Sm.) J.F. Macbr. Repositório Alice
SILVA, E. F. da; ILKIU-BORGES, F.; PAIVA, K. R. T. de; SOUSA, D. de P..
Derris urucu (Killip & A.C. Sm.) J.F. Macbr. dentre outras espécies são cultivadas ou apenas exploradas pelos nativos para o uso na pescaria e como inseticida desde tempos remotos e são, ainda hoje, utilizadas nas pescarias dos ameríndios; estas características lhe confere considerável valor econômico, cultural e ecológico, porém poucas pesquisas são desenvolvidas para que se conheça suas propriedades químicas e de sua conformidade anatômica. Esta pesquisa utiliza o método histológico para orientar e localizar qualitativamente os grupos ativos presentes na raiz. O material vegetal foi coletado no Banco Ativo de Germoplasma Timbó da Embrapa Amazônia Oriental, cortes transversais a mão livre foram submetidos à ação de reagentes para detecção ou não de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Anatomia; Microquímica; Ictiotóxica.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/899784
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia comparada das vagens de cultivares e formas silvestres de feijão (Phaseolus vulgaris L. - Fabaceae). Repositório Alice
TORRES, P. de Q.; SILVA, H. T. da.
Os resultados mostraram que a estrutura anatômica das vagens das formas silvestres, apesar de não diferir em sua organização dos feijões cultivados, apresenta, entretanto, algumas diferenças quanto ao tamanho, número de camadas de células e desenvolvimento dos tecidos.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Feijão; Phaseolus vulgaris; Anatomia; Vagem.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/209897
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia da folha de O. phalerata Martius O. eichleri Drude e O. teixeirana Bondar (Palmae). Infoteca-e
PINHEIRO, C.U.B..
Este estudo objetiva fornecer subsidios de auxilio a taxonomia das especies O.phalerata, O.eichleri e O.teixeirana, atraves da descricao da anatomia da folha, alem da determinacao dos caracteres anatomicos intermediarios na especie O.teixeirana, resultante da hibridacao natural entre as outras duas especies. Os resultados revelaram os caracteres que diferenciam anatonomicamente as especies O.phalerata e O.eichleri, bem como, caracterizaram a intermediacao no hibrido O.teixeirana, em alguns aspectos da anatomia foliar.
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Palmeira; Babacu; Piaçaba; Folha; Anatomia; Orbignya phalerata; Orbignya eichleri; Orbignya teixeirana.
Ano: 1986 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/53455
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia da madeira de Sebastiana commersoniana (Baillon) Smith & Downs (Euphorbiaceae): aspectos funcionais e ecológicos. Repositório Alice
COSMO, N. L.; KUNIYOSHI, Y. S.; BOTOSSO, P. C..
(Anatomia da madeira de Sebastiania commersoniana (Baillon) Smith & Downs (Euphorbiaceae): aspectos funcionais e ecológicos). Sebastiania commersoniana é uma espécie arbórea bastante comum em ambientes aluviais, em diversas condições pedológicas, graças a sua plasticidade e capacidade de tolerar períodos de inundação. Foram amostrados 21 indivíduos adultos dessa espécie, na planície do rio Iguaçu, visando à caracterização anatômica da madeira e sua interpretação em termos funcionais. S. commersoniana possui porosidade difusa, vasos solitários e múltiplos de dois a seis, com arranjo radial e placas de perfuração simples. Os vasos são pouco freqüentes (12-16-20/mm2), com diâmetro de 54-88-117 ?m e elementos de vaso com comprimento 164-602-1025 ?m. As fi...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Branquilho; Sebastiana commersoniana; Madeira; Anatomia.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/865183
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia do escapo floral de espécies brasileiras de Paepalanthus subgênero Platycaulon (Eriocaulaceae) Acta Botanica
Scatena,Vera Lucia; Giulietti,Ana Maria; Cardoso,Vanessa de Aquino.
Foi estudada a anatomia dos escapos de 17 espécies de Paepalanthus subgênero Platycaulon, sendo 10 da sect. Divisi e sete da sect. Conferti. O trabalho foi realizado para caracterizar anatomicamente os escapos. como contribuição para o entendimento do grupo, uma vez que. morfologicamente, esse é o caráter laxonômico mais importante. Procurou-se, também, confirmar ou não o reconhecimento das duas seções dentro do subgênero. Para os estudos anatômicos utilizou-se material proveniente do Brasil, obtido de exsicatas de diferentes herbários e/ou coletado na Serra do Cipó, MG. Neste trabalho observou-se que Paepalanthus subg. Platycaulon é caracterizado morfologicamente por apresentar escapos pluricapitulados no ápice. Anatomicamente, as espécies estudadas da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Paepalanthus; Anatomia; Platycaulon.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061998000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia dos órgáos vegetativos de Camarea (Malpichiaceae) Acta Botanica
Mamede,Maria Candida Henrique.
Este trabalho apresenta os dados referentes à anatomia do sistema subterrâneo, caule e folhas das espécies de Camarea. O gênero compreende sete espécies e um provável híbrido, com distribuição predominante nos trópicos do Brasil. São descritas as características anatômicas e discutidas suas implicações na taxonomia e ecologia do gênero.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Malpighiaceae; Camarea; Anatomia.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia dos órgãos vegetativos e do escapo floral de Leiothrix crassifolia (Bong.) Ruhl., Eriocaulaceae, da Serra do Cipó-MG Acta Botanica
Scatena,Vera Lúcia; Rocha,Clélio Lázaro de Melo.
L. crassifolia (Eriocaulaceae) é uma planta perene, que cresce nos solos pedregosos e arenosos dos campos rupestres da Serra do Cipó - MG - Cadeia do Espinhaço. Essa planta está exposta a períodos secos e chuvosos, ventos constantes, alta luminosidade e mudanças bruscas de temperatura, características climáticas peculiares dos campos rupestres. Sua caracterização anatômica tem aplicação taxonômica para o grupo e suas estruturas são adaptadas aos fatores ambientais. A raiz apresenta parênquima cortical formado por dois tipos de células, que formam o aerênquima lisígeno, facilitando sua sobrevivência nos solos alagados durante a estação chuvosa. A endoderme é formada for uma única camada de células de paredes espessas. As estrias de Caspary são detectadas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Leiothrix crassifolia; Campo rupestre; Eriocaulaceae.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061995000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia e ontogenia dos frutos do açaizeiro: aspectos estruturais e microquímicos. Repositório Alice
RIBEIRO, G. V.; PESSOA, J. D. C.; ARDUIN, M..
2012
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Açaí; Frutos; Anatomia; Ontogenia.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/949510
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia ecológica do lenho de raiz de Raulinoa echinata R. S. Cowan (Rutaceae) em Santa Catarina, Brasil. Repositório Alice
ESEMANN-QUADROS, K.; CAMPOS-MORESCO, G.; RIGON-JÚNIOR, M.; BOTOSSO, P. C..
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Raulinoa echinata; Rutaceae; Anatomia; Lenho de raiz; Xeromorfia.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/863102
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar das espécies brasileiras de Mikania Willdenow seção Globosae Robinson: visão farmacognóstica. Repositório Alice
OLIVEIRA, F. de; SAITO, M. L.; GARCIA, L. de O..
O gênero Mikania Willdenow, criado em 1803, possui atualmente cerca de 300 espécies das quais 152 ocorrem no Brasil. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro correspondem ao maior centro de dispersão. A maioria das espécies deste gênero possui emprego na medicina popular merecendo destaque as conhecidas pelo nome de guaco. Mikania hirsutissima DC e M. glomerata Sprengel constam da farmacopéia brasileira. Dentre as Mikanias Willdenow conhecidas por guaco merecem atenção as pertencentes a secção Globasae Robinson pelos usos que possuem na medicina popular e oficial. Este trabalho objetiva caracterizar microscopicamente as espécies brasileiras do gênero Mikania Willdenow Secção Globasae Robinson fornecendo subsídios a diagnose das drogas obtidas. Desenhos...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mikania hirsutissima; Mikania glomerata; Globasae; Mikania confertissima; Mikania laevigata; Mikania congesta; Mikania microlepsis; Mikania hookeriana; Mikania smilacina; Espécie; Folha; Anatomia; Farmacognóstica; Diagnose; Guaco; Planta medicinal.
Ano: 1992 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/11653
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar de Deguelia utilis (A.C.Sm.) A.M.G. Azevedo (timbó). Repositório Alice
RODRIGUES, A. da C.; FURTADO, A. C. S.; RISUENHO, C. de O.; ILKIU-BORGES, F..
O timbó é usado pelos índios na prática da pesca por ser ictiotóxica. Considerando a semelhança morfológica das espécies dos gêneros Derris Lour. e Deguelia Aubl., o objetivo deste trabalho foi caracterizar anatomicamente as folhas de Deguelia utilis(A.C.Sm.) A.M.G. Azevedo, visando a contribuição aos estudos taxonômico e morfológicos da família, bem como, anatômicos comparados das espécies desse gênero com as do gênero Derris. As folhas foram coletadas no Banco ativo de germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental e divididas em ápice, meio e base, com secções das regiões da margem, limbo e nervura central. Foram feitos cortes histológicos transversais para confecção de lâminas semi-permanentes, seguindo técnicas usuais em anatomia vegetal. As folhas de D....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Timbó; Anatomia; Leguminoseae.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1022623
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliolar de Elaeis guineensis Jacq. (Arecaceae). Repositório Alice
SOUZA, F. I. B. de; SILVA, E. F. da; SOUSA, D. de P.; BOARES, A. de J.; HIURA, A. L..
2010
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Elaeis guineensis; Dendê; Amazônia; Anatomia.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/976278
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomical features of growth rings in trees of the Atlantic rain forest in Parana State, Brazil. Repositório Alice
BOTOSSO, P. C.; MATTOS, P. P. de; FRANKLIN, G.; VELLOZO, R. C.; KUNIYOSHI, Y. S.; TEIXEIRA, L. L..
2004
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Araucaria angustifolia; Anel de crescimento; Anatomia; Floresta Atlântica; Paraná.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/305550
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomy, chlorophyll content and photosynthetic potential in grapevine leaves under plastic cover. Repositório Alice
CHAVARRIA, G.; SANTOS, H. P. dos; CASTRO, L. A. S. de; MARODIN, G. A. B.; BERGAMASCHI, H..
o presente trabalho avaliou a anatomia, o teor de clorofila e as respostas fotossintéticas em diferentes níveis de radiação solar em folhas de videiras cultivadas sob cobertura plástica. o experimento foi realizado em vinhedo com a cultivar Moscato Giallo, com e sem cobertura plástica. A avaliação da anatomia foliar foi realizada em 10 plantas, nas áreas coberta e descoberta. No estádio fenológico de mudança de cor das bagas, em cada área, foram coletadas seis folhas expostas à radiação solar e seis sombreadas, as quais foram fixadas e micrografadas (espessuras das epidermes adaxiais e abaxiais e dos parênquimas paliçádicos e lacunosos). O teor de clorofila e o potencial fotossintético foram avaliados na mudança de cor das bagas e após a colheita. A...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Microclima; Clorofila; Adaptação; Potencial fotossintético; Viticultura; Uva; Fisiologia vegetal; Cobertura plástica; Anatomia; Folha; Cultivo protegido; Clima; Grapes.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/942910
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos anatômicos e adaptativos das partes vegetativas de Spartina densiflora Brong. (Gramineae) da marisma do estuário da Lagoa dos Patos-RS Acta Botanica
Perazzolo,Mara; Pinheiro,Fátima.
Spartina densiflora Brong. é uma gramínea típica das marismas doestuário da lagoa dos Patos, Rio Grande do Sul, Brasil. A espécie apresenta adaptações morfoanatômicas em relação à salinidade, inundação e condições anaeróbicas que caracterizam este ambiente estressante. As adaptações xeromórficas e halofíticas desta espécie são a presença de estômatos protegidos por papilas; alta lignificação nas folhas, rizoma e raízes; enrolamento foliar e glândulas secretoras de sal. Como adaptação à sobrevivência ao solo anaeróbico, a espécie apresenta espaços intercelulares nas folhas, rizoma e raízes.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Spartina densiflora; Anatomia; Anaerobiose; Halófita; Xerófita.
Ano: 1991 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061991000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos da anatomia foliar da pimenta-longa (Piper hispidinervum C.DC.) sob diferentes condições de luminosidade. Repositório Alice
SANTIAGO, E. J. A. de; PINTO, J. E. B. P.; CASTRO, E. M. de; LAMEIRA, O. A.; CONCEIÇÃO, H. E. O. da; GAVILANES, M. L..
2001
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Anatomia; Pimenta longa; Luminosidade; Safrol; Estomato; Piper hispidinervum.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/401601
Registros recuperados: 105
Primeira ... 123456 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional