Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Factors affecting the performance of Pantaneiro horses. Repositório Alice
SOUZA, G. da S. e; GOMES, E. G.; SANTOS, S. A.; REZENDE, A. S. C. de; ANDRADE, D. R. de F.; NOGUEIRA, M. F.; TRIGO, P.; ABREU, U. G. P. de.
This study aimed to assess the physical performance of Pantaneiro horses with and without equine infectious anemia (EIA) under functional conditions of cattle management. The horses were subjected to a performance test and split into two groups according to a completely randomized design: animals were chosen from populations testing positive and negative for EIA. Performance was measured as a function of a data envelopment analysis (DEA) model considering four outputs and one unitary input. The output measures were the distance achieved in the performance test, hematocrit as a weighted average over the test duration, respiratory rate as weighted average over the test duration, and the level of lactic acid at the test termination. Weights for the hematocrit...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Data envelopment analysis; Analysis of covariance; Anemia infecciosa eqüina; Delineamento experimental; Método estatístico; Equine infectious anemia; Experimental design; Multivariate analysis.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1090780
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Freqüência de anemia infecciosa em eqüinos no Acre, 1986 a 1996 Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Santos,R.M.L.; Reis,J.K.P.; Santos,F.G.A.; Oliveira,I.C.S..
Foram analisadas as fichas de 9.963 eqüídeos do Acre, submetidos ao teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) para anemia infecciosa eqüina (AIE), no período de 1986 a 1996. As regiões sócio-ecológicas da Bacia do Alto Juruá, Alto Acre e Alta Bacia do Purus apresentaram os maiores índices da doença, o que caracteriza a associação entre região e positividade. Essas áreas são fronteiriças com o Peru, Bolívia e o Estado do Amazonas, são distantes de Rio Branco, capital do Estado, onde muitas vezes é difícil o acesso pelas estradas, revelando serem áreas de risco. As regiões Oriental e Rio Branco apresentaram baixos índices de positividade. Não se observou diferença estatística entre animais positivos e negativos quanto à espécie, sexo, raça e idade.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Eqüídeo; Anemia infecciosa eqüina; Região sócio-ecológica; Freqüência; Acre.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Programa de prevenção e controle da anemia infecciosa eqüina no Pantanal Sul-Mato-Grossense. Infoteca-e
SILVA, R. A. M. S.; BARROS, A. T. M.; COSTA NETO, A. A.; LOPES, N.; CORTADA, V. M. C.; MATSUURA, T. M. de S. M.; FELDENS, O.; MORI, A. E.; MADUREIRA, J.; SANTOS, S. A. A. de P.; BANDINI, O..
A Anemia Infecciosa Eqüina (AIE), conhecida mundialmente como febre-do-pântano, é causada por um retrovírus pertencente à subfamília dos lentivírus, que infecta membros da família Equidae. Os estudos iniciais dessa doença foram realizados na França, no século XIX, e, atualmente, apresenta distribuição mundial. A AIE é uma infecção persistente, resultando em episódios periódicos de febre, anemia, hemorragias, redução no número de glóbulos brancos e plaquetas com supressão transitória da resposta imunológica. Sinais clínicos como perda de peso, depressão , desorientação, andar em círculos e febre tem sido observados. Muitos animais não apresentam qualquer sinal clínico (portadores assintomáticos) associado à AIE. O aproveitamento de potros negativos,...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Anemia infecciosa eqüina; Prevenção; Controle; Programa; Pantanal; População; Anemia infectious eqüine; Prevention; Control; Program; Population.
Ano: 2004 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/812061
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Soroprevalência da anemia infecciosa eqüina, da arterite viral dos eqüinos e do aborto viral eqüino no município de Uruará, PA, Brasil Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Heinemann,Marcos Bryan; Cortez,Adriana; Souza,Maria do Carmo Custódio de; Gotti,Tatiana; Ferreira,Fernando; Homem,Valéria Stachini Ferreira; Ferreira Neto,José Soares; Soares,Rodrigo Martins; Sakamoto,Sidnei Mioshi; Cunha,Elenice Maria Sequetin; Richtzenhain,Leonardo José.
Os vírus da anemia infecciosa eqüina (VAIE), da arterite viral dos eqüinos (VAVE) e do aborto viral eqüino (Herpesvírus eqüino tipo 1, HVE-1) são agentes causadores de enfermidades nos eqüídeos que podem causar graves prejuízos econômicos. O objetivo do presente trabalho foi estimar a soroprevalência de anticorpos contra os vírus VAIE, VAVE e HVE-1, utilizando como unidades de análise os eqüídeos e as propriedades rurais do tipo familiar do município de Uruará, PA. Os anticorpos contra o VAIE foram pesquisados pela prova de imunodifusão em gel de ágar e os anticorpos contra o VAVE e o HVE-1 pela prova de soroneutralização. O tamanho da amostra foi estimado a partir de um total de 2069 propriedades, caracterizadas por agricultura familiar e ausência de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prevalência; Uruará (PA); Anemia infecciosa eqüina; Arterite animal.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962002000100009
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional