Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 11
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anemia infecciosa equina: epizootiologia, prevencao e controle no Pantanal. Infoteca-e
SILVA, R. A. M. S.; ABREU, U. G. P. de; BARROS, A. T. M. de..
Os equideos sao ferramentas de trabalho essenciais a mais importante atividade economica do Pantanal - a pecuaria de corte, a qual e desenvolvida extensivamente na regiao. A Anemia Infecciosa Equina (AIE), conhecida mundialmente como Febre-do-pantano, e considerada uma das principais doencas que acometem equideos no Pantanal. Durante seis anos, entre 1990 e 1995, a Embrapa Pantanal conduziu pesquisas sobre a AIE na regiao, as quais envolveram 28 fazendas e 3.285 equinos. Estudos epizootiologicos permitiram a obtencao de um perfil de prevalencia da AIE em equinos, em relacao ao sexo, idade e manejo. Tambem, estudos sobre vetores (mutucas) incluiram o levantamento e sazonalidade de especies, definicao das epocas de maior risco de transmissao e aspectos da...
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Equino; AIE; Anemia infecciosa equina; Doenca; Epidemiologia; Profilaxia; Controle; Brazil; Horse; Equidae; Equine infectious anemia; Disease; Epidemiology; Control; Brazil.
Ano: 2001 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/807376
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de desempenho de cavalos pantaneiro com uso de modelos de análise de envoltória de dados. Repositório Alice
SOUZA, G. da S. e; GOMES, E. G.; REZENDE, A. S. C.; SANTOS, D. R. dos; NOGUEIRA, M. F.; TRIGO, P.; ABREU, U. G. P. de; SANTOS, S. A..
2016
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Covariáveis em DEA; Análise fatorial; Anemia infecciosa equina.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1061128
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Considerações sobre o R0 da Anemia Infecciosa Equina a partir dos agentes infecciosos inseto-vetor "Mutuca" e "seringas contaminadas". Infoteca-e
ROSSI, M.; TERNES, S.; NOGUEIRA, M. F..
Este texto tem como objetivo apresentar e discutir o R0 referente aos dois modelos matemáticos desenvolvidos no âmbito do projeto ?Anemia Infecciosa Equina no Pantanal brasileiro: Caracterização do agente, diagnóstico molecular, avaliação de práticas de manejo e modelagem quantitativa?, sob a liderança da Embrapa Pantanal.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Anemia infecciosa equina; Epidemiologia matemática; Epidemiologia; Epidemiology.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1037354
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Disseminando a aplicação do R-Shiny em métodos quantitativos e computação científica na web. Repositório Alice
ROCHA, B. F.; TERNES, S.; ROSSI, M..
Neste trabalho é apresentada uma alternativa para a disseminação via web de aplicações que envolvem técnicas de métodos quantitativos e computação científica, a ser usada por profissionais que não estão completamente familiarizados com linguagens de programação em seu cotidiano. Para tal, utilizando o software R e o pacote Shiny, ambas ferramentas open source, foi criada uma aplicação web para mostrar os resultados obtidos na avaliação da dinâmica de propagação da Anemia Infecciosa Equina (AIE), expressa por um sistema de equações diferenciais ordinárias previamente desenvolvidas. A aplicação web ofereceu melhor interação e maior facilidade no manuseio e na interpretação do modelo determinístico por profissionais de diversas formações, em especial os das...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Software R; Pacote Shiny; Anemia infecciosa equina; Aplicação web.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1038869
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimativa do valor de R0 pelo tamanho final da doença: estudo de caso da anemia infecciosa equina no Pantanal brasileiro. Repositório Alice
ROSSI, M. M.; TERNES, S..
Este artigo providencia uma forma simples de calcular as estimativas de incidência de contágios e demonstra que o efeito iatrogênico tem o maior potencial de transmissão.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Epidemiologia matemática; Anemia infecciosa equina; Controle da infecção; Razão de reprodução básica; Basic reproduction number; Anemia infecciosa; Epidemiologia; Equine infectious anemia; Disease control.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1032129
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Explorando o uso da Teoria Fuzzy no software R: estudo de caso para avaliar a força de infecção da Anemia Infecciosa Equina (AIE). Repositório Alice
SERVIDONE, G.; TERNES, S.; ROSSI, M..
A Anemia Infecciosa Equina (AIE) é uma doença grave no Pantanal Sul-Mato-Grossense, e uma das possíveis vias de infecção é a iatrogênica. A obtenção de dados do processo infeccioso no campo que permitam estimar a força de infecção da transmissão da AIE é uma etapa onerosa, pois envolve altos custos e o bem estar animal. Para contornar a escassez de tais dados, implementou-se um sistema baseado em regras fuzzy para mimetizar a força de infecção correspondente ao reúso de possíveis agulhas contaminadas nos cavalos. Este parâmetro epidemiológico foi gerado por diferentes t-normas, verificando-se sua importância nos respectivos resultados do modelo matemático.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Teoria de conjuntos fuzzy; Lógica fuzzy; Força de infecção; Anemia infecciosa equina; Epidemiologia; Fuzzy logic.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1038863
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento epidemiológico dos retestes para anemia infecciosa equina realizados na região sul do Brasil entre 2013 e 2015 MV&Z
Lima, F. M.; Santos, D. V.; Costa, J. M. N.; Serqueira, M. A. C. M.; Ravison, J. A.; Neves, A. G.; Sorgetz, F. F.; Borba, J. C.; Maia, T. F.; Ferreira, A. E. C.; Bandeira, V. G.; Domingues, R. D.; Diehl, G. N..
O LANAGRO/RS recebe amostras coletadas por veterinários oficiais da região sul do país para realizar o reteste para a Anemia Infecciosa Equina (AIE). O objetivo desse trabalho foi realizar um levantamento epidemiológico para analisar os retestes realizados pelo LANAGRO/RS, assim como a concordância dos resultados emitidos pelos laboratórios credenciados e o reteste. Foi realizado um levantamento epidemiológico de todos os resultados laboratoriais, relativos ao reteste de animais positivos para AIE, emitidos pelo LANAGRO/RS, no período de janeiro de 2013 até abril de 2015. No período analisado, foram testadas 34 amostras. Destas, 11 (32,4%) tiveram resultado negativo no laboratório oficial. Das amostras para reteste provenientes de Santa Catarina, 40%...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anemia infecciosa equina; Levantamento epidemiológico; Reteste.
Ano: 2016 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/31917
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mineração de dados aplicada à modelagem da incidência da Anemia Infecciosa Equina (AIE), no Pantanal sul-matogrossense. Repositório Alice
LIMA, H. P. de; ABREU, U. G. P. de; OLIVEIRA, S. R. de M.; MASSRUHÁ, S. M. F. S..
Resumo.A Embrapa Pantanal conduziu um programa de controle da AIE, que envolveu 28 fazendas formando um conjunto de dados de 3.285 equídeos. Objetivou-se neste trabalho, modelar o problema da AIE utilizando a técnica de indução de árvores de decisão. Foi realizada uma etapa de pré-processamento dos dados do experimento e três modelos de árvore de decisão foram induzidos, considerando níveis de poda diferentes. A acurácia geral dos modelos girou em torno de 85%, enquanto a precisão para a classe alvo foi de 80%. A quantidade de exames foi o atributo que mais se destacou, revelando uma relação direta com o correto acompanhamento do programa.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mineração de dados; Árvore de decisão; Anemia infecciosa equina; Data mining; Decision tree.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/971803
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelo matemático para estudo da dinâmica de transmissão da AIE via mutuca. Repositório Alice
MARQUES, A. P. D.; TERNES, S.; VILAMIU, R.; NOGUEIRA, M. F..
A Anemia Infecciosa Equina (AIE) é uma doença incurável e de grande prevalência no Pantanal Brasileiro, acometendo cerca de 50% dos animais de serviço (SILVA et al., 2004), causada por um vírus pertencente ao gênero do vírus da AIDS (Lentivirus, da família Retroviridae). O objetivo deste trabalho é desenvolver um modelo matemático compartimental determinístico para representar a dinâmica temporal da transmissão da AIE por seu inseto vetor, a mutuca, que desempenha o papel mais importante na cadeia natural da doença. Partindo do modelo desenvolvido por Marquesone (2011), o modelo aqui apresentado considera também a variação populacional do vetor definida por cenário, unifica os compartimentos de cavalos infectados e assintomáticos e define criteriosamente...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Modelo matemático; Anemia infecciosa equina; Mathematical models; Retroviridae.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/933165
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
The role of horseflies in the prevalence of Equine Infectious Anemia (EIA) in the Brazilian Pantanal. Repositório Alice
VILAMIU, R. G. d´A.; TERNES, S.; MARQUES, A. P. D.; FURLAN, M. F..
The Equine Infectious Anemia (EIA) is an incurable disease caused by a virus belonging to the genus of the AIDS virus (Lentivirus, family Retroviridae). EIA has a high prevalence in the Brazilian Pantanal and recently Borges at al. [1] have found highly distinct values for the disease prevalence in non-flooded and flooded farm areas, which are 0.85% and 42.10%, respectively. This phenomenon has been credited to a much higher population of the insect vector, the horseflies (Tabanus sp.), on wetlands when coupled with warm temperatures. Based on the literature we redefined the values of the model parameters presented in [2], emphasizing the probability of EIA transmission by the insect vector. From simulation scenarios we showed that the high prevalence of...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Modelo matemático; Anemia infecciosa equina; Models; Equine infectious anemia.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/979252
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso da modelagem baseada no indivíduo para estudo da dinâmica de propagação de doença no cavalo pantaneiro. Repositório Alice
SIQUEIRA, N. de; TERNES, S.; SANTOS, E. H. dos; VILAMIU, R..
Este trabalho objetiva o uso da modelagem baseada no indivíduo (MBI) para analisar a dinâmica de propagação da anemia infecciosa equina (AIE) em cavalos de serviço usando o software TerraME, desenvolvido pelo INPE.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Modelagem; Anemia infecciosa equina; Models.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/975711
Registros recuperados: 11
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional