Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação dos níveis de contaminação microbiana, em laboratório de cultura de tecidos de plantas. Repositório Alice
OLIVEIRA, O. R. de; TERAO, D.; CARVALHO, A. C. P. P. de; SANTOS, E. M. dos; SILVA, J. F. da; MORAIS, J. P. S..
2007
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Planta; Contaminação; Micropropagação; Assepsia; Fungo; Bacteria; Cultura de tecido.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/159618
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparação de procedimentos para descontaminação de explantes de mogno (Swietenia macrophylla King). Repositório Alice
LOPES, S. da C.; LAMEIRA, O. A.; FORTES, G. R. L..
2003
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Mogno; Assepsia; Cultura de tecido; Folhas.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/405679
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação de explantes de Poincianella pyramidalis. Repositório Alice
COURY, F.; SILVA, H. F. de J.; ASMAR, S. A.; SOUZA, A. V. de; LUZ, J. M. Q.; SOUZA, C. S. de.
O objetivo desse trabalho foi estabelecer in vitro a P. pyramidalis através da assepsia dos explantes com hipoclorito de cálcio- Ca(OCl)2 - ou hipoclorito de sódio ?NaClO-, ambos a 2%, em diferentes tempos de imersões (10, 15, 20 e 25 minutos). O experimento foi instalado em esquema fatorial 2 x 4 (2 agentes desinfestantes e 4 tempos de imersões), em DIC, com três repetições. As sementes foram inoculadas em meio MS 50% e cultivadas por 30 dias em sala de crescimento.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Poincianella pyramidalis; Conservação in vitro; Assepsia; Catingueira; Planta da Caatinga; Planta nativa; Bioma Caatinga; Recurso natural; Planta medicinal; Natural resource.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1079845
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação de segmentos nodais de Eucalyptus dunnii visando estabelecimento in vitro. Repositório Alice
ALMEIDA, J. R. de; MARTINS, C. R.; DUTRA, L. F..
A espécie Eucalyptus dunnii apresenta potencial econômico e técnico de exploração na metade sul do Rio Grande do Sul. Esta espécie tem como característica produzir poucas sementes, o que dificulta sua propagação. A cultura de tecidos oferece grande potencial para a propagação in vitro de espécies lenhosas. A micropropagação só pode ocorrer se o processo de desinfestação obtiver sucesso. O objetivo deste trabalho foi avaliar e adequar o processo de desinfestação de segmentos nodais pertencentes à espécie Eucalyptus dunnii. Foram realizados tratamentos com hipoclorito de sódio (NaClO) á 0%; 0,5%; 1,0%; 1,5% e 2,0% de cloro ativo. As avaliações nos tratamentos foram em relação as contaminações fúngicas e bacterianas; oxidações; sobrevivência e o...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Eucalyptus dunnii; Micropropagação; Assepsia.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/314757
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação de sementes e multiplicação in vitro de guabijuzeiro a partir de segmentos apicais juvenis (Myrcianthes pungens O.Berg) D. Legrand Rev. Bras. Frutic.
Souza,Luana dos Santos de; Fior,Claudimar Sidnei; Souza,Paulo Vitor Dutra de; Schwarz,Sergio Francisco.
O guabijuzeiro é uma árvore perenifólia de 15 a 25 metros de altura. Seus frutos são comestíveis e contêm uma ou duas sementes. Ocorre no Brasil desde São Paulo até o Rio Grande do Sul. Dentre as fruteiras silvestres, esta espécie possui várias características que a tornam com potencialidades de utilização comercial, nas quais as mais importantes estão relacionadas com a frutificação. Sua propagação é realizada por sementes e são escassas as informações sobre a propagação vegetativa. Diante disto, o objetivo deste trabalho foi estudar a desinfestação de sementes e a multiplicação in vitro de guabijuzeiro. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Biotecnologia em Horticultura da Faculdade de Agronomia da UFRGS. O teste de desinfestação iniciou com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Assepsia; Frutífera nativa; Germinação; Multiplicação in vitro.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desinfestação e meio de cultura para o estabelecimento in vitro de segmentos nodais de Liquidambar styraciflua. Repositório Alice
BRONDANI, G. E.; HANSEL, F. A.; DUTRA, L. F.; WENDLING, I..
O objetivo deste trabalho foi testar a desinfestação e meios de cultura para o estabelecimento in vitro de segmentos nodais de Liquidambar styraciflua L. Os explantes foram coletados de minicepas propagadas pelo processo de estaquia e manejadas em minijardim clonal sob sistema semi-hidropônico em leito de areia. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado no arranjo fatorial (3x2x2), sendo os fatores constituídos por três clones (L 26, L 35 e L 63), duas metodologias de desinfestação (A1 - hipoclorito de sódio (NaOCl) durante 10 minutos a 2,5% v/v de cloro ativo e A2 - explantes mergulhados durante 40 minutos em solução a base de benomyl à 1% p/v) e dois meios de cultura (WPM e MS), com quatro repetições. Os clones não diferiram em...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Micropropagação; Assepsia; Contaminação bacteriana; Hipoclorito de sódio; Benomyl.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/875455
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da assepsia na germinação de sementes de Caatingueira-verdadeira. Repositório Alice
MATIAS, J. R.; RIBEIRO, R. C.; OLIVEIRA, G. M. de; AFFONSO, I. B.; MENDES, R. B.; DANTAS, B. F..
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Poincianella pyramidalis; Assepsia; Qualidade sanitária das sementes; Catingueira-verdadeira; Semente; Germinação; Seed.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/998809
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do 2,4D na indução de calogênese in vitro de folhas de erva-mate. Repositório Alice
STACHEVSKI, T. W.; DEGENHARDT-GOLDBACH, J..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Assepsia; Zeatina; Organogênese.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/910462
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento in vitro de explantes de cultivares de seringueira. Repositório Alice
QUEIROZ, V. dos S.; QUISEN, R. C..
O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de agentes desinfestantes no estabelecimento in vitro de explantes de seringueira, sendo realizados ensaios com explantes foliares e segmentos de integumento interno de sementes imaturas de diferentes cultivares.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cultura de tecidos de plantas; Assepsia; Fungicidas; Óleos essenciais; Hevea.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/949703
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento, multiplicação e alongamento in vitro de Eucalyptus benthamii Maiden & Cambage x Eucalyptus dunnii Maiden. Repositório Alice
BRONDANI, G. E.; DUTRA, L. F.; GROSSI, F.; WENDLING, I.; HORNIG, J..
Neste trabalho foram testadas diferentes concentrações de cloro ativo (NaOCl) na assepsia de explantes para o estabelecimento in vitro, bem como benzilaminopurina (BAP) e ácido naftalenoacético (ANA) para a multiplicação e alongamento de Eucalyptus benthamii x Eucalyptus dunnii. As minicepas fornecedoras de propágulos para introdução in vitro foram conduzidas em minijardim clonal sob sistema semi-hidropônico. Segmentos nodais dos clones H12, H19 e H20 foram desinfestados com 0,5; 1,0; 1,5; e 2,0% (v/v) de cloro ativo durante 10 min e inoculados em meio de cultura MS. Na obtenção de brotações múltiplas, utilizou-se o meio de cultura ½MS suplementado com 0; 0,25; 0,50; 0,75; e 1,0 mg L-1 de BAP. Na fase de alongamento, utilizou-se o meio de cultura ½MS com...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Assepsia; Segmento nodal; ANA; BAP; Sistema semi-hidropônico.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/316042
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Germinação de sementes de pinhão-manso submetidas a diferentes temperaturas e tipos de assepsia. Repositório Alice
OLIVEIRA, D. A. B. de; LIRA, M. A. P.; SILVA, F. F. S. da; LOPES, A. P.; ARAÚJO, M. do N.; REIS, R. C. R.; SOUZA, Y. A. de; DANTAS, B. F..
2009
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Pinhão manso; Semente; Temperatura; Assepsia; Germinação.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/657068
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Indução à embriogênese somática por picloram no cultivo in vitro de embriões zigóticos de tucumã-do-pará (Astrocaryum vulgare Mart.). Repositório Alice
RODRIGUES JUNIOR, O. M.; LEMOS, O. F. de; RAMOS, G. K. de S.; MENDONÇA, D. P.; SILVA, F. B. B. da; MENEZES, I. C. de..
O tucumã-do-pará (Astrocaryum vulgare Mart.) é uma palmeira oleaginosa que apresenta potencial para a indústria de biocombustíveis. Devido ao longo período de germinação das sementes, a obtenção de mudas em grande quantidade ainda não é possível pelos métodos tradicionais de propagação. Este trabalho objetivou o cultivo in vitro de embriões zigóticos de tucumã-do-pará excisados de frutos imaturos para a indução à embriogênese somática. Frutos imaturos foram coletados e, após o processamento, os embriões foram inoculados em meio de cultura MS com 4 concentrações de picloram: 0; 120; 240 e 360 M. Após 90 dias, verificaram-se porcentagens de viabilidade superiores a 80% para todos os tratamentos, indução de estruturas semelhantes à embriões somáticos superior...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Assepsia; Fitorregulador; Micropropagação.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1053856
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de antibióticos para o controle de bactérias endógenas visando à micropropagação da figueira Rev. Bras. Frutic.
Palú,Ednamar Gabriela; Corrêa,Luiz de Souza; Suzuki,Aline Namie; Boliani,Aparecida Conceição.
A descontaminação dos explantes é um dos princípios básicos para o sucesso da cultura de tecidos. Um dos problemas diagnosticados na propagação in vitro da figueira, através de gemas apicais, é a contaminação endógena dos explantes por bactérias. Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de alguns antibióticos em meio de cultura para o controle de bactérias endógenas em gemas apicais de figueira. Foram avaliados os seguintes tratamentos: T1(sem adição de antibiótico); T2 (30 mg L-1 de cloranfenicol); T3 (250 mg L-1 de ampicilina sódica); T4 (500 mg L-1 de ácido nalidícico); T5 (150 mg L-1 de cefalotina sódica); T6 (500 mg L-1 de tetraciclina), e T7 (400 mg L-1 de norfloxacina). Após coletados em campo, os segmentos de ramos contendo as gemas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ficus carica L.; Gema apical; Assepsia; In vitro.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000200031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Vazio sanitário e desinfecção na suinocultura: o que se faz no Brasil e quais os ganhos reais com o cumprimento de boas práticas nessas áreas. Repositório Alice
MORES, N.; GAVA, D..
bitstream/item/165145/1/final8483.pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Assepsia; Sanidade animal; Suíno; Desinfecção.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1077471
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional