Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quantificação e distribuição sazonal da precipitação pluvial nas regiões ecoclimáticas do Rio Grande do Sul. Repositório Alice
RADIN, B.; MATZENAUER, R.; MELO, R. W. de; WREGE, M. S.; STEINMENTZ, S..
O conhecimento do volume de precipitação pluvial ocorrido em uma determinada região é tão importante quanto o conhecimento da distribuição temporal da mesma. O objetivo deste trabalho foi quantificar a ocorrência sazonal da precipitação nas diferentes regiões ecoclimáticas do Estado do Rio Grande do Sul. Foram utilizados dados mensais de 28 estações meteorológicas no período de janeiro de 1961 até dezembro de 2010, pertencentes às redes de monitoramento da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação - SEAPI/RS e do 8º Distrito de Meteorologia, do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Os resultados mostraram que a distribuição da precipitação pluvial é aproximadamente uniforme entre as quatro...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Variabilidade; Climatic risks; Chuva; Risco climático; Rain; Variability.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1074432
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quantificação e distribuição sazonal da precipitação pluvial nas regiões ecoclimáticas do Rio Grande do Sul. Repositório Alice
RADIN, B.; MATZENAUER, R.; MELO, R. W. de; WREGE, M. S.; STEINMETZ, S..
O conhecimento do volume de precipitação pluvial ocorrido em uma determinada região é tão importante quanto o conhecimento da distribuição temporal da mesma. O objetivo deste trabalho foi quantificar a ocorrência sazonal da precipitação nas diferentes regiões ecoclimáticas do Estado do Rio Grande do Sul. Foram utilizados dados mensais de 28 estações meteorológicas no período de janeiro de 1961 até dezembro de 2010, pertencentes às redes de monitoramento da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação - SEAPI/RS e do 8º Distrito de Meteorologia, do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Os resultados mostraram que a distribuição da precipitação pluvial é aproximadamente uniforme entre as quatro...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Variabilidade; Climatic risks; Chuva; Risco climático; Rain; Variability.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1081969
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Regiões com potencial climático para plantio comercial do guanandi no Brasil. Repositório Alice
WREGE, M. S.; FRITZSONS, E.; KALIL FILHO, A. N.; AGUIAR, A. V. de.
O guanandi, nativo do Brasil, é uma espécie com usos múltiplos, produz madeira de excelente qualidade, muito apreciada no mercado e constitui excelente alternativa ao cultivo do mogno e cedro rosa. É uma espécie muito boa para uso em plantios visando ao reflorestamento ambiental, inclusive na recomposição de florestas ciliares, pelo fato de ser muito procurada pela fauna e por suportar terrenos com nível freático elevado. Apesar das inúmeras vantagens, há poucas informações sobre a espécie, havendo necessidade de aprofundar os estudos, inclusive os relativos ao zoneamento climático. O presente trabalho é importante para auxiliar no planejamento de uso da terra, servindo de base para estudos de zoneamento agrícola de riscos climáticos, importante...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Guanandi; Climatic zoning; Climatic risks; Zoneamento agrícola; Espécie nativa; Uso da terra; Planejamento; Risco climático; Calophyllum brasiliense; Land use planning.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1075872
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Regiões com similaridade de comportamento hídrico no sul do Brasil. Repositório Alice
WREGE, M. S.; FRITZSONS, E.; CARAMORI, P. H.; RICCE, W. S.; RADIN, B.; STEINMETZ, S.; REISSER JUNIOR, C..
O objetivo deste estudo foi identificar, na Região Sul do Brasil, zonas climáticas homogêneas baseadas na disponibilidade hídrica e contribuir, assim, para os estudos de planejamento de uso da terra, como a redução de riscos climáticos na agricultura, pecuária e florestas. As regiões foram delimitadas por análise de agrupamento, com variáveis classificatórias definidas pela disponibilidade mensal de água resultante da diferença (P-ETP) entre a pluviosidade (P) e a evapotranspiração potencial (ETP). A análise permitiu o reconhecimento de seis zonas com disponibilidade hídrica homogêneas na Região Sul do Brasil. O Noroeste do Paraná apresenta menor saldo entre precipitação e evapotranspiração no inverno, enquanto a Metade Sul do Rio Grande do Sul apresenta...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Riscos climáticos; Zonas homogêneas; Climatic risks; Hydric balance; Homogeneous zones; Balanço hídrico; Water balance.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1058421
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Regiões com similaridade de horas de frio no outono-inverno no Sul do Brasil. Repositório Alice
WREGE, M. S.; HERTER, F. G.; FRITZSONS, E..
O objetivo deste estudo foi identificar, na Região Sul do Brasil, zonas homogêneas quanto às horas de frio no período outono-inverno e contribuir, assim, para estudos de riscos climáticos para espécies frutíferas e florestais criófilas, cultivadas em regiões de clima temperado. As regiões foram delimitadas por análise de agrupamento, com variáveis classificatórias definidas pela disponibilidade estacional de horas de frio (<7,2 oC) acumuladas no período maio-setembro. A análise permitiu o reconhecimento de cinco zonas homogêneas de horas de frio na Região Sul do Brasil. O Litoral e o Noroeste do Paraná apresentam os menores valores, enquanto as regiões serranas apresentam os maiores valores. Nas demais regiões, os valores são intermediários, permitindo...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Análise de agrupamento; Zonas homogêneas; Análise de componentes principais; Horas de frio; Riscos climáticos; Climatic risks; Homogeneous zones; Chilling hours; Principal component analysis; Cluster analysis.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1058675
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Regiões pluviometricamente homogêneas no Brasil. Repositório Alice
KELLER FILHO, T.; ASSAD, E.D.; LIMA, P.R.S. de R..
O objetivo deste trabalho foi identificar, no Brasil, regiões homogêneas quanto à distribuição de probabilidades de chuva e assim contribuir para estudos de riscos climáticos na agricultura. As regiões foram delimitadas mediante aplicação da análise de agrupamento hierárquica, com variáveis classificatórias definidas pela proporção de pêntadas secas e por medidas de posição, escala e forma das distribuições de freqüências da quantidade de chuva. A análise de agrupamento permitiu identificar 25 zonas pluviometricamente homogêneas em todo o território brasileiro.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Análise de agrupamento; Zonas pluviometricamente homogêneas; Riscos climáticos; Cluster analysis; Rainfall homogeneous zones; Climatic risks.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/113952
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Zoneamento edafoclimático da acácia-negra para o extremo sul do Brasil. Repositório Alice
WREGE, M. S.; GARRASTAZU, M. C.; FLORES, C. A.; STEINMETZ, S.; REISSER JUNIOR, C..
O Brasil passa por mudanças na matriz produtiva madeireira, buscando regiões pioneiras para florestamentos que agreguem características edafoclimáticas favoráveis. Por outro lado, a região da Metade Sul do Rio Grande do Sul é carente de investimentos, contando com áreas favoráveis para plantios comerciais de Acacia mearnsii, espécie com grande potencial de desenvovimento em algumas regiões do estado. O presente trabalho é importante para auxiliar no planejamento de uso da terra, representando os estudos de zoneamento agrícola de riscos climáticos (ZARC), os quais são importantes instrumentos de política agrícola para concessão de seguro rural e crédito agrícola. A identificação das épocas e das regiões com os menores riscos climáticos e edáficos é...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Rural insurance; Climatic risks; Risco climático; Crédito agrícola; Seguro rural; Acacia mearnsii; Agricultural credit.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1079185
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Zoneamento edafoclimático da acácia-negra para o extremo sul do Brasil. Repositório Alice
WREGE, M. S.; GARRASTAZU, M. C.; FLORES, C. A.; STEINMETZ, S.; REISSER JUNIOR, C..
O Brasil passa por mudanças na matriz produtiva madeireira, buscando regiões pioneiras para florestamentos que agreguem características edafoclimáticas favoráveis. Por outro lado, a região da Metade Sul do Rio Grande do Sul é carente de investimentos, contando com áreas favoráveis para plantios comerciais de Acacia mearnsii, espécie com grande potencial de desenvovimento em algumas regiões do estado. O presente trabalho é importante para auxiliar no planejamento de uso da terra, representando os estudos de zoneamento agrícola de riscos climáticos (ZARC), os quais são importantes instrumentos de política agrícola para concessão de seguro rural e crédito agrícola. A identificação das épocas e das regiões com os menores riscos climáticos e edáficos é...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Rural insurance; Climatic risks; Risco climático; Crédito agrícola; Seguro rural; Acacia mearnsii; Agricultural credit.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1074606
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional