Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubação mineral de arroz em latossolo de campo cerrado de Roraima. Infoteca-e
COUTO, W. S.; CORDEIRO, A. C. C.; ALVES, A. A. C..
1982
Tipo: Séries anteriores (INFOTECA-E) Palavras-chave: Arroz; Nutriente mineral; Ureia; Superfosfato triplo; Cloreto de potássio; Sulfato de zinco; Análise econômica; Cerrado; Roraima; Amazônia; Brasil; Rice; Mineral nutrients; Urea; Superphosphate; Potassium chloride; Zincsulphate; Economic analysis.
Ano: 1982 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/380935
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubação mineral do arroz em solos de campo cerrado de Roraima. Infoteca-e
COUTO, W. S.; CORDEIRO, A. C. C.; ALVES, A. A. C..
1981
Tipo: Séries anteriores (INFOTECA-E) Palavras-chave: Arroz; Nutriente mineral; Superfosfato triplo; Cloreto de potássio; Ureia; Análise econômica; Rice; Mineral nutrients; Superphosphate; Potassium chloride; Urea; Economic analysis.
Ano: 1981 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/379483
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Balanço eletrolítico para suínos machos castrados em crescimento mantidos em ambiente de alta temperatura Ciência e Agrotecnologia
Brêtas,Anilce de Araujo; Ferreira,Rony Antonio; Amarante Júnior,Valene da Silva; Pereira,Walter Esfrain; Fonseca,José Brandão; Caldas,Flavio Roberto Lima.
Avaliou-se o efeito do balanço eletrolítico (BE) em rações com diferentes níveis de eletrólitos para suínos na fase de crescimento criados em alta temperatura. Foram utilizados 200 suínos machos castrados, com peso inicial de 25,3±1,3 kg e final de 68,8±3,4 kg, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições com dez animais por unidade experimental, para a fase de crescimento T1(testemunha) ração sem suplementação de eletrólitos 191 mEq/kg; T2 (NaHCO3) ração suplementada bicarbonato de sódio (NaHCO3) 250 mEq/kg; T3 (NaHCO3+KCl) ração suplementada NaHCO3 e cloreto de potássio (KCl) 250 mEq/kg; T4 (NaHCO3) ração suplementada NaHCO3 300 mEq/kg; e T5 (NaHCO3+KCl) ração suplementada com NaHCO3 e KCl...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Equilíbrio ácido base; Estresse calórico; Bicarbonato de sódio; Cloreto de potássio.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000100024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de adubos potássicos na produção de soja Scientia Agricola
Mascarenhas,H.A.A.; Tanaka,R.T.; Pereira,J.C.V.N.A.; Gallo,P.B.; Bataglia,O.C..
Um experimento de adubos potássicos (KC1, K2SO4, K-Mag e vinhaça) foi conduzido durante três anos agrícolas em quatro classes de solo: Podzólico Vermelho Amarelo Orto (PV), Latossolo Roxo distrófico (LR), Latossolo Vermelho Escuro textura média (LE) e Latossolo Vermelho Amarelo textura média (LV). Os três primeiros adubos foram aplicados somente no primeiro cultivo da soja na dose de 150kg/ha de K2O a lanço e incorporados, enquanto a vinhaça foi aplicada anualmente na dose de 50.000 l/ha, um pouco antes de semeadura da soja. Os resultados mostraram que os cultivos sucessivos diminuíram gradativamente os teores de potássio tanto no solo como nas folhas. No segundo ano de cultivo em LV houve respostas positivas da cultura da soja ao uso de potássio, enquanto...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Soja; Cloreto de potássio; Sulfato de potássio; K-Mag; Vinhaça.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161994000100013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos dos cloretos de potássio e de amônia sobre o desempenho e deposição de gordura na carcaça de frangos de corte criados no verão Rev. Bras. Ciênc. Avic.
Souza,BB; Bertechini,AG; Teixeira,AS; Lima,JAF; Pereira,SL; Fassani,EJ.
Foram utilizados 240 frangos machos, Hubbard, com peso médio inicial de 1204g, em DIC, com os tratamentos em esquema fatorial 2 x 3 x 2, sendo 2 níveis de KCl (0,0% e 1,2%) x 3 níveis de NH4Cl (0,0%; 0,2% e 0,4%) x 2 níveis de energia (3000 e 3200 kcal EM/kg de ração), com 4 repetições de 5 aves por parcela. Os parâmetros avaliados foram: peso médio (PM), consumo de ração (CR), ganho de peso (GP), conversão alimentar (CA), rendimento de carcaça (RC) e gordura abdominal (GA). Os dados foram analisados pelo programa estatístico Statistical Analyses System (SAS, 1996). As temperaturas máxima e mínima foram de 32,7° e 22,8°C, e o índice de temperatura do globo negro e umidade (ITGU) observado às 9:00 e 15:00 horas foi de 76 e 83, respectivamente. A análise de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cloreto de amônia; Cloreto de potássio; Estresse calórico; Frangos de corte.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-635X2002000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Extração de macronutrientes pela fitomassa do capim-xaraés "xaraés" em função de doses de nitrogênio e potássio Ciência Rural
Costa,Kátia Aparecida de Pinho; Araujo,Josinaldo Lopes; Faquin,Valdemar; Oliveira,Itamar Pereira de; Figueiredo,Felipe Campos; Gomes,Kleber Willian.
O experimento foi conduzido em casa de vegetação, na Embrapa Arroz e Feijão, com objetivo de avaliar o efeito de doses de N e K na produção de massa seca e extração de macronutrientes pela fitomassa do capim xaraés. O delineamento utilizado foi bloco ao acaso, com esquema fatorial 4 x 4, sendo quatro doses de Nitrogênio: 0; 25, 50 e 100mg dm-3, e quatro doses de Potássio: 0; 25, 50 e 100mg dm-3, com três repetições. Foram realizados três cortes de avaliação da forrageira. Todos os macronutrientes sofreram variações significativas em função das doses de Nitrogênio e Potássio aplicadas. O efeito mais pronunciado sobre a extração dos macronutrientes foi proporcionado pelas doses de Potássio. A ordem decrescente de extração para o capim-xaraés, considerando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cloreto de potássio; Uréia; Massa seca; Nutrição mineral.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000400043
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fontes de potássio no crescimento in vitro de plantas de orquídea Cattleya loddigesii Ciência Rural
Figueiredo,Milene Alves de; Pasqual,Moacir; Araujo,Aparecida Gomes de; Junqueira,Keize Pereira; Santos,Flávia Carvalho; Rodrigues,Vantuil Antônio.
Plantas de Cattleya loddigesii com 1,0-1,5cm de comprimento, oriundas de sementes germinadas in vitro, foram inoculadas nos tratamentos, os quais consistiram da adição de diferentes concentrações de cloreto e sulfato de potássio (ambos a 0, 125, 250, 375 e 500mg L-1) ao meio Knudson C, em todas as combinações possíveis, acrescido de 2g L-1 de carvão ativado e 150g L-1 de polpa de banana "Nanica". O meio teve seu pH ajustado para 5,8±0,1 e foi solidificado com 5g L-1 de ágar antes da autoclavagem a 121°C por 20 minutos. Após a inoculação, as culturas foram mantidas por 90 dias em sala de crescimento com irradiância em torno de 35µmol m-2 s-1, temperatura de 25±1°C e fotoperíodo de 16 horas. A combinação de 500mg L-1 de KCl com 500mg L-1 de K2SO4 promoveu...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Orchidaceae; Cultura de tecidos; Cloreto de potássio; Sulfato de potássio.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000100043
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fosfato de sódio e cloreto de potássio na micropropagação de videira e amoreira-preta - DOI: 10.4025/actasciagron.v29i4.423 Agronomy
Villa, Fabíola; UFV; Pasqual, Moacir; UFV; Ribeiro, Márcia de Nazaré Oliveira; Fereira, Ester Alice; UFV; Pereira, Alba Regina; UFV; Araujo, Aparecida Gomes de; UFV.
Objetivou-se no presente trabalho testar diferentes concentrações de fosfato de sódio (NaH2PO4.H2O) e cloreto de potássio (KCl) do meio White e adicionadas ao meio Knudson, na multiplicação in vitro de videira e amoreira-preta. O meio foi constituído de sais do Knudson, acrescido de 25 g L-1 de sacarose e 6 g L-1 de ágar, e o pH ajustado para 5,8 antes da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Os tratamentos consistiram de concentrações de NaH2PO4.H2O (0, 125, 250, 500 e 1.000 mg L-1) e de KCl (0, 125, 250, 500 e 1.000 mg L-1), em todas as combinações possíveis e do porta-enxerto de videira ‘R110’ e da amoreira-preta cv. Cherokee. Segmentos nodais, oriundos de plântulas preestabelecidas in vitro foram excisados e introduzidos em tubos de ensaio...
Palavras-chave: 5.01.03.00-8 Fitotecnia meio Knudson; Cloreto de potássio; Fosfato de sódio.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/423
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inoculação de Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli em sementes de feijoeiro através de restrição hídrica Ciência e Agrotecnologia
Costa,Maria Luiza Nunes; Machado,José da Cruz; Guimarães,Renato Mendes; Pozza,Edson Ampélio; Oride,Dênis.
Em diversos estudos sobre a associação de Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli com sementes de feijoeiro, há necessidade de obtenção de sementes infectadas, inclusive com graus de incidência diferenciados. Assim, objetivou-se com este trabalho testar a metodologia de inoculação de Fusariumoxysporum f. sp. phaseoli em sementes de feijoeiro utilizando meio batata-sacarose-ágar (BSA) adicionado com solutos que proporcionam restrição hídrica ao meio, permitindo o crescimento do fungo e inibindo a germinação das sementes. Foram utilizados os solutos sacarose, cloreto de potássio e manitol, adicionados ao meio BSA para obter os potenciais osmóticos de 0,8, -1,0, -1,2 MPa, e diferentes tempos de exposição das sementes ao fungo (36, 72, 108 e 144 h). Para avaliar os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Colonização; Fungo; Solutos; Sacarose; Cloreto de potássio; Manitol; Potencial osmótico.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000500008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Manejo da adubação potássica na cultura da cana-de-açúcar Rev. Bras. Ciênc. Solo
Otto,Rafael; Vitti,Godofredo Cesar; Luz,Pedro Henrique de Cerqueira.
O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar e, devido à crescente demanda por fontes renováveis de energia, a área cultivada encontra-se em expansão. Regularmente, a cultura é plantada em solos com baixos teores de nutrientes, o que pode limitar sua produtividade. A adubação potássica da cana-de-açúcar é feita basicamente no sulco de plantio, o que pode comprometer a eficiência de utilização desse nutriente devido a possíveis perdas por lixiviação ou salinidade às raízes das plantas. O objetivo deste estudo foi avaliar produtividade de colmos e atributos tecnológicos da cana-de-açúcar em função de doses e modos de aplicação de K. O experimento foi conduzido em um Latossolo Vermelho distrófico durante o ciclo de cana-planta, com o cultivar SP90...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Saccharum spp; Cana-planta; Cobertura; Cloreto de potássio; Produtividade.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832010000400013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mobilidade de cátions e correção da acidez de um Cambissolo em função da aplicação superficial de calcário combinado com sais de potássio Rev. Bras. Ciênc. Solo
Flora,Lisandra Pinto Della; Ernani,Paulo Roberto; Cassol,Paulo Cesar.
A menor reatividade do calcário abaixo dos locais de aplicação deve-se principalmente à sua baixa solubilidade, ao aumento das cargas negativas nas camadas aplicadas devido ao aumento do pH e à pequena permanência dos ânions adicionados na solução do solo. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito da adição de ânions a partir de sais de K sobre a superfície do solo, no incremento da reatividade do calcário e na mobilidade de seus cátions em um Cambissolo Húmico. O experimento foi realizado em 2005, em solo com 360 g kg-1 de argila, 60 g kg-1 de matéria orgânica e pH 4,1. Foram utilizadas três doses de calcário dolomítico (0, 0,74 e 1,48 kg m-2), combinadas com 40 g m-2 de K, na forma de KCl ou de KNO3, e com uma testemunha sem K, todos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Calagem superficial; Cloreto de potássio; Nitrato de potássio; Lixiviação.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832007000600035
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nitrogênio e potássio em bananeira via fertirrigação e adubação convencional-atributos químicos do solo Rev. Bras. Frutic.
Teixeira,Luiz Antônio Junqueira; Natale,William; Bettiol Neto,José Emílio; Martins,Antonio Lúcio Mello.
Realizou-se um experimento em Pindorama (SP), no qual se avaliaram os efeitos da fertirrigação e da adubação convencional com N e K em alguns atributos químicos de solo sob cultivo com bananeira, durante dois ciclos de produção. Avaliaram-se a disponibilidade e a movimentação de nutrientes (P, K, Ca e Mg) no perfil do solo, bem como outros atributos químicos (matéria orgânica, acidez e saturação por bases), por meio de amostragens realizadas na implantação do experimento e ao final do primeiro e segundo ciclos de produção. Os principais efeitos dos tratamentos foram no pH do solo e no teor de K+ trocável. A adubação, tanto aplicada via fertirrigação como na forma convencional, implicou incrementos na acidez do solo, principalmente até 20 cm de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Banana; Análise de solo; Cloreto de potássio; Nitrato de amônio; Musa spp.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452007000100031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nitrogênio e potássio na produtividade e qualidade da bananeira cultivar Thap Maeo Bragantia
Moreira,Adônis; Pereira,José Clério Rezende; Freitas,Alfredo Ribeiro de.
O experimento foi realizado em Latossolo Amarelo distrófico da Amazônia Central e teve por objetivo verificar o efeito de doses nitrogênio e de potássio sobre a produtividade e a qualidade dos frutos da bananeira cultivar Thap Maeo (triplóide - AAB). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 3x4, com os seguintes tratamentos: três doses de N (0, 267 e 534 kg ha-1 ciclo - fonte: uréia) e quatro doses de K2O (200, 800, 1600 e 2400 kg ha-1 ciclo - fonte: cloreto de potássio), com três repetições e dois ciclos de colheita. Pelos resultados, constatou-se que o diâmetro do fruto, pH e sólidos solúveis totais não foram influenciados pelas doses de N e K2O. A partir do segundo ciclo, independentemente da dose de N, a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Musa spp.; Uréia; Cloreto de potássio; Estado nutricional; Amazônia Central.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052009000200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nitrogênio e potássio via fertirrigação e adubação convencional-estado nutricional das bananeiras e produção de frutos Rev. Bras. Frutic.
Teixeira,Luiz Antônio Junqueira; Natale,William; Martins,Antônio Lúcio Mello.
Realizou-se um experimento em Pindorama (SP) com o objetivo de avaliar os efeitos da fertirrigação e da adubação convencional com N e K, em bananeiras, durante dois ciclos de produção. Foram avaliados crescimento, estado nutricional e produção de frutos. A adubação causou redução do ciclo de produção. Os teores foliares de N e K foram influenciados pela adubação convencional e pela fertirrigação. Nos dois ciclos de cultivo, a produção de frutos variou em função dos tratamentos. A produção de frutos (t ha¹ ano¹) obtida com a aplicação de 80% da dose de N e de K via fertirrigação foi equivalente àquela com 100% da dose via adubação convencional.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Banana; Análise foliar; Cloreto de potássio; Nitrato de amônio; Musa spp.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452007000100032
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade e acúmulo de potássio na soja em função da antecipação da adubação potássica no sistema plantio direto Rev. Bras. Ciênc. Solo
Foloni,José Salvador Simoneti; Rosolem,Ciro Antonio.
A aplicação antecipada de fertilizante potássico no cultivo de espécies de cobertura no sistema plantio direto (SPD) pode ser vantajosa para a lavoura comercial. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade de grãos e a acumulação de K na soja em função da aplicação antecipada de fertilizante potássico na instalação do milheto em relação com o K aplicado na semeadura da soja subseqüente no SPD. O experimento foi realizado na FCA-Unesp em Botucatu-SP, nas safras 2000/2001, 2001/2002 e 2002/2003. Utilizou-se um Latossolo Vermelho distroférrico de textura média, que estava sendo cultivado com soja e aveia-preta no SPD, por dois anos antes da instalação do experimento. O milheto (Pennisetum glaucum) foi semeado em setembro sobre a palhada de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Glycine max L. (Merrill); Adubação antecipada; Cloreto de potássio; Plantas de cobertura.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832008000400019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Suplementação de cloreto de potássio para frangos de corte submetidos a estresse calórico R. Bras. Zootec.
Borges,Sebastião Aparecido; Ariki,Joji; Martins,Cyntia Ludovico; Moraes,Vera Maria Barbosa de.
O experimento foi realizado com objetivo de avaliar os efeitos do estresse calórico e da suplementação de cloreto de potássio (KCl) sobre o desempenho e algumas características fisiológicas de frangos de corte. Quarenta aves, no período de 42 a 49 dias, foram submetidas ao estresse calórico (16 horas a 25 ± 1ºC; duas horas com temperatura crescente; quatro horas a 35 ± 1ºC; e duas horas com temperatura decrescente até a termoneutralidade e com umidade relativa de 63,5 ± 5%), recebendo os seguintes tratamentos: 0,50 e 1,00% KCl na ração; 0,25 e 0,50% KCl na água de bebida. A ração à base de milho e farelo de soja, com 20% de proteína bruta e 3200 kcal EM/kg, foi fornecida ad libitum. A suplementação de KCl na ração ou na água de beber não influiu no ganho...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Água; Cloreto de potássio; Eletrólitos; Estresse calórico; Hematologia.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35981999000200014
Registros recuperados: 16
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional