Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Clorose das folhas da mandioca. Infoteca-e
SANTOS, Z. G. dos; TUPINAMBA, E. A..
bitstream/item/79798/1/CPATC-COM.-TEC.-12-86.pdf
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Folhas; Cassava diseases.; Clorose; Mandioca..
Ano: 1983 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/357102
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cloroses típicas em folhas de cafeeiros Coffea canephora. Infoteca-e
ESPINDULA, M. C.; MARCOLAN, A. L.; BRAGANÇA, S. M.; PARTELLI, F. L.; DIAS, J. R. M..
A publicação trata do estresse das plantas, no caso específico da espécie canéfora, alertando para a clorose. Traz a caracterização das principais cloroses de origem abióticas na cultura do café.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Café canéfora; Café conilon.; Café Robusta; Coffea Canephora; Clorose; Doença de Planta..
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/999547
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Gramíneas bioindicadoras da presença de flúor em regiões tropicais Rev. Bras. Bot.
Oliva,Marco Antonio; Figueiredo,José Guilherme de.
Dez espécies de gramíneas tropicais Andropogon gayanus Kunth cv. Planaltina, Panicum maximum Jacq. cv. Colonião, Panicum maximum Jacq. cv. Tobiatã, Chloris gayana Kunth, Eragrostis curvula (Schrad.) Nees, Paspalum notatum Flug. cv. Pensacola, Hiparrhenia rufa (Nees.) Stapf., Melinis minutiflora Pal. de Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Brachiaria humidicola (Rendle) Schw. e Lolium multiflorum ssp. italicum var. lema foram tratadas com chuva simulada, contendo 5, 10 e 15 g.m-3 de flúor, visando avaliar a sensibilidade relativa e o potencial bioindicador de cada espécie para regiões tropicais. As plantas foram cultivadas sob técnicas padronizadas para a bioindicação ativa. Os efeitos do flúor foram avaliados pelos danos visuais, acúmulo e distribuição do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Acúmulo; Bioindicador de resposta; Clorose; Fluoreto; Fotossíntese; Tolerância.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Prevenção de injúrias causadas por glyphosate em soja RR por meio do uso de aminoácido Planta Daninha
Zobiole,L.H.S.; Oliveira Jr.,R.S.; Constantin,J.; Biffe,D.F..
A área de soja resistente ao glyphosate (RR) tem aumentado a cada ano. No entanto, essa expansão com a tecnologia da soja RR aumentou o uso de glyphosate significativamente, e muitos agricultores têm notado que alguns cultivares RR apresentam injúrias visuais logo após a aplicação do glyphosate em pós-emergência. Dessa forma, dois experimentos foram instalados em anos distintos, com diferentes objetivos: o primeiro, visando avaliar a influência do glyphosate na soja RR nas variáveis fotossintéticas e de biomassa, e o segundo, a fim de reavaliar os mesmos parâmetros afetados na soja RR pelo glyphosate, bem como o uso de diversas modalidades de aplicação de aminoácidos como forma de uma provável recuperação das plantas de soja com sua utilização exógena. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fotossíntese; Herbicida; Clorose; Rhizobium.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582011000100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sintomas de viroses em plantas. Infoteca-e
FAJARDO, T. V. M.; EIRAS, M.; NICKEL, O..
Os vírus se multiplicam apenas dentro da célula hospedeira viva e não possuem metabolismo próprio. Após um processo de reconhecimento e interação em nível molecular, se a célula inoculada for suscetível ao vírus, ele se estabelecerá na célula hospedeira, se replicará, irá disseminar-se dentro da hospedeira e induzirá alterações bioquímicas e fisiológicas na hospedeira ao longo do processo infeccioso. Assim, os sintomas induzidos pelos vírus são, na essência, resultado do metabolismo celular alterado da hospedeira. O período transcorrido entre a entrada do vírus na hospedeira e a manifestação dos primeiros sintomas é denominado período de incubação.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Sintomas morfológicos; Amarelecimento; Branqueamento; Albinismo; Desvios de cor; Clareamento de nervuras; Mottling; Variegação nas pétalas; Estriado; Lesões locais cloróticas; Line pattern; Padrão de linha; Mancha-café; Redução de crescimento; Subdesenvolvimento; Subcrescimento; Sintomas de deformações; Epinastia; Bolhas; Bolhosidades; Espessamento; Canelura; Stem pitting; Sintomas de necrose; Lesões locais necróticas; Cordão-de-sapato; Enação; Lamento; Enrugamento; Encrespamento; Riscar; Viroses com infecções latentes; Sintomas citológicos; Infecção por vírus; Deficiências nutricionais; Toxinas produzidas por insetos; Toxinas produzidas por ácaros; Distúrbios de origem genética; Toxidez por herbicidas; Toxidez por inseticidas; Alta temperatura; Inoculação mecânica; Testes biológicos; Enxertia; União de tecidos.; Vírus; Doença de planta; Bronzeamento; Clorose; Mancha Anular; Mancha Anelar; Nanismo; Mosaico; Mosqueado; Necrose; Tumor..
Ano: 2017 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1084312
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Solos calcimorficos da sub-regiao do Abobral, Pantanal Mato-Grossense. Infoteca-e
CUNHA, N. G. da; POTT, A.; GONCALVES, A. R..
As "cordilheiras" da sub-regiao do Abobral, Pantanal Mato-Grossense, tem como material de origem, conchas de moluscos transportadas da planicie de inundacao do rio Miranda, de aguas e sedimentos alcalinos. Os solos, desenvolvidos sobre material essencialmente carbonatico (calcimorficos), constituem-se em ilhas com vegetacao de mata semicaducifolia, isolada nas planicies inundaveis de solos acidos do rio Abobral. Os solos em condicoes de hidromorfismo temporario formam um epipedon molico sobre um horizonte petrocalcico. Pela classificacao do Departamento de Agricultura do E.U.A. de 1949 sao denominados de Calcissolos e de Aeric Petrocalcic Calciaquoll pela Soil Taxonomy. A vegetacao original e a secundaria (ruderal) sao descritas. O desmatamento e o cultivo...
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Solo calcimorfico; Rio Abobral; Forrageira; Deficiencia de ferro; Nitritos; Plant; Iron defficiency; Nitrite; Petrocalcic calciaquoll.; Brachiaria; Clorose; Planta; Solo Ácido.; Pantanal; Forage; Chlorosis; Soil..
Ano: 1985 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/787719
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Toxicidade de flúor em cultivares de milho em área próxima a uma indústria cerâmica, Araras (SP) Bragantia
Fortes,Caio; Duarte,Aildson Pereira; Matsuoka,Sizuo; Hoffman,Hermann P.; Lavorenti,Norberto Antônio.
Indústrias que submetem material terroso a altas temperaturas como a de cerâmicas, emitem fluoretos para a atmosfera na forma de gás, particulado ou ácido fluorídrico. Em experimentos de milho (Zea mays L.), do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos, Araras (SP), as plantas apresentaram sintomas que evoluíam de uma descoloração do limbo foliar até o secamento marginal das folhas. O objetivo deste trabalho foi avaliar os teores foliares de flúor (F) na cultura do milho com sintomas de toxicidade causados por fluoretos atmosféricos emitidos por uma indústria cerâmica vizinha, e possíveis diferenças entre as cultivares de milho quanto à severidade desses sintomas. Em um experimento atribuíram-se notas relativas ao grau de injúria...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Clorose; Diagnose visual; Análise foliar; Produtividade de grãos.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052003000200013
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional