Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 51
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubação foliar com silício em alface americana (Lactuca sativa L.) em cultivo de verão. Repositório Alice
RESENDE, G. M. de; YURI, J. E.; MOTA, J. H.; FREITAS, S. A. c. de; RODRIGUES JÚNIOR, J. C.; SOUZA, R. J. de; CARVALHO, J. G. de..
2003
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Alface; Silício; Massa fresca total; Comercial; Comprimento do caule; Circunferência da cabeça; Conservação pós-colheita; Lactuca sativa.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/153950
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adubação foliar com silício em alface americana (Lactuca sativa L.) em cultivo de verão. Repositório Alice
RESENDE, G. M. de; YURI, J. E.; MOTA, J. H.; FREITAS, S. A. C. de; RODRIGUES JÚNIOR, J. C.; SOUZA, R. J. de; CARVALHO, J. G. de.
Com o objetivo de avaliar a influência de doses de silício sobre o rendimento e qualidade da alface americana (Lactuca sativa L.), foram conduzidos três ensaios distintos no período de novembro de 2002 a janeiro de 2003, no município de Três Pontas-MG.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Massa fresca; Conservação pós-colheita; Letucce; Alface; Adubação Foliar; Lactuca Sativa; Silício.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/152155
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aparência, compostos fenólicos e enzimas oxidativas em uva 'Itália' sob influência do cálcio e do armazenamento refrigerado Rev. Bras. Frutic.
LIMA,MARIA AUXILIADORA COÊLHO DE; ALVES,RICARDO ELESBÃO; ASSIS,JOSTON SIMÃO DE; FILGUEIRAS,HELOÍSA A. CUNHA; COSTA,JOSÉ TARCISO A..
O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito da aplicação pré-colheita de cálcio na aparência (secamento do engaço, danos mecânicos e podridões), teor de fenólicos e enzimas oxidativas (polifenoloxidase e peroxidase) em uva. Os cachos de uva 'Itália' de um cultivo comercial em Petrolina, Pernambuco, Brasil, foram marcados e imersos por 10 segundos, em soluções de Ca a 0 e 1,5%, na forma de cloreto de cálcio, aos 57 dias após o início da formação dos frutos (quando as bagas começaram a mudar de cor e amolecer). Após a colheita, os frutos foram armazenados a 3,5±0,2°C e 93±6% UR e avaliados aos 0; 14; 28; 42; 56 e 70 dias. Houve um incremento no secamento do engaço, no aparecimento de sintomas de danos mecânicos e de podridões nas bagas com o tempo de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Conservação pós-colheita; Qualidade; Uva de mesa.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452002000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de silício, em hidroponia, na conservação pós-colheita de alface americana 'Lucy Brown' minimamente processada Ciência Rural
Galati,Vanessa Cury; Guimarães,João Emmanuel Ribeiro; Marques,Kelly Magalhães; Fernandes,Joana Diniz Rosa; Cecílio Filho,Arthur Bernardes; Mattiuz,Ben-Hur.
Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito da aplicação de silício em hidroponia na conservação pós-colheita de alface americana 'Lucy Brown' minimamente processada. As alfaces foram cultivadas hidroponicamente e a fonte de silício utilizada foi o silicato de potássio nas concentrações de 0; 28; 56; e 84mg L-1. Após a colheita, as folhas selecionadas foram lavadas em água corrente, semiprocessadas mediante o corte de 20mm de largura e sanitizadas por imersão em Sumaveg(r). Estas foram centrifugadas manualmente e acondicionadas em sacos de polipropileno, que, posteriormente, foram selados e armazenados a 3ºC e 85±3% de umidade relativa (UR). Durante 16 dias de armazenamento, foram avaliadas a cada quatro dias e em triplicata, a composição gasosa, a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lactuca sativa; Adubação silicatada; Conservação pós-colheita.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782015001101932
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento refrigerado de atemóia cv. African Pride associado ao uso de PVC e cera. Repositório Alice
TRINDADE, D. C. G. da; LIMA, M. A. C. de; AZEVEDO, S. S. N..
2005
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Atemóia; Atmosfera modificada; Qualidade; Conservação pós-colheita; Anonáceas.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/156887
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Armazenamento refrigerado de bananas resistentes à Sigatoka Negra tratadas com diferentes concentrações de 1-metilciclopropeno. Repositório Alice
COSTA, J. N.; SILVA, E. de O.; SILVA, I. G.; SILVEIRA, M. R. S. da; RODRIGUES, D. C.; CARDOSO, T. G..
2010
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Musa ssp; Conservação pós-colheita; Etileno.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/883237
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade de enzimas pectinametilesterase e poligalacturonase durante o amadurecimento de tomates do grupo multilocular Horticultura Brasileira
Resende,Josane Maria; Chitarra,Maria Isabel F.; Maluf,Wilson Roberto; Chitarra,Adimilson Bosco; Saggin Júnior,Orivaldo José.
Mediu-se a atividade das enzimas pectinametilesterase (PME) e poligalacturonase (PG) em frutos de tomate do grupo multilocular em diferentes estádios de maturação e correlacionou-se com mudanças na textura, pectinas e licopeno. Os tomates foram colhidos no estádio verde-maturo e colocados a amadurecer em recinto com umidade relativa de 85-90% e temperatura ambiente de 20(0)C±2. Durante o armazenamento, foram retiradas amostras nos estádios verde-maturo, "de vez", maduro e vermelho-maduro para determinar a atividade enzimática. As outras características foram analisadas somente quando os frutos atingiram o estádio vermelho-maduro. Dentre os genótipos avaliados, três híbridos, H3: F1 (BPX 308B hv x Stevens), H8: F1 (BPX 308B hv x Piedmont) e H1: F1 (BPX 308B...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lycopersicon esculentum; Híbridos F1; Alcobaça; Crimson; High pigment; Melhoramento genético; Amaciamento; Conservação pós-colheita.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362004000200009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atraso no amadurecimento de atemoia cv. African Pride após tratamento pós-colheita com 1-metilciclopropeno Ciênc. Tecnol. Aliment.
Lima,Maria Auxiliadora Coêlho de; Mosca,José Luiz; Trindade,Danielly Cristina Gomes da.
Atemoias cv. African Pride foram colhidas na maturidade fisiológica com o objetivo de avaliar a influência da aplicação de 1-metilciclopropeno (1-MCP) sobre a maturação pós-colheita. Foram testados: doses de 1-MCP (0, 100, 200 e 400 nL.L-1); e tempo de armazenamento (0, 8 e 15 dias sob refrigeração, a 14,5 ± 2,0 ºC e 60 ± 6% de UR, seguidos de 2, 4 e 5 dias a 23,8 ± 2,0 ºC e 65 ± 5% UR). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em fatorial 4x 6 (dose de 1-MCPx tempo de armazenamento) e quatro repetições. Apesar da interação estatisticamente significativa entre os fatores sobre a perda de massa, as diferenças entre tratamentos em cada avaliação não foram superiores a 1,3%. Os frutos tratados apresentaram-se mais firmes, com acidez titulável...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Annona cherimola x A. squamosa; Conservação pós-colheita; Inibidor de etileno; Qualidade.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612010000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características físico-químicas de abacaxi submetido à tecnologia de radiação ionizante como método de conservação pós-colheita Ciênc. Tecnol. Aliment.
Silva,Josenilda Maria da; Silva,Juliana Pizarro; Spoto,Marta Helena Fillet.
A qualidade pós-colheita do abacaxi da cultivar Smooth Cayenne foi avaliada quando os frutos foram irradiados com doses de 100 e 150 Gy, tendo a dose 0 como controle, e os frutos armazenados durante os períodos de 10, 20 e 30 dias, à temperatura de 12 °C (±1) e 85% (±5) de umidade relativa. Os frutos foram colhidos quando fisiologicamente desenvolvidos. Análises físico-químicas foram realizadas a cada período de armazenamento com o objetivo de obter informações dos efeitos da radiação ionizante sobre as características de qualidade do fruto. As doses de radiação ionizante aplicadas tiveram pouca influência significativa nas características físico-químicas do abacaxi, porém, com melhores resultados quando comparados com a dose controle. O período de 20 dias...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Irradiação de frutos; Abacaxi; Conservação pós-colheita.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000100020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características produtivas e conservação pós-colheita da cebola (Allium cepa L.) cv. Texas Grano PRR em diferentes espaçamentos de plantio em cultivo de inverno. Repositório Alice
RESENDE, G. M. de; COSTA, N. D.; ALVARENGA, M. A. R..
2004
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cebola; Rendimento; Massa fresca; Espaçamento; Conservação pós-colheita; Allium cepa.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/153858
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coberturas à base de zeínas para a conservação de nutrientes em peras. Repositório Alice
SOLIGON, A. C.; BECARO, A. A.; PUTI, F. C.; SCRAMIN, J. A.; FERREIRA, M. D.; ASSIS, O. B. G..
bitstream/item/184423/1/Coberturas-a-base-de-zeinas-para-a-conservacao-de-nutrientes-em-peras..pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Zeínas; Peras; Perdas de nutrientes; Conservação pós-colheita.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/933796
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento da alface americana em função do uso de doses e épocas de aplicação de boro em cultivo de inverno. Repositório Alice
YURI, J. E.; RESENDE, G. M. de; MOTA, J. H.; RODRIGUES JÚNIOR, J. C.; SOUZA, R. J. de; CARVALHO, J. G. de.
Avaliou-se a ilfluência de doses de bórax sobre o rendimento e qualidade pós-colheita da alface americana (Lactuca sativa L.), em três ensaios distintos conduzidos de junho a agosto/2002, no município de Três Pontas (MG). Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com cinco doses bórax (0,00; 0,75; 1,50; 2,25 e 3,00 kg ha-1) e quatro repetições, aplicadas em três diferentes épocas via foliar (14; 21 e 28 dias após o transplantio). A massa fresca total apresentou efeito quadrático no qual a dose de 1,58 kg ha-1 de bórax resultou em maior rendimento. Verificou-se variação de 795 a 829 g planta-1 entre as épocas de aplicação, sem diferirem estatisticamente entre si. A aplicação de 1,71 kg ha-1 de bórax possibilitou a obtenção de maior massa fresca...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Conservação pós-colheita; Adubação; Alface; Lactuca Sativa; Método de Aplicação; Rendimento; Borax.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/154875
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento da alface americana em função do uso de doses e épocas de aplicação de boro em cultivo de inverno Horticultura Brasileira
Yuri,Jony E.; Resende,Geraldo M. de; Mota,José H.; Rodrigues Júnior,Juarez C.; Souza,Rovilson J. de; Carvalho,Janice G. de.
Avaliou-se a influência de doses de bórax sobre o rendimento e qualidade pós-colheita da alface americana (Lactuca sativa L.), em três ensaios distintos conduzidos de junho a agosto/2002, no município de Três Pontas (MG). Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com cinco doses de bórax (0,00; 0,75; 1,50; 2,25 e 3,00 kg ha-1) e quatro repetições, aplicadas em três diferentes épocas via foliar (14; 21 e 28 dias após o transplantio). A massa fresca total apresentou efeito quadrático no qual a dose de 1,58 kg ha-1 de bórax resultou em maior rendimento. Verificou-se variação de 795 a 829 g planta-1 entre as épocas de aplicação, sem diferirem estatisticamente entre si. A aplicação de 1,71 kg ha-1 de bórax possibilitou a obtenção de maior massa fresca...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lactuca sativa L.; Rendimento; Bórax; Método de aplicação; Adubação; Conservação pós-colheita.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362004000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento pós-colheita das características químicas, bioquímicas e físicas de frutos de tomateiros heterozigotos nos locos alcobaça e ripening inhibitort Ciência e Agrotecnologia
Santos Junior,Alcides Militão dos; Maluf,Wilson Roberto; Faria,Marcos Ventura; Lima,Luiz Carlos de Oliveira; Campos,Karina Pereira de; Lima,Herbert Cavalcante de; Araújo,Francisca Marta M. C. de.
Os alelos mutantes alc e rin retardam o processo de amadurecimento do tomate (Lycopersicon esculentum Mill.), interferindo principalmente na síntese de pigmentos carotenóides e na firmeza dos frutos. Com este trabalho, objetivou-se avaliar e comparar os efeitos dos alelos mutantes alc e rin, em heterozigose (alc+/alc e rin+/rin) sobre características químicas, bioquímicas e físicas de frutos de tomateiro em três estádios de maturação. Os alelos alc e rin em heterozigose não exerceram influência marcante sobre o teor de sólidos solúveis totais dos frutos nos estádios de maturação apropriados para o consumo. O genótipo rin+/rinatuou mais intensamente no sentido de reduzir os teores de licopeno e, conseqüentemente, promover maior deficiência na coloração...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Tomate; Mutantes de amadurecimento; Conservação pós-colheita; Lycopersicon esculentum.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000400002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento respiratório e amaciamento de graviola (Annona muricata L.) após tratamentos pós-colheita com cera e 1-metilciclopropeno. Repositório Alice
LIMA, M. A. C. de; ALVES, R. E.; FILGUEIRAS, H. A. C..
2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Amido; Annonaceae; Conservação pós-colheita; Enzimas hidrolíticas.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/872905
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento respiratório e amaciamento de graviola (Annona muricata L.) Após tratamentos pós-colheita com cera e 1-metilciclopropeno Ciência e Agrotecnologia
Lima,Maria Auxiliadora Coêlho de; Alves,Ricardo Elesbão; Filgueiras,Heloísa Almeida Cunha.
Avaliou-se o efeito da aplicação pós-colheita de 1-metilciclopropeno (1-MCP) e cera sobre o comportamento respiratório e as mudanças bioquímicas associadas ao amaciamento de graviola 'Morada', durante o armazenamento refrigerado. Os frutos, produzidos em Limoeiro do Norte-Ceará, foram colhidos na maturidade fisiológica. Os tratamentos utilizados foram: controle, 200 nL.L-1 de 1-MCP, pulverização com cera Fruit wax® e pulverização com Fruit wax® seguida da aplicação de 200 nL.L-1 de 1-MCP. Os frutos foram armazenados por 0, 4, 8, 11, 13 e 15 dias, a 15,4±1,1ºC e 86±7% UR. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, em fatorial 4x6, com quatro repetições. A partir do quarto e até o oitavo dia, observou-se intensa atividade metabólica,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amido; Annonaceae; Conservação pós-colheita; Enzimas hidrolíticas.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000100020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Condições de conservação pós-colheita de frutos de pimentão (Capsicum annum L.) Scientia Agricola
Barros,J.C. da S.M. de; Goes,Á. de; Minam,K..
Com o objetivo de verificar a conservação de frutos de pimentão, foi estudada a utilização de dois tipos de embalagem e um seqüestrador de etileno, em condições ambientais e em geladeira. As avaliações foram realizadas a cada cinco dias, obtendo-se as seguintes conclusões: a melhor temperatura para conservação de pimentões situa-se entre 7 e 9°C; o armazenamento de pimentões em bandejas envolvidas com filme de PVC, constitui-se na melhor alternativa para sua conservação, naquela faixa de temperatura. O permanganato de potássio, colocado em cápsulas perfuradas no interior das embalagens, não apresentou efeito evidente como absorvente de etileno. Após 30 dias, foram verificadas perdas de frutos por senescência e/ou pela incidência de doenças.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Embalagens; Temperatura; Conservação pós-colheita; Pimentão.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161994000200024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação pós-colheita de diferentes cultivares de mandioca submetidas ao processamento mínimo e congelamento. Repositório Alice
RINALDI, M. M.; VIEIRA, E. A.; FIALHO, J. de F..
A demanda dos consumidores por raízes de mandioca de mesa in natura está decrescendo, em função da elevada perecibilidade das mesmas e do aspecto visual pouco atrativo. Como consequência, vem crescendo a comercialização do produto minimamente processado ou processado na forma de pré-cozido, congelado e massa, tanto para o mercado interno como para exportação. O objetivo do estudo foi determinar a conservação pós-colheita de raízes de cultivares de mandioca de mesa com coloração da polpa rosada (BRS 400), amarela (BRS 399) e creme (IAC 576-70), recomendadas para a região do Distrito Federal e Entorno, minimamente processadas e acondicionadas em embalagem de polietileno com e sem vácuo, submetidas à refrigeração e congelamento a -18ºC. Durante o...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Mandioca de mesa; Manihot esculenta Crantz; Vida útil; Conservação pós-colheita; Distrito Federal; Preservação de alimento; Armazenamento de alimento; Mandioca; Manihot esculenta; Food preservation; Food storage; Cassava; Manihot esculenta; Postharvest treatment; Brazil.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1026001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação pós-colheita de manga 'Tommy Atkins' submetida a exposição temporária ao 1- Metilciclopropeno. Repositório Alice
LIMA, M. A. C. de; ASSIS, J. S. de; AMARIZ, K. R. S.; TRINDADE, D. C. G. da.
Frutos climatéricos como a manga, quando colhidos na maturidade fisiológica, sofrem uma série de mudanças metabólicas até o amadurecimento ótimo para consumo. Muitas delas são dependentes da produção autocatalítica de etileno e é provável que inibidores desse fitormônio possam atrasá-llas. Neste sentido, o 1-metilciclopropeno (1-MCP) tem sido testado em alguns frutos. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de doses de 1-MCP sobre a conservação da manga 'Tommy Atkins', em temperatura ambiente . Os frutos foram colhidos no estádio de maturação 2, provenientes de pomar comercial da comercial da Agropecuária Boa Esperança, eem Petrolina, Pernambuco. Os tratamentos testados foram: 1. aplicação de 1-MCP (0, 600, 1.200 e 2.400 nmol mol -¹), durante 14...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Manga; Variedade; Conservação pós-colheita; 1-MCP; Manga; Pós-colheita; Postharvest; Mango.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/160517
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle da antracnose na pós-colheita de manga 'Ubá' com o uso de produtos alternativos Rev. Bras. Frutic.
Lemos,Lorena Moreira Carvalho; Coutinho,Paulo Henrique; Salomão,Luiz Carlos Chamhum; Siqueira,Dalmo Lopes de; Cecon,Paulo Roberto.
Foi avaliada a eficácia de produtos alternativos aos agroquímicos no controle da antracnose na pós-colheita de mangas 'Ubá'. Frutos fisiologicamente maduros foram pulverizados até o completo molhamento, com suspensão de conídios de Colletotrichum gloeosporioides, na concentração de 2,5 x 10(5) conídios/mL. Após a secagem ao ar, foram pulverizados com água destilada (testemunha), tween 20 (8 mL/L de solução), Prochloraz (1,10 mL de Sportak 450 EC/L de solução), óleo de alho (10 mL/L + 8 mL/L de tween 20), óleo de amêndoa de Acrocomia aculeata + leite em pó instantâneo (LPI) (25 mL/L+ 10 g LPI/L), óleo de amêndoa de A. aculeata + tween (25 mL/L + 8 mL/L de tween 20), biofertilizante agro-mos® (100 µL/L), óleo de neen (10 mL/L + 8 mL/L de tween 20), quitosana...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Manejo de doença; Óleos vegetais; Conservação pós-colheita.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452013000400006
Registros recuperados: 51
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional