Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 81
Primeira ... 12345 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A coloração das folhas da videira evidencia a chegada do outono. Infoteca-e
SILVEIRA, S. V. da.
bitstream/item/35047/1/SAMAR-JornalValedosVinhedos-2011.pdf
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Viticultura; Uva; Fisiologia vegetal; Dormência; Fotossíntese; Folha; Cor; Doença de planta; Senescência..
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/889114
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aceitabilidade de três cultivares de feijoeiro comum. Infoteca-e
BASSINELLO, P. Z.; COBUCCI, R. de M. A.; ULHÔA, V. G.; MELO, L. C.; DEL PELOSO, M. J..
As três cultivares de feijão avaliadas tiveram boa aceitabilidade pelos consumidores entrevistados. As respostas obtidas para BRS Vereda (grupo Rosinha) e BRS Timbó (grupo Roxo) foram similares e diferentes da BRS Marfim (grupo Mulatinho) para alguns parâmetros como aparência após o cozimento, cor dos grãos e sabor.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cozimento; Aceitabilidade.; Consumo; Cor; Feijão; Grão; Phaseolus Vulgaris; Sabor..
Ano: 2003 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/212415
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações da atividade de água e da cor da carne no processo de elaboração da carne salgada desidratada Ciênc. Tecnol. Aliment.
SABADINI,E.; HUBINGER,M. D.; SOBRAL,P.J. do A.; CARVALHO Jr,B.C..
Carne salgada desidratada é um produto largamente usado no Brasil, como fonte de proteína animal. O principal objetivo deste tipo de processamento é a remoção de água, inicialmente por mudanças de pressão osmótica e, a seguir por secagem, levando a um produto com umidade intermediária, como o charque e o "jerked beef". O processo de desidratação osmótica, pela penetração do sal e saída de água, causa redução nos níveis de atividade de água. Alterações de cor também ocorrem durante o processamento. Neste trabalho, estas duas variáveis são avaliadas, em pedaços de carne submetidos à salga seca e úmida. Os valores de atividade de água iniciais foram reduzidos em ambas as etapas, sendo mais acentuado para salga seca, obtendo ao término desse experimento 0,79...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carne; Sal; Atividade de água; Cor; Parâmetros L* a* b*.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612001000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos físicos e fisiológicos de sementes de Fimbristylis dicothoma relacionados à germinação e dormência Rev. Ciênc. Agron.
Mendonça,Giovana Soares de; Martins,Cibele Chalita; Martins,Dagoberto; Lopes,Maria Teresa Gomes.
RESUMOEm sementes de plantas pioneiras a aplicação de tratamentos de superação de dormência e a seleção por cor e tamanho são estratégias para a obtenção de sementes com menor dormência e melhor desempenho germinativo. O objetivo neste trabalho foi avaliar o efeito de aspectos físicos e fisiológicos de sementes de falso-alecrim-da-praia sobre sua germinação e dormência. Para tanto, as sementes foram submetidas aos seguintes tratamentos em três estudos: (i) testemunha, imersão em H2SO4(98%, 36N) por 1 minuto, imersão em KNO3 (1; 2 e 3%) por 15 minutos, semeadura em substrato umedecido com KNO3 (0,2%) e exposição por 5 e 10 horas em estufa com circulação forçada de ar a 40 e 70 °C; (ii) classificação das sementes por cor (clara e escura) e aplicação dos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Planta daninha; Falso-alecrim-da-praia; Cor; Tamanho; Temperatura.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902015000300539
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação das propriedades físicas, químicas e sensorial de preferência de goiabas em calda industrializadas Ciênc. Tecnol. Aliment.
Sato,A. C. K.; Sanjinez-Argandoña,E. J.; Cunha,R. L..
Quatro marcas de goiabas em calda foram submetidas a análises físico-químicas, de cor e textura instrumentais e teste sensorial de preferência, a fim de avaliar as diferenças entre os produtos comerciais. As mesmas análises foram efetuadas em uma goiaba in natura madura, a fim de avaliar os possíveis efeitos do processamento na qualidade do produto. De maneira geral, observou-se grandes diferenças entre os produtos das diferentes marcas, e muitas vezes entre os frutos de um mesmo fabricante. As análises químicas mostraram que o teor de açúcares da maior parte dos produtos está entre 22 e 30%, com exceção de uma amostra que mostrou um valor bem mais elevado (ao redor de 40%). A análise sensorial mostrou que esta amostra com maior teor de açúcares foi a mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Goiaba; Propriedades mecânicas; Cor.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612004000400012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação física de feijão carioca irradiado Ciênc. Tecnol. Aliment.
Armelin,José Maurício; Canniatti-Brazaca,Solange Guidolin; Piedade,Sônia Maria de Stefano; Machado,Flávia Maria Vasques Farinazzi; Spoto,Marta Helena Fillet.
A radiação gama é uma forma de evitar as perdas de safras de feijões e, manter a qualidade dos grãos para que o consumidor não rejeite o produto. Os objetivos desta pesquisa foram avaliar as alterações em feijão (Phaseolus vulgaris L.) variedade Carioca Tybatã submetidos a diferentes dosagens de radiação gama, com doses de 0, 1, 2, 6 e 10 kGy, verificando alterações na cor, tempo de hidratação e de cocção. A cor foi avaliada por provadores treinados em cabine de cor utilizando a luz do dia, empregando teste de ordenação. O tempo de hidratação foi determinado com 10 g de grãos para 50 mL de água destilada, em intervalos de medidas de 30 em 30 minutos, nas primeiras duas horas, e de 1 em 1 hora, até que a absorção se estabilizasse. O tempo de cocção foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cor; Hidratação; Cocção; Irradiação; Phaseolus vulgaris; Feijão.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação físico-química de bolo de chocolate com coberturas comestíveis à base de gelatina, ácido esteárico, amido modificado ou cera de carnaúba Ciênc. Tecnol. Aliment.
Osawa,Cibele Cristina; Fontes,Luciana Cristina Brigatto; Miranda,Eduardo Henrique Walter; Chang,Yoon Kil; Steel,Caroline Joy.
Coberturas comestíveis biodegradáveis são uma alternativa às embalagens sintéticas, que causam preocupações ambientais. Este trabalho avaliou o efeito de diferentes tipos de coberturas sobre propriedades físico-químicas de bolo de chocolate durante a estocagem, em comparação com bolo sem cobertura (CO) e bolo sem cobertura embalado em polipropileno (EMB). As seguintes coberturas foram aplicadas sobre os bolos: 10% gelatina (GE), 10% gelatina com 10% ácido esteárico (GE + AE), 18% cera de carnaúba (CE), 10% amido modificado (AM) e fondant (FO). Os bolos foram avaliados durante 10 dias de estocagem. FO e EMB apresentaram menor perda de massa, enquanto todos os demais tratamentos apresentaram valores superiores a CO. GE, GE + AE e EMB apresentaram a menor...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bolo de chocolate; Coberturas comestíveis; Perda de massa; Atividade de água; Textura; Cor.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612009000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Batatas: diversidade de cores e sabores. Infoteca-e
VIZZOTTO, M..
bitstream/item/219005/1/Revista-Batata-Show-57-pag-10.pdf
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Batata; Cor; Sabor; Consumidor.
Ano: 2020 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1127906
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bebida eletrolítica a base de permeado da ultrafiltração de leite: avaliação física, química e microbiológica durante o armazenamento Ciência Rural
Fontes,Edimar Aparecida Filomeno; Alves,Yara Pereira Cerceau; Fontes,Paulo Rogério; Minim,Valéria Paula Rodrigues.
Este trabalho teve como objetivo a elaboração de uma bebida eletrolítica a base de permeado da ultrafiltração de leite e avaliação de suas características físicas, químicas e microbiológicas, durante o período de armazenamento por 30 dias, nas temperaturas de 7°C e 25°C. A bebida apresentou-se clara, com coloração amarelo-esverdeada, osmolalidade de 311,6mOsmol.L-1 e carboidratos totais de 6,48% m/v. Não foram observadas alterações significativas de pH, acidez titulável e sólidos solúveis durante o tempo e temperatura de armazenamento (P>0,05). A osmolalidade e o teor de açúcares totais foram afetados pelo tempo (P<0,05), enquanto que o aumento de açúcares redutores foi afetado pelo tempo e pela temperatura de armazenamento (P<0,05). Observou-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Minerais; Osmolalidade; Cor; Soro de leite; Bebida não alcoolica.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782015000200342
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características bioquímicas da carne de bubalinos Mediterrâneo terminados em confinamento e abatidos em diferentes pesos Ciência Rural
Jorge,André Mendes; Andrighetto,Cristiana; Millen,Danilo Domingues; Calixto,Michel Golfetto; Rodrigues,Érico; Storti,Sílvia Maria Marinho; Vilela,Letícia Colares.
Este trabalho teve como objetivo avaliar as características bioquímicas da carne de bubalinos Mediterrâneo terminados em confinamento e abatidos em diferentes pesos. Foram utilizados 28 bubalinos Mediterrâneo jovens, com idade de 9 meses, e peso vivo médio inicial de 240kg. Os animais foram alimentados com ração total à vontade em regime de confinamento até atingirem pesos de abate de 450, 480, 510 e 540kg de peso vivo (tratamentos). Os valores de pH e temperatura dos músculos Longissimus dorsi e Bíceps femoris foram coletados a intervalos de duas horas durante 24 horas após o abate. Determinou-se a cor da carne pelos métodos subjetivo e objetivo. Não houve efeito de interação entre tratamento e tempo de coleta. Não houve diferença significativa entre os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Búfalos; Bíceps femoris; Cor; Longissimus dorsi; PH; Temperatura.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782006000500030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CARACTERÍSTICAS DE QUALIDADE DO CONTRAFILÉ (m. L. dorsi) DE TOUROS JOVENS DA RAÇA NELORE Ciênc. Tecnol. Aliment.
ABULARACH,Maria Lourdes S.; ROCHA,Carlos E.; FELÍCIO,P.E. de.
Com o objetivo de analisar as características de qualidade da carne de touros jovens da raça Nelore e os possíveis efeitos da idade, entre os 690 e os 780 dias, nessas características, efetuou-se o abate de 113 bovinos, que haviam sido confinados por um período de 109 dias com ração à base de 20% de concentrado e 80% de volumoso. Todas as carcaças foram tipificadas pela Inspeção Federal na sala de matança do frigorífico e resfriadas por 24 h em câmara fria (Tinicial=5°C; Tfinal=2°C). Meias carcaças (lado direito, N=51), do tipo B - do Sistema B R A S I L - de animais de 23 a 26 meses foram desossadas. Dois bifes (2,5cm de espessura) de contrafilé (m. L. dorsi) de cada uma foram embalados à vácuo e maturados por 7 dias a 0-2°C. O pH variou entre 5,44 e 5,83...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carne bovina; Touro jovem; Raça Nelore; PH; Textura; Cor.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611998000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características físico-químicas da carne de bubalinos e de bovinos castrados e inteiros R. Bras. Zootec.
Rodrigues,Victor Cruz; Andrade,Ivo Francisco de.
As características físico-químicas da carne de bovinos Nelore (NE), F1 Nelore x Sindi (NS) e de búfalos Mediterrâneos (BM) castrados e inteiros foram avaliadas. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 2 (três grupos genéticos x duas condições sexuais) com 24 parcelas. Os animais foram confinados, receberam a mesma dieta e foram abatidos com média de 437,5 kg. As amostras de carne foram obtidas do músculo Longissimus dorsi entre a 11ª e 12ª costelas. A carne de animais inteiros ofereceu maior teor de umidade (73,6 vs 71,0%), de proteína (87,5 vs 78,6%) e de minerais (4,33 vs 3,85%) e menor teor de gordura (8,9 vs 16,8%) que castrados. A carne de bovinos NE teve maior teor de gordura (15,4%) que NS (12,5%) e BM...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cor; Gordura; Maciez; Perda por cozimento; Valor nutritivo.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982004000700023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características qualitativas de produtos elaborados com carne de frango pálida e normal Ciênc. Tecnol. Aliment.
Komiyama,Claudia Marie; Mendes,Ariel Antonio; Takahashi,Sabrina Endo; Moreira,Joerley; Borba,Hirasilvia Borba Alves; Leonel,Fábio Roberto; Roça,Roberto de Oliveira; Almeida,Ibiara Correia Lima Paz; Balog Neto,Augusto.
Foram elaborados hambúrgueres e filés empanados com peitos de frango pálidos e normais e foram realizadas as seguintes análises de qualidade: cor, Perda de Peso por Cozimento (PPC), cisalhamento, Encolhimento por Fritura (EF), TBA, avaliação microbiológica e sensorial para os hambúrgueres, e TBA, análise microbiológica e análise sensorial para os filés empanados. As amostras de hambúrgueres elaboradas não diferiram significativamente (p > 0,05) nos parâmetros de coloração, EF, PPC e análise microbiológica e sensorial. Para análise de força de cisalhamento, houve diferença significativa (p < 0,05) entre os hambúrgueres no período de 7, 60 e 120 dias, sendo que os hambúrgueres elaborados com carne pálida (1,92; 1,31 e 1,46, respectivamente)...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cor; Peito de frango; TBA; Industrializados.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612009000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características sensoriais da carne ovina R. Bras. Zootec.
Osório,José Carlos da Silveira; Osório,Maria Teresa Moreira; Sañudo,Carlos.
Considerando que a tendência mundial é produzir o que se consome e que a ciência da carne busca o mais alto grau de satisfação do consumidor, o estudo aborda as características que propiciam essa satisfação na carne ovina. A utilização dos órgãos dos sentidos humanos na percepção das características que propiciam a mais alta satisfação do consumidor, passou a ser definição de "qualidade"; que aponta como características sensoriais importantes da carne ovina a suculência (capacidade de retenção de água), cor, textura (dureza ou maciez), odor e sabor e o flavor (odor + sabor). Estas características variam de acordo com a espécie, raça, idade, sexo, alimentação, manejo pós-mortem e as condições e tempo de conservação do produto. Sendo que á maioria das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Consumidor; Cor; Flavor; Textura.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009001300029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características sensoriais e físicas de extratos e tofus de soja comum processada termicamente e livre de lipoxigenase Ciênc. Tecnol. Aliment.
Ciabotti,Sueli; Barcelos,Maria de Fátima Píccolo; Pinheiro,Ana Carla Marques; Clemente,Paulo Roberto; Lima,Maria Aparecida Correa.
O objetivo deste trabalho foi selecionar o processo de obtenção de extrato de soja e respectivo tofu, obtidos com a soja comum (BRS 133), soja comum submetida ao processo de branqueamento (BRS 133) e soja comum livre de lipoxigenase (BRS 213), verificando a influência do branqueamento dos grãos de soja comum, anterior à sua maceração, nas características sensoriais e físicas destes produtos. O processamento térmico (branqueamento dos grãos) a que a soja comum foi submetida mostrou-se imprescindível para tornar o "sabor" do extrato de soja mais agradável ao paladar dos provadores, não interferindo na sua aparência e nem na cor, tendo sempre como referência a soja livre de lipoxigenase, porém o branqueamento, por sua vez, depreciou não só o "sabor", mas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Branqueamento; Sabor; Textura; Aparência; Cor.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000300033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química de novos híbridos de abacaxi resistentes à fusariose Ciência Rural
Viana,Eliseth de Souza; Reis,Ronielli Cardoso; Jesus,Jaciene Lopes de; Junghans,Davi Theodoro; Souza,Fernanda Vidigal Duarte.
Cinco genótipos de abacaxi (Gold, Pérola, Smooth Cayenne, BRS Vitória, BRS Imperial) e quatro novos híbridos (SC x PRI-21, SC48 x PRI-02, PE x SC-73 e PA x PE-01) foram avaliados quanto às suas características físico-químicas. A cultivar 'Gold' apresentou os maiores teores de carotenoides totais (7,82µg g-1) e vitamina C (51,0mg 100g-1), enquanto que a cultivar 'BRS' Imperial destacou-se pelos elevados teores de açúcares redutores (5,12%), açúcares totais (15,23%), sólidos solúveis (18,41°Brix), pH (3,96) e ratio (35,28). Os híbridos SC 48 x PRI-02, PE x SC-73 e PA x PE-01 apresentaram teores de sólidos solúveis, açúcares totais e redutores superiores aos das cultivares Smooth Cayenne, Pérola e BRS Vitória, destacando-se o híbrido PE x SC-73 por apresentar...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vitamina C; Carotenoides totais; Cor; Ananas comosus var. Comosus.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013000700003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química de variedades de amora-preta da região sul do Brasil Ciência Rural
Hirsch,Gabriela Elisa; Facco,Elizete Maria Pesamosca; Rodrigues,Daniele Bobrowski; Vizzotto,Márcia; Emanuelli,Tatiana.
A amora-preta (Rubus sp.) é uma fruta cuja exploração comercial está iniciando no Brasil. Seu cultivo iniciou na década de 70 e vem aumentando com a introdução e adaptação de novas cultivares. Porém, pouco se conhece sobre as disparidades geradas na composição e nas características das frutas dessas novas plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características físico-químicas de diferentes cultivares ('Tupy', 'Guarani' e 'Cherokee') e seleções (02/96, 07/001 e 03/001) de amora, que estão sendo estudadas para originar cultivares adaptadas à região Sul do Brasil. Foram analisados a cor objetiva, sólidos solúveis (SS), pH, acidez titulável, composição centesimal e ácidos graxos de amoras. As frutas apresentaram umidade entre 84,8 e 90,3%; proteína...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Sólidos solúveis; Cor; Acidez titulável; Composição centesimal; Ácidos graxos.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000500029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Carne de avestruz: rendimento de carcaça e aspectos físicos e químicos Ciênc. Tecnol. Aliment.
Balog,Augusto; Mendes,Ariel Antônio; Paz,Ibiara Correia de Lima Almeida; Silva,Marleide da Costa; Takahashi,Sabrina Endo; Komiyama,Claudia Marie.
O objetivo deste estudo foi avaliar o rendimento de carcaça e os aspectos físicos e químicos da carne de avestruzes abatidos comercialmente no Brasil. E para isso acompanhou-se o processo de abate e desossa de um abatedouro comercial de avestruzes. Utilizou-se 12 machos e 12 fêmeas, com idade entre 13 e 15 meses, da subespécie African Black. No momento da desossa foram avaliados: o pH, a temperatura e a coloração dos músculos. A composição química e mineral foi determinada segundo metodologias propostas pela AOAC. O pH apresenta diferença significativa em relação aos diferentes músculos. Ao avaliar a coloração dos músculos em relação ao sexo, observou-se que a luminosidade foi maior para os machos, contribuindo significativamente para que a carne fosse...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cor; Estrutiocultura; Nutrientes; PH.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Carnes PSE (Pale, Soft, Exudative) e DFD (Dark, Firm, Dry) em lombo suíno numa linha de abate industrial Ciênc. Tecnol. Aliment.
Maganhini,Magali Bernardes; Mariano,Bruno; Soares,Adriana Lourenço; Guarnieri,Paulo D.; Shimokomaki,Massami; Ida,Elza Iouko.
A necessidade para uma maior produção de carne magra em suínos tem acarretado modificações nas características bioquímicas do músculo conduzindo ao desenvolvimento das anomalias nas suas cores, as denominadas carnes PSE e DFD. Estas carnes por apresentarem alterações de suas propriedades funcionais, resultam em grandes perdas econômicas. Nesse experimento, foram utilizadas 946 amostras de Longissimus dorsi m., lombos de suínos da linhagem Dalland, machos castrados e fêmeas, com 100 dias de idade, em um Frigorífico localizado na Região Sul do País. Os lombos foram classificados com base no valor de L*24 h e pH24 h. Foi constatada uma incidência de 22,8% de carnes PSE, 1,0% de DFD e 76,2% de normal. Esses valores relativamente altos de carnes PSE mostram a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cor; PH; Longissimus dorsi m.; Manejo pré e pós-abate.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000500012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coloração diferenciada das folhas da videira no outono. Infoteca-e
SILVEIRA, S. V. da.
Com a chegada das primeiras temperaturas baixas do ano, começamos a observar mudanças significativas na coloração das folhas das plantas caducifólias, isto é, aquelas que perdem suas folhas no inverno. A videira faz parte deste grupo de plantas, sendo muito importante que o viticultor examine com atenção o seu vinhedo nesta época do ano, procurando observar sinais que denotem o estado sanitário e nutricional de suas plantas.
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Mudança da coloração; Viticultura; Uva; Fisiologia vegetal; Folha; Cor.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/926121
Registros recuperados: 81
Primeira ... 12345 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional