Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da tolerância de larvas do pacamã Lophiosilurus alexandri Steindachner, 1877 (Pisces:Siluriformes) a diferentes salinidades - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v30i4.791 Biological Sciences
Luz, Ronald Kennedy; UFVJM; Santos, José Cláudio Epaminondas dos; CODEVASF.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a tolerância de larvas de pacamã Lophiosilurus alexandri ao teste agudo de salinidade da água em diferentes idades. Os testes foram realizados em larvas recém-eclodidas, com oito e 12 dias pós-eclosão. As larvas foram aclimatadas às condições experimentais por 24h, sendo estocadas em 18 tanques plásticos de 1 L na densidade de 15 larvas L-1. Após esse período, as larvas foram transferidas para as salinidades: água doce, 2, 4, 6, 8 e 10 g de sal L-1 e observadas durante 96h. Larvas recém- eclodidas apresentaram mortalidade total em 6, 8 e 10 g de sal L-1 e 100% de sobrevivência para água doce, 2 e 4 g de sal L-1; porém, com redução dos valores de peso e comprimento mediante as duas salinidades. Larvas com oito dias...
Palavras-chave: 2.07.01.00-4 salinidade; Pacamã; Desenvolvimento inicial; Sobrevivência. Fisiologia Geral salinity; Pacamã; Initial development; Survival..
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/791
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização do desenvolvimento inicial de Auchenipterus osteomystax (Osteichthyes, Auchenipteridae) da bacia do rio Paraná, Brasil Biological Sciences
Bialetzki, Andréa; UEM; Baumgartner, Gilmar; UNIOESTE; Sanches, Paulo Vanderlei; UNIPAR; Galuch, André Vieira; UEM; Luvisuto, Marli Aparecida; UEM; Nakatani, Keshiyu; UEM; Makrakis, Maristela Cavicchioli; UEM; Borges, Marta Eliane Echeverria; UEM.
O objetivo deste trabalho é caracterizar o desenvolvimento inicial de Auchenipterus osteomystax (Ribeiro, 1918) (Osteichthyes, Auchenipteridae). O material analisado é proveniente de amostras coletadas no plâncton no alto rio Paraná, rio Ivaí, alto rio Ivinhema e reservatório de Itaipu. Foram analisadas 74 larvas e 7 juvenis, entre 5,25 mm e 39 mm de comprimento padrão. Os espécimes foram identificados e separados em diferentes estágios, e foram obtidas as variáveis morfométricas e merísticas. As larvas de A. osteomystax apresentam o desenvolvimento inicial semelhante ao de outros Siluriformes, no entanto são caracterizadas principalmente por apresentar um aglomerado de pigmentos na cabeça e na região anterior do corpo e número de miômeros variando de 44 a...
Palavras-chave: 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas Auchenipterus osteomystax; Desenvolvimento inicial; Peixes 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas.
Ano: 2001 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/2692
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização do desenvolvimento inicial de Leporinus friderici (Osteichthyes, Anostomidae) da bacia do rio Paraná, Brasil Biological Sciences
Sanches, Paulo Vanderlei; UNIPAR; Baumgartner, Gilmar; UNIOESTE; Bialetzki, Andréa; UEM; Suiberto, Mirian Rodrigues; UEM; Gomes, Fernando Duran Canedo; UEM; Nakatani, Keshiyu; UEM; Barbosa, Norma Dulce de Campos; CEMIG.
O objetivo desse trabalho é caracterizar o desenvolvimento inicial de Leporinus friderici. Os ovos e larvas analisados foram obtidos através de desovas induzidas realizadas junto à estação de Piscicultura de Volta Grande (CEMIG), entre os meses de fevereiro e março de 1995. Os juvenis são provenientes de amostras coletadas na bacia do alto rio Paraná. Foram analisados 30 ovos, 114 larvas e 21 juvenis. Os ovos são esféricos, transparentes e não adesivos, com diâmetro médio de 2,53 mm, espaço perivitelino de 0,74 mm e diâmetro médio do vitelo de 0,94 mm. As larvas eclodem 13h20min. após a fertilização (27,6 ºC). Apresentam dois cromatóforos na região frontal, intestino alcançando a porção distal do corpo, uma linha de cromatóforos dendríticos ao longo da...
Palavras-chave: 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas Leporinus friderici; Desenvolvimento inicial; Peixe 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas.
Ano: 2001 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/2693
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Containers volume and types of seeds for jabuticabeira seedling production Sci. Agrar.Paran. / SAP
Vendruscolo, Eduardo Pradi; Campos, Luiz Fernandes Cardoso; Seleguini, Alexsander.
The jabuticabeira is a native species of Brazil and has potential for the production of cosmetics, processed foods and fresh consumption. However, little research has been conducted on the production system, resulting in shortage of information about the species. In this sense, the objective was to define the best conditions for the production of seedlings jabuticabeira "pingo-de-mel" by the interaction of different volumes of containers and types of seeds. In a completely randomized design with factorial 3 x 3 and four replications, partially pulped seeds, not pulped seeds and seeds from fruits collected on the ground were sown in plastic tubes of three volumes (50, 100 and 300 ML3). For each treatment were evaluated parameters related to the emergence...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Espécie nativa; Desenvolvimento inicial; Plinia sp.; Qualidade de muda; Reprodução sexuada..
Ano: 2017 URL: http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/15120
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de plantas micropropagadas de amoreira-preta Rev. Bras. Frutic.
Couto,Marcelo; Antunes,Luis Eduardo Corrêa; Carpenedo,Silvia; Trevisan,Renato.
A propagação da amoreira-preta pode ser feita através de estacas de raiz, lenhosas ou herbáceas, ou através de técnicas de cultura de tecidos. Entretanto, pouco se sabe sobre o crescimento e desenvolvimento inicial de mudas micropropagadas de amoreira-preta. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento inicial de plantas micropropagadas de amoreira-preta, previamente aclimatizadas, provenientes do laboratório de cultura de tecidos da Embrapa Clima Temperado, Pelotas-RS. O tratamento avaliado foi o fator cultivar, sendo Guarani, Tupy, Xavante e Seleções avançadas 6 e 12, com quatro repetições, sendo cada unidade experimental composta por cinco plantas, 25 plantas por bloco, totalizando 100 plantas. Após 52 dias em casa de vegetação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Substrato; Desenvolvimento inicial; Vigor.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452009000300024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cultivares de mamoneira e adubação nitrogenada na formação de mudas - doi: 10.4025/actasciagron.v32i3.4063 Agronomy
Rodrigues, Helen Cristina de Arruda; UFLA; Carvalho, Samuel Pereira; UFLA; Souza, Henrique Antunes; Carvalho, Alexandre Alves; UFLA.
Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência de nitrogênio no desenvolvimento de mudas de cultivares de mamona. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação, no Setor de Cafeicultura do Departamento de Agricultura da UFLA, Lavras, Estado de Minas Gerais, utilizando-se quatro doses de nitrogênio N (0, 150, 300 e 450 mg kg-1 de substrato) em três cultivares de mamona (AL-Guarani, Nordestina e Mirante-10). O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com três repetições e duas plantas por parcela. Foram avaliados parâmetros referentes ao crescimento das mudas. De acordo com os resultados obtidos, a aplicação de nitrogênio prejudicou o crescimento das mudas em todas as cultivares avaliadas. A cultivar Mirante-10 destacou-se das demais.
Palavras-chave: Ricinus communis; Cultivars; Initial development; Nitrogen Ciências Agrárias Ricinus communis; Cultivares; Desenvolvimento inicial; Nitrogênio Agronomia.
Ano: 2010 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/4063
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento embrionário, larval e juvenil de Hemisorubim platyrhynchos (Siluriformes, Pimelodidae) da bacia do rio Paraná Iheringia, Sér. Zool.
Andrade,Fernanda F.; Makrakis,Maristela C.; Lima,Ariane F. de; Assumpção,Lucileine de; Makrakis,Sergio; Pini,Suelen F. R..
O objetivo deste estudo foi descrever o desenvolvimento embrionário, larval e juvenil da jurupoca, Hemisorubim platyrhynchos (Valenciennes, 1840), bem como as mudanças nos padrões de crescimento alométrico durante a ontogenia inicial da espécie. Um total de 90 ovos, 210 larvas e 24 juvenis provenientes de reprodução induzida foram analisados quanto a variáveis morfométricas e merísticas, além do coeficiente de crescimento alométrico em relação à cabeça, tronco e cauda durante o período larval e juvenil inicial. Os ovos apresentaram diâmetro médio de 1,74 mm, espaço perivitelino amplo (21,29%), com média de 0,37 mm, e diâmetro médio do vitelo de 1,08 mm. O comprimento padrão (CP) das larvas variou de 3,47 a 11,85 mm, com a maioria das medidas apresentando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Desenvolvimento inicial; Morfometria; Crescimento alométrico; Larvas de peixes.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212014000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento inicial de plântulas de Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum. sob influência de sombreamento Acta Amazonica
Silva,Rubens Ribeiro da; Freitas,Gilson Araújo de; Siebeneichler,Susana Cristine; Mata,Jhansley Ferreira da; Chagas,Jaíza Ribeiro.
O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar o comportamento inicial de plântulas de Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum. (cupuaçu), em função de diferentes níveis de sombreamento. Ao final de 50 dias, após a emergência, as plântulas de cupuaçu foram submetidas a três níveis de sombreamento, sendo: 0% de sombreamento, 50% de sombreamento e Sombra Natural. O crescimento das mudas foi conduzido em delineamento de blocos casualizados, com 15 repetições, sendo cada planta considerada como uma repetição. Foram avaliados a altura, o diâmetro e o número de folhas aos 60, 82, 103, 124, 145 dias após a emergência das plântulas. A Massa Seca de Folhas (MSF), Massa Seca do Caule (MSC), Massa Seca da Raiz (MSR) e Massa Seca Total (MST),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Nível de sombreamento; Adaptação; Desenvolvimento inicial; Alocação de biomassa.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672007000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do tempo de jejum pós-eclosão, valores energéticos e inclusão do ovo desidratado em dietas pré-iniciais e iniciais de pintos de corte R. Bras. Zootec.
Teixeira,Elisanie Neiva Magalhães; Silva,José Humberto Vilar da; Costa,Fernando Guilherme Perazzo; Martins,Terezinha Domiciano Dantas; Givisiez,Patrícia Emília Naves; Furtado,Dermeval Araújo.
Dois experimentos foram realizados para determinar o valor nutricional do ovo desidratado (OD), o efeito do tempo de jejum pós-eclosão (TJPe) e a inclusão do ovo desidratado em rações para frangos de corte. No primeiro experimento, 120 pintos de corte machos, linhagem Ross-308, foram alojados em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos e cinco repetições de oito aves. As coletas de excretas foram realizadas no período de 24 a 29 dias de idade, pela manhã e à tarde. No segundo experimento, um lote misto de 810 pintos da linhagem Cobb-500, com peso vivo inicial 33,41 ± 0,53, foi alojado em boxes de 1,0 × 1,5 m. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com 9 tratamentos e 6 repetições de 15 aves, em esquema...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alimento alternativo; Desempenho; Desenvolvimento inicial; Valor nutritivo.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Germinação e vigor de sementes de pau d’alho sob estresse salino PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Lopes, José Carlos; Freitas, Allan Rocha de; Beltrame, Rômulo André; Venancio, Luan Peroni; Manhone, Pedro Ramon; Silva, Fernanda Rodrigues Nunes e.
 A salinidade dos solos é um dos mais importantes fatores de estresse abiótico, afetando negativamente diversos aspectos da fisiologia e bioquímica das plantas. Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito do pré-condicionamento de sementes de Gallesia integrifolia sob de estresse salino com nitrato de potássio (KNO3) e nitropurinato de sódio (SNP). As sementes foram tratadas através do pré-condicionamento de imersão em soluções com cinco concentrações de KNO3 (0,0, 0,01, 0,1, 1 e 10 mg L-1) e de SNP (0, 0,01, 0,1, 1 e 10 mg L-1) por uma hora. Em seguida, as sementes foram distribuídas em folhas de papel filtro previamente umedecidos com soluções salinas em três potenciais osmóticos (0,0, -0,6 e - 1,2 MPa), sendo os rolos de papel mantidos em câmara de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sementes Florestais Gallesia integrifolia; Desenvolvimento inicial; Salinidade; Antioxidantes exógenos Initial development; Salinity; Exogenous antioxidants.
Ano: 2015 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/631
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incubação de ovos de pacamã com florfenicol PAB
Batista,Áurea Luiza Dayrell; Melillo Filho,Reinaldo; Takata,Rodrigo; Silva,Walisson de Souza e; Santos,André Eduardo Heringer; Luz,Ronald Kennedy.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de doses de florfenicol na incubação de ovos de pacamã (Lophiosilurus alexandri). Na primeira etapa, os ovos foram submetidos a concentrações de florfenicol entre 0 e 500 mg L-1, durante 24 horas. Na segunda etapa, as larvas foram observadas até o sétimo dia após a eclosão. Na terceira etapa, as larvas foram alimentadas por dez dias. Peso e comprimento apresentaram respostas que variaram de acordo com a fase de desenvolvimento e as concentrações de florfenicol. Concentrações menores que 309 mg L-1 de florfenicol podem ser usadas sem afetar as larvas nas fases posteriores.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Lophiosilurus alexandri; Desenvolvimento inicial; Tratamento preventivo.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001100911
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
LIMITATIONS OF THE VEGETATIVE GROWTH IN ARABIC COFFEE PROMOTED BY THE WATER DEFICIT Engenharia na Agricultura
Peloso, Anelisa Figueiredo; Tatagiba, Sandro Dan; Amaral, José Francisco Teixeira.
The objective of this study was to investigate the limitations of the vegetative growth of the Coffea arabica L, Catuaí Vermelho (IAC 144), submitted to the water deficit, using the following dry matter characteristics: total (MST), of the leaf (MSF), of the orthotropic branches plus the plagiotropics (MSRo+p), of the root (MSR), besides of the leaf area, height and diameter. The experiment was set up in a completely randomized design, using three treatments of water availability [30, 60 and 100% of available water (AD)], with six replications. The plot for the evaluations consisted of one plant per pot. According to the results, it was verified that the water deficit negatively affected the plant growth as the water availability in the substrate...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitotecnia; Cafeicultura; Fisiologia Vegetal Coffea arabica L.; Desenvolvimento inicial; Estresse hídrico; Lâmina de irrigação.
Ano: 2017 URL: http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/article/view/755
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional