Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da folha e do colmo de topo e base de perfilhos de três gramíneas forrageiras: 1. Digestibilidade in vitro e composição química R. Bras. Zootec.
Queiroz,Domingos Sávio; Gomide,José Alberto; Maria,José.
RESUMO - Foi avaliado o grau de correlação linear simples entre a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) e a composição química de lâminas e bainhas foliares e, do colmo, amostrados no topo e na base de perfilhos de capim-elefante (Pennisetum purpureum, cv. Mott), capim-setária (Setaria anceps, cv. Kazungula) e capim-jaraguá (Hyparrhenia rufa, Nees Stapf ). Os valores de DIVMS e os teores de proteína bruta (PB) e parede celular (FDN) exibiram gradiente ao longo do perfil do perfilho e diferença entre as frações do perfilho. As folhas situadas no topo do perfilho mostraram maior conteúdo de PB e digestibilidade, apesar dos mais altos teores de FDN, que as folhas situadas na base dos perfilhos. As lâminas foliares mostraram valores relativamente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição química; Correlação linear; Digestibilidade in vitro; Hyparrhenia rufa; Pennisetum purpureum; Setaria anceps.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982000000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da silagem de bagaço de laranja e silagem de milho em diferentes períodos de armazenamento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i4.995 Animal Sciences
Pinto, Andréa Pereira; IAPAR; Mizubuti, Ivone Yurika; UEL; Ribeiro, Édson Luiz de Azambuja; UEL; Fey, Rubens; UEL; Palumbo, Guilherme Roberto; UNESP Jaboticabal; Alves, Teresa Cristina; USP.
Objetivou-se avaliar alguns parâmetros de qualidade da silagem de bagaço de laranja e silagem de milho em diferentes períodos de armazenamento dos silos. Foram preparados minisilos, com capacidade para 3,6 kg, em delineamento experimental inteiramente casualizado, distribuídos em arranjo fatorial 2 x 6, sendo dois tipos de silagem (bagaço de laranja ou milho) e seis períodos de armazenamento (10, 30, 50, 70, 90 e 110 dias), com três repetições. Determinaram-se as características químicas, parâmetros de fermentação e digestibilidade in vitro (DIV). O teor médio de matéria seca (MS) da silagem de bagaço de laranja (SBL) foi de 26,5%. Apesar de a SBL apresentar maior capacidade tampão do que a silagem de milho (SM), houve maior produção de ácido lático nas...
Palavras-chave: 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura ácido lático; Capacidade tampão; Composição química; Digestibilidade in vitro; Nitrogênio amoniacal; Parâmetros de fermentação 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/995
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação química e nutricional do queijo mozzarella e iogurte de leite de búfala Scientia Agricola
Verruma,M.R.; Oliveira,A.J. de; Salgado,J.M..
O presente trabalho teve por objetivo verificar a composição química e nutricional do queijo e iogurte elaborados com leite de búfala e comparados com aqueles elaborados com leite de vaca. Dos resultados obtidos foram obtidas as seguintes conclusões: o queijo tipo mozzarella e o iogurte elaborado com leite de búfala apresentaram níveis superiores em proteína, gordura, cinzas, cálcio e fósforo, estando relacionados com a composição química inicial do leite. Os níveis de digestibilidade in vitro dos queijos tipo mozzarella e iogurte de leite de búfala apresentaram resultados semelhantes aos elaborados com leite de vaca, indicando níveis adequados de digestibilidade para consumo humano.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Leite de búfala; Queijo; Iogurte; Digestibilidade in vitro.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161993000300016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características anatômicas e valor nutritivo de quatro gramíneas predominantes em pastagem natural de Viçosa, MG R. Bras. Zootec.
Bauer,Maristela de Oliveira; Gomide,José Alberto; Silva,Eldo Antônio Monteiro da; Regazzi,Adair José; Chichorro,José Franklim.
Avaliou-se a influência das características anatômicas e dos sítios de lignificação dos tecidos sobre o valor nutritivo de lâminas foliares de quatro gramíneas coletadas nas estações chuvosa e seca. Amostras frescas das duas últimas lâminas foliares recém-expandidas, correspondentes à última e à penúltima posição no perfilho de capim-gordura (Melinis minutiflora Pal. De Beauv), capim-braquiária (Brachiaria decumbens Staph.), capim-sapé (Imperata brasiliensis Trin.) e capim-jaraguá (Hyparrhenia rufa (Nees) Staph.) foram avaliadas quanto às características anatômicas, segundo técnicas de microscopia de luz e varredura. Nessas amostras analisou-se a proporção de tecidos e de sítios de lignificação. Também foram determinadas as concentrações de fibra em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Composição química; Correlação linear; Digestibilidade in vitro; Lignina; Proporção de tecidos; Sítio de lignificação.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características de fermentação da silagem de seis variedades de milho indicadas para a região semiárida Brasileira Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Santos,R.D; Pereira,L.G.R; Neves,A.L.A; Araújo,G.G.L; Voltolini,T.V; Brandão,L.G.N; Aragão,A.S.L; Dórea,J.R.R.
Avaliaram-se as características fermentativas e a qualidade das silagens de seis variedades de milho, de ciclos precoce e superprecoce - BRS Caatingueiro, BRS Assum Preto, BR 5033 Asa Branca, BR 5028 São Francisco, Gurutuba e BRS 4103 - indicadas para a região semiárida brasileira. Foram utilizados silos experimentais, em delineamento inteiramente ao acaso, com seis tratamentos (variedades) e quatro repetições. Avaliaram-se: matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), extrato etéreo (EE), carboidratos totais (CHO), carboidratos não fibrosos (CNF), pH, nitrogênio amoniacal como parte do nitrogênio total (N-NH3/NT), ácidos orgânicos e digestibilidade in vitro da matéria...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Silagem; Milho; Ácidos orgânicos; Digestibilidade in vitro; Ruminantes.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352010000600019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição química e cinética da degradação ruminal de gramíneas do gênero Cynodon em diferentes idades ao corte - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i2.1221 Animal Sciences
Ferreira, Geane Dias Gonçalves; UFRPE; Santos, Geraldo Tadeu dos; UEM; Cecato, Ulysses; UEM; Cardoso, Elyzabeth da Cruz; Universidade Federal Rural da Amazonia.
O experimento teve por objetivos avaliar a composição química, estimar a energia metabolizável, a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) e da matéria orgânica (DIVMO) com o uso do rúmen artificial desenvolvido pela Ankom e, também determinar a degradabilidade in situ da MS (DEMS) de três cultivares do gênero Cynodon (Tifton 44, Tifton 85 e Coast-cross), colhidos com idades de 21, 42 e 63 dias no verão. Para a degradabilidade in situ utilizou-se três vacas com fístulas ruminais, com tempos de incubação de 96, 48, 12, 6 e 0 hora. No entanto, o tempo 0 foi determinado através da lavagem dos sacos com água em máquina de lavar roupas. Utilizou-se o delineamento experimental de parcelas subdivididas (gramíneas como parcelas e idade ao corte como...
Palavras-chave: 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura Coast-cross; Digestibilidade in vitro; Degradabilidade in situ; Energia metabolizável; Tifton 5.04.04.00-8 Pastagem e Forragicultura.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1221
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição químico-bromatológica da casca de café tratada com amônia anidra e sulfeto de sódio R. Bras. Zootec.
Souza,Alexandre Lima de; Garcia,Rasmo; Pereira,Odilon Gomes; Cecon,Paulo Roberto; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Paulino,Mario Fonseca.
Um experimento foi conduzido para avaliar os efeitos de diferentes combinações de amônia anidra (0,0; 2,2; 3,2; e 4,2% na matéria seca) e sulfeto de sódio (0,0; 2,1; 3,1; e 4,1%) sobre a composição químico-bromatológica e a digestibilidade in vitro da matéria seca da casca de café (DIVMS). O teor de proteína bruta aumentou em função dos níveis crescentes de amônia anidra. A retenção de nitrogênio diminuiu com os aumentos dos níveis de amônia e de sulfeto. Os teores de nitrogênio insolúvel em detergente neutro e nitrogênio insolúvel em detergente ácido em relação ao nitrogênio total foram sensivelmente reduzidos em função dos níveis crescentes de amônia, sendo, porém, pouco alterados pela adição de sulfeto. Apesar de a aplicação de amônia anidra e sulfeto...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amonização; Digestibilidade in vitro; Resíduo agroindustrial.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Digestibilidade in vitro da matéria seca, nitrogênio e fibra em detergente ácido de dietas completas contendo farelo de algodão, uréia ou amiréia R. Bras. Zootec.
Ezequiel,Jane Maria Bertocco; Soares,Weber Vilas Boas; Seixas,José Renato Caleiro.
Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito da suplementação com farelo de algodão, uréia ou amiréia a dietas com silagem de milho e milho moído, por intermédio do método da digestibilidade in vitro da matéria seca, nitrogênio e fibra em detergente ácido. O tratamento com uréia apresentou resultados superiores ao demais tratamentos, em todas características estudadas, e os tratamentos com farelo de algodão ou amiréia, resultados semelhantes. Os valores digestibilidade in vitro obtidos foram: 70,5; 69,8 e 72,7% para matéria seca; 61,6; 63,1 e 66,7% para nitrogênio e 30,8; 30,0 e 43,1% para fibra em detergente ácido dos tratamentos contendo farelo de algodão, amiréia e uréia, respectivamente. As dietas com silagem de milho e milho moído...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amiréia; Digestibilidade in vitro; Farelo de algodão; Fibra em detergente ácido; Nitrogênio; Uréia.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000100033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Digestibilidade intestinal verdadeira da proteína de alimentos para ruminantes R. Bras. Zootec.
Branco,Antonio Ferriani; Coneglian,Sabrina Marcantonio; Maia,Fábio José; Guimarães,Kátia Cylene.
A digestibilidade intestinal verdadeira de diferentes classes de alimentos usados em dietas para ruminantes foi avaliada por meio das técnicas in situ e in vitro. Foram utilizados dois bovinos machos castrados (450 kg PV) com cânulas implantadas no rúmen para incubação in situ de concentrados protéicos de origens animal e vegetal e energéticos, resíduos da agroindústria e alimentos volumosos. Avaliou-se a digestibilidade intestinal verdadeira dos alimentos submetidos à digestão apenas com pepsina ou com pepsina + pancreatina, precedida ou não da incubação ruminal. A incubação ruminal diminuiu a digestibilidade intestinal verdadeira da proteína de 24 dos 30 alimentos testados, com exceção da farinha de penas, da aveia preta, do grão de milho triturado a 2,5...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Avaliação de alimentos; Digestão intestinal; Digestibilidade in vitro; Incubação in situ.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000600029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da suplementação e do intervalo de pastejo sobre a qualidade da forragem e consumo voluntário de vacas Holandês × Zebu em lactação em pastagem de capim-elefante Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Lopes,F.C.F.; Aroeira,L.J.M.; Rodriguez,N.M.; Deresz,F.; Sampaio,I.B.M.; Paciullo,D.S.C.; Vittori,A..
O trabalho foi realizado entre fevereiro e setembro, com o objetivo de avaliar a qualidade e o consumo de forragem de capim-elefante manejado sob pastejo rotativo, com período de ocupação dos piquetes de três dias e variação do intervalo de pastejo de: 30 dias (com e sem o uso de concentrado ao longo do ano) e 36 e 45 dias (sem o uso de concentrado). Foram usadas 24 vacas Holandês × Zebu em lactação. De fevereiro a maio o pasto foi o único volumoso. De junho a setembro, as vacas receberam cana mais 1% de uréia. A composição química de extrusas de capim-elefante foi, de modo geral, semelhante (P>0,05) entre intervalos de pastejo (6,1 a 18,2% para PB; 63,5 a 81,4% para FDN; 32,7 a 47,6% para FDA e 43,7 a 72,9% para digestibilidade in vitro da MS). Houve...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cana-de-açúcar; Digestibilidade in vitro; Indicador; Intervalo de pastejo; Óxido crômico.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Predição da composição química do sorgo pela técnica de espectroscopia de reflectância no infravermelho próximo Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Saliba,E.O.S.; Gontijo Neto,M.M.; Rodriguez,N.M.; Miranda,L.F.; Obeid,J.A.; Teixeira,G.L.; Oliveira,M.A..
Determinou-se a composição química do sorgo pela espectroscopia de reflectância no infravermelho próximo (NIRS), comparando-a com os dados obtidos pelas análises convencionais de laboratório. Foram utilizadas 132 amostras de quatro variedades de sorgo: AG212 (porte alto), AG 2002 (porte alto), AG 2005 (duplo propósito) e AG 213 (porte alto). Com o intuito de se obter uma curva ampla, todas as amostras foram agrupadas compondo uma curva denominada sorgo in natura. As variáveis avaliadas foram carboidratos solúveis (CHO sol), fibra detergente neutro (FDN), fibra detergente ácido (FDA), proteína bruta (PB), matéria seca (MS) e digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS). Utilizou-se o tratamento de absorbância e foram encontrados os seguintes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sorgo; Composição química; Espectroscopia; Digestibilidade in vitro.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000300017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produção e valor nutritivo de gramíneas do gênero Cynodon em diferentes idades ao corte durante o ano Animal Sciences
Gonçalves, Geane Dias; UEM; Santos, Geraldo Tadeu dos; UEM; Cecato, Ulysses; UEM; Jobim, Clóves Cabreira; UEM; Damasceno, Júlio Cezar; UEM; Branco, Antônio Ferriani; UEM; Faria, Karla Peron; ZOOTECNISTA.
O experimento teve por objetivos estimar a produção de MS, relação lâmina/colmo e o valor nutritivo de três cultivares do gênero Cynodon (Coastcross, Tifton 44 e Tifton 85) colhidos com a idade de 21, 42 e 63 dias, na primavera e no verão, 42, 63 e 84 dias, no outono e 63 e 84 dias, no inverno. Utilizou-se o delineamento experimental de parcelas subdivididas (cultivares como parcelas e idade com sub-parcela) com três repetições. Para avaliar os efeitos da idade, foi realizada análise de regressão e os modelos foram escolhidos baseados em análise de identidade. Com o aumento da idade de colheita, houve aumento (P < 0,05) na produção de matéria seca (PMS) e nos teores de fibra em detergente neutro (FDN) e fibra em detergente ácido (FDA), nas quatro...
Palavras-chave: 5.04.00.00-2 Zootecnia coastcross; Digestibilidade in vitro; Energia metabolizável; Relação lâmina/colmo; Tifton 5.04.00.00-2 Zootecnia.
Ano: 2002 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/2582
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Valor nutricional de híbridos de sorgo em diferentes estádios de maturação Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Machado,F.S.; Rodríguez,N.M.; Gonçalves,L.C.; Rodrigues,J.A.S.; Ribas,M.N.; Lobato,F.C.L.; Veiga,I.R.F.M.; Guimarães Júnior,R.; Pereira,L.G.R..
Avaliaram-se a composição bromatológica e a digestibilidade in vitro das plantas, folhas, colmos e panículas de três híbridos de sorgo (BRS 610, BR 700 e BRS 655) colhidos em três estádios de maturação (leitoso, pastoso e farináceo). O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3x3 (híbridos x estádios de maturação), sendo as médias comparadas pelo teste SNK (P<0,05). Os teores de matéria seca (MS) das plantas variaram de 25,73% a 43,96% e aumentaram com a maturidade. A concentração de proteína bruta (PB) das plantas manteve-se inalterada (P&gt;0,05) entre as idades de corte para todos os híbridos. Os teores de fibra insolúvel em detergente neutro (FDN) e fibra insolúvel em detergente ácido (FDA) das plantas não foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sorghum bicolor; Digestibilidade in vitro.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352014000100033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Valor nutritivo do bagaço de cana-de-açúcar amonizado com quatro doses de uréia PAB
Carvalho,Gleidson Giordano Pinto de; Pires,Aureliano José Vieira; Veloso,Cristina Mattos; Magalhães,Alberti Ferreira; Freire,Mario Alberto Lopes; Silva,Fabiano Ferreira da; Silva,Robério Rodrigues; Carvalho,Bruna Mara Aparecida de.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição químico-bromatológica e a digestibilidade in vitro do bagaço de cana-de-açúcar, submetido à amonização com uréia. Os tratamentos constaram de quatro doses de uréia, adicionadas ao bagaço de cana-de-açúcar, e adição de 1,2% de soja como fonte de urease. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado. O bagaço foi armazenado em silos de PVC com capacidade para 5,3 L, que foram abertos depois de 110 dias de amonização. Com a adição das doses de uréia ao bagaço, houve aumento linear nos teores de proteína bruta. Os teores de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, hemicelulose, celulose, lignina e carboidratos totais diminuíram, enquanto os teores de nitrogênio insolúvel em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Saccharum oficinarum; Amonização; Digestibilidade in vitro; Resíduo agroindustrial.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2006000100017
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional