Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação do fomesafen via água de irrigação por aspersão no controle de Euphorbia heterophylla Planta Daninha
Ruas,R.A.A.; Teixeira,M.M.; Silva,A.A.; Vieira,R.F.; Fernandes,H.C.; Reis,F.P..
A aplicação de herbicidas via água de irrigação (herbigação) por aspersão, especialmente por pivô central, vem crescendo no Brasil. O objetivo deste estudo foi investigar a eficácia de doses de fomesafen aplicado via água de irrigação por aspersão no controle de Euphorbia heterophylla. Os tratamentos foram dispostos no esquema fatorial (4 x 3 x 2) + 3, sendo quatro doses do fomesafen (60, 120, 180 e 240 g ha-1), três estádios de desenvolvimento de E. heterophylla (1, 7 e 14 dias após a emergência - DAE), dois métodos de aplicação (pulverização e herbigação) e testemunhas sem herbicida (uma para cada estádio de desenvolvimento da planta daninha). Foi empregado o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Cada unidade experimental constou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Leiteiro; Herbigação; Estádios de desenvolvimento; Inibidor de protox.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582005000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho fisiológico e sanidade de sementes de trigo submetidas a tratamentos de hidratação/desidratação Scientia Agricola
Motta,Carlos Augusto Pereira; Silva,Walter Rodrigues da.
Com o objetivo de avaliar os efeitos de tratamentos de hidratação/desidratação no desempenho fisiológico e na sanidade de sementes de trigo (Triticum aestivum L.), amostras dos cultivares "OCEPAR 7 - Batuíra" e "CEP 14 - Tapes", foram submetidas a períodos variáveis de 0 a 48 horas de hidratação, com intervalos de três horas entre si. Ao término de cada período de hidratação, as amostras foram caracterizadas quanto ao teor de água e aos estádios de desenvolvimento e, em seguida, submetidas à secagem até atingirem a umidade original. Após dois meses de armazenamento em câmara fria, as sementes foram avaliadas através de testes fisiológicos e de sanidade. Conclui-se que: períodos de hidratação superiores a 30 horas (a 20°C), seguidos de secagem, trazem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Triticum aestivum; Trigo; Sementes; Tratamento; Hidratação e desidratação; Estádios de desenvolvimento; Germinação; Vigor; Sanidade.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161999000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação do número de dias e dos graus-dia em que a iniciação da panícula (IP) antecede a diferenciação da panícula (DP) de cultivares de arroz irrigado. Repositório Alice
CARLI, C. de.; SILVA, M. R. da.; STRECK, N. A.; STEINMETZ, S.; MARCHEZAN, E..
2013
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Estádios de desenvolvimento; Fenologia; Graus - dia; Temperatura.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/979843
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doses e épocas de aplicação de nitrogênio no feijoeiro irrigado cultivado em plantio direto. Repositório Alice
MEIRA, F. de A.; SÁ, M.E. de; BUZETTI, S.; ARF, O..
O nitrogênio é o nutriente exigido em maiores quantidades pela cultura do feijão. A resposta à sua aplicação depende da dose aplicada e da época de sua aplicação. O objetivo deste trabalho foi avaliar os componentes de produção, produtividade de grãos e a qualidade fisiológica de sementes de feijão, decorrentes de diferentes doses de N (uréia) aplicadas em cobertura em três estádios da cultura. O experimento foi conduzido no sistema plantio direto. Os tratamentos foram constituídos por 0, 40, 80, 120,160, 200 e 240 kg ha-1 de N aplicados em cobertura nos estádios V4-5, R5 e R6, correspondendo, respectivamente, a 21, 32 e 38 dias após a emergência das plantas. A qualidade fisiológica de sementes foi avaliada por meio do teste de germinação e testes de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Estádios de desenvolvimento; Resíduos vegetais; Qualidade de sementes; Componentes de produção; Crop growth stages; Vegetable residues; Seed quality; Components of productivity.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/113971
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doses e épocas de aplicação de nitrogênio no feijoeiro irrigado cultivado em plantio direto PAB
Meira,Flávia de Andrade; Sá,Marco Eustáquio de; Buzetti,Salatiér; Arf,Orivaldo.
O nitrogênio é o nutriente exigido em maiores quantidades pela cultura do feijão. A resposta à sua aplicação depende da dose aplicada e da época de sua aplicação. O objetivo deste trabalho foi avaliar os componentes de produção, produtividade de grãos e a qualidade fisiológica de sementes de feijão, decorrentes de diferentes doses de N (uréia) aplicadas em cobertura em três estádios da cultura. O experimento foi conduzido no sistema plantio direto. Os tratamentos foram constituídos por 0, 40, 80, 120,160, 200 e 240 kg ha-1 de N aplicados em cobertura nos estádios V4-5, R5 e R6, correspondendo, respectivamente, a 21, 32 e 38 dias após a emergência das plantas. A qualidade fisiológica de sementes foi avaliada por meio do teste de germinação e testes de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Estádios de desenvolvimento; Resíduos vegetais; Qualidade de sementes; Componentes de produção.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2005000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Escala fenológica detalhada da fase reprodutiva de Cooffea arabica Bragantia
Morais,Heverly; Caramori,Paulo Henrique; Koguishi,Mirian Sei; Ribeiro,Ana Maria de Arruda.
Neste trabalho se propõe uma escala fenológica detalhada para identificar e caracterizar visualmente todas as fases de desenvolvimento reprodutivo do cafeeiro. O estudo foi realizado em condições de campo com a cultivar IAPAR 59, no período de maio de 2004 a maio de 2005 em Londrina, PR (23º23' S, 50º11' W, 610 m). Periodicamente, foram realizadas medições de crescimento e caracterização evolutiva da morfologia externa das gemas florais, flores e frutos dos ramos plagiotrópicos, em intervalos variados durante todo o ciclo reprodutivo. Na escala proposta, o desenvolvimento reprodutivo do cafeeiro foi dividido em quatro grandes fases: Desenvolvimento da gema floral (G), Floração (FL), Frutificação (F) e Maturação (M). As fases G e F foram subdivididas tendo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Gema floral; Floração; Frutificação; Estádios de desenvolvimento.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052008000100031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ESTÁDIOS DE DESENVOLVIMENTO DA CANA-DE-AÇÚCAR E SUAS RELAÇÕES COM A PRODUTIVIDADE Ciência Rural
Aude,Maria Isabel da Silva.
A finalidade principal da cana-de-açúcar é a produção de sacarose, que depende das condições ambientais durante o crescimento e do período de concentração de açúcar. Apresenta quatro estádios de desenvolvimento que são afetados por diversos fatores. A brotação das gemas é afetada pela dominância apical, estado nutricional do tolete, posição da gema no colmo, posição da gema no sulco, tratamento para prevenir doenças, cultivares e fatores climáticos. Logo após a brotação das gemas inicia o perfilhamento que depende principalmente dos fatores climáticos, adubação, cultivares e práticas culturais. Do final do perfilhamento ao início da acumulação de açúcar depende basicamente da idade fisiológica da planta, dos fatores climáticos e nutricionais. Ao completar...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cana-de-açúcar; Estádios de desenvolvimento; Produtividade.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781993000200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Evapotranspiration and grain yield of upland rice as affected by water deficit. Repositório Alice
GUIMARÃES, C. M.; STONE, L. F.; SILVA, A. C. de L..
To achieve an accurate phenotyping for drought tolerance, it is important to control water stress levels and timing. This study aimed to determine water use by upland rice plants during periods of irrigation withholding and its relationship with grain yield in order to increase the efficiency of this phenotyping. Two experiments were carried out in a randomized block design in which six water treatments (irrigation withholding for periods of 2, 4, 6, 8, 10 and 12 days) were compared, with four replicates. In the first experiment, treatments were applied at the R3 stage (panicle exsertion) and, in the second, at the R5 stage (beginning of grain filling). The amount of water evapotranspired was determined by the difference between the soil water storage at...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Estádios de desenvolvimento; Supressão da irrigação; Arroz; Oryza sativa; Deficiência hídrica; Irrigação; Evapotranspiração.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1042749
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Manejo de água para estabelecimento de alfafa (Medicago sativa L.) R. Bras. Zootec.
Rassini,Joaquim Bartolomeu; Leme,Edson José de Arruda.
O manejo de água para o desenvolvimento da alfafa cv. Crioula foi avaliado a campo, com a finalidade de verificar seus efeitos no estabelecimento da planta, até o 1º corte, em 1997. Para isso, verificou-se o comportamento em três estádios de desenvolvimento (E1 = início do estádio vegetativo, E2 = vegetativo pleno e E3 = reprodutivo até colheita) em quatro níveis de água (A = 100%, B = 80%, C = 45-50% e D = 20-25% de uma lâmina de irrigação por aspersão). Foram avaliados oito experimentos: 111, 110, 100, 101, 001, 011, 010, 000, em que o primeiro dígito se refere a E1; o segundo, a E2; e o terceiro, a E3. O valor 0 representa a época em que o estádio não recebeu água, coberto por uma estrututura móvel, que deslizava sobre trilhos, e também protegia contra...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estádios de desenvolvimento; Irrigação; Matéria seca; Níveis de água; Rendimento de forragem.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Melhoramento genético para tolerância ao frio em arroz irrigado Ciência Rural
Cruz,Renata Pereira da; Milach,Sandra Cristina Kothe.
O melhoramento genético para tolerância ao frio é apresentado como estratégia para enfrentar o problema de temperatura baixa no Rio Grande do Sul durante o período de cultivo do arroz irrigado. A ocorrência de temperaturas baixas em outros países é comparada com a situação no sul do Brasil. Os estádios de desenvolvimento da planta mais afetados pela temperatura baixa, as estratégias de seleção disponíveis sob condições controladas e os problemas encontrados para o melhoramento dessa característica são discutidos. Finalmente, estratégias de seleção promissoras baseadas em estudos de Fisiologia e Biotecnologia são apresentadas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Temperatura baixa; Metodologia de seleção; Estádios de desenvolvimento; Oryza sativa; Fluorescência de clorofila; Marcadores isoenzimáticos.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000500031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Potencial de rendimento da soja em razão da disponibilidade de fósforo no solo e dos espaçamentos PAB
Ventimiglia,Luis Alberto; Costa,José Antonio; Thomas,André Luís; Pires,João Leonardo Fernandes.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de grãos da soja nos estádios fenológicos R2 (florescimento), R5 (início de enchimento de grãos) e R8 (maturação). O experimento foi conduzido durante o ano agrícola 1994/95 na EEA/UFRGS, Eldorado do Sul, RS, em solo Podzólico Vermelho-Escuro (Paleudult). O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, com quatro repetições, com os tratamentos arranjados em parcelas subdivididas. Os tratamentos originaram-se da combinação de dois níveis de P no solo (3 e 15 ppm), e dois espaçamentos entre linhas (20 e 40 cm). Foi utilizada a cultivar precoce, determinada, OCEPAR 14. Na média dos tratamentos, o potencial de rendimento alcançado em R2 foi de 18 t/ha e de 10 t/ha em R5, sendo o rendimento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aborto de flores; Aborto de legumes; Estádios de desenvolvimento.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X1999000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relação da leitura do clorofilômetro com os teores de clorofila extraível e de nitrogênio na folha de milho Rev. Bras. Fisiol. Veg.
ARGENTA,GILBER; SILVA,PAULO REGIS FERREIRA DA; BORTOLINI,CLAYTON GIANI; FORSTHOFER,EVERTON LEONARDO; STRIEDER,MÉRCIO LUIZ.
Os métodos utilizados para determinar a quantidade de clorofila na folha requerem destruição de amostras de tecido e muito trabalho no processo de sua obtenção. O recente desenvolvimento do medidor portátil de clorofila, que permite leituras instantâneas do teor relativo de clorofila na folha sem destruí-la, surgiu como uma nova técnica para estimar esse parâmetro. Com os objetivos de avaliar a relação entre leitura do clorofilômetro com os teores de clorofila extraível e de nitrogênio na folha em três estádios de desenvolvimento da planta de milho e de validar o uso do equipamento como parâmetro para estimar o teor relativo de clorofila na folha, conduziu-se um experimento no município de Eldorado do Sul, na região fisiográfica da Depressão Central do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Zea mays; Leitura SPAD; Estádios de desenvolvimento.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-31312001000200005
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional