Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Métodos de propagação do porta-enxerto 'Okinawa' e espaçamentos: efeitos no diâmetro do tronco, fenologia e produção de gemas em pessegueiros 'Aurora-1' Rev. Bras. Frutic.
Mayer,Newton Alex; Pereira,Fernando Mendes.
O presente trabalho teve por objetivo estudar o diâmetro do tronco, a fenologia e a produção de gemas em pessegueiros 'Aurora-1', enxertados no porta-enxerto 'Okinawa' propagado por sementes e por estacas herbáceas, em três espaçamentos (6 x 2 m, 6 x 3 m e 6 x 4 m). No 2º e 3º anos após o plantio das mudas (2005 e 2006, respectivamente), foram estudadas 13 variáveis na cultivar-copa 'Aurora-1', além de sete avaliações trimestrais de diâmetro do tronco, mensuradas a 5 cm acima e abaixo do ponto de enxertia. Nas condições experimentais adotadas, conclui-se que: a) o diâmetro do tronco de pessegueiros 'Aurora-1' não é influenciado pelo método de propagação do porta-enxerto 'Okinawa' nem pelos diferentes espaçamentos entre plantas; b) não há diferença de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Seedling; Estaca herbácea; Alta densidade.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000200052
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade de pessegueiros 'Aurora-1' em diferentes espaçamentos e métodos de propagação do porta-enxerto 'Okinawa' Bragantia
Mayer,Newton Alex; Pereira,Fernando Mendes.
O presente trabalho teve por objetivo estudar a influência de diferentes espaçamentos entre plantas (6x2 m, 6x3 m e 6x4 m) e de métodos de propagação do porta-enxerto 'Okinawa' (sementes e estacas herbáceas) em variáveis relativas à produção da cultivar Aurora-1 de pessegueiro. O experimento foi desenvolvido em condições de campo, no município de Vista Alegre do Alto (SP), adotando-se as tecnologias recomendadas para a cultura do pessegueiro na região, e as avaliações foram realizadas no segundo e no terceiro ano após o plantio das mudas. Nas condições experimentais adotadas, pode-se concluir que o método de propagação do porta-enxerto 'Okinawa' não interfere em nenhuma das características vegetativas e produtivas da cv. Aurora-1, nas duas safras...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Prunus persica; Adensamento; Semente; Estaca herbácea.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052012000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação de porta-enxerto de Prunus spp. por estaquia: efeito do genótipo, do estádio de desenvolvimento do ramo e tipo de estaca¹. Repositório Alice
ROSA, G. G. da.; ZANANDREA, I.; MAYER, N. A.; BIANCHI, V. J..
bitstream/item/165775/1/Alex-estaquia-genotipo-tipoestaca-2017.pdf
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Prunus cerasifera Ehrh; Prunus persica L; Bastsch; Insititia L; Domestica L; Enraizamento; Estaca herbácea; Estaca semilenhosa.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1078431
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação vegetativa de clones de umezeiro. Infoteca-e
MAYER, N. A.; ANTUNES, L. E. C.; PEREIRA, F. M..
bitstream/item/30468/1/boletim-82.pdf
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Estaca herbácea; Porta-enxerto; Umê; Prunus mume Sieb.; Reprodução Vegetal..
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/747529
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de fertilizante e tempo de permanência de mudas de batata-doce produzidas em bandejas Repositório Alice
RÓS, A.B; ARAÚJO, H.S de; NARITA, N; FILHO, J.T.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas de batata-doce em bandejas de poliestireno, com utilização de fertilizante de liberação lenta, e estabelecer o tempo adequado de permanência dessas mudas nas bandejas. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 5x5, com cinco doses do fertilizante de liberação lenta osmocote NPK 15-09-12 (0, 50, 100, 150 e 200 g por 25 kg de substrato) e cinco tempos de permanência nas bandejas (14, 28, 42, 56 e 70 dias após o plantio, DAP). Foram avaliados o número de raízes e de folhas e suas respectivas massas de matéria seca. Além disso, avaliou-se a integridade dos torrões em função do tempo de permanência das mudas nas bandejas, em experimento sem adição de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Ipomoea batatas; Enraizamento; Estaca herbácea; Miniestaca; Multiplicação; Substrato. rooting; Herbaceous cutting; Mini.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/908393
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de fertilizante e tempo de permanência de mudas de batata-doce produzidas em bandejas PAB
Rós,Amarílis Beraldo; Araújo,Humberto Sampaio de; Narita,Nobuyoshi; Tavares Filho,João.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas de batata-doce em bandejas de poliestireno, com utilização de fertilizante de liberação lenta, e estabelecer o tempo adequado de permanência dessas mudas nas bandejas. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 5x5, com cinco doses do fertilizante de liberação lenta osmocote NPK 15-09-12 (0, 50, 100, 150 e 200 g por 25 kg de substrato) e cinco tempos de permanência nas bandejas (14, 28, 42, 56 e 70 dias após o plantio, DAP). Foram avaliados o número de raízes e de folhas e suas respectivas massas de matéria seca. Além disso, avaliou-se a integridade dos torrões em função do tempo de permanência das mudas nas bandejas, em experimento sem adição de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ipomoea batatas; Enraizamento; Estaca herbácea; Miniestaca; Multiplicação; Substrato.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2011000800009
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional