Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 55
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A germinação de urediniosporos de Hemileia vastatrix é alterada pela radiação UV-B. Repositório Alice
LAZZARETTI, G. S.; REZENDE, L. C.; HECK, D. W.; BETTIOL, W..
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Urediniosporos; Etiologia; Hemileia vastatrix; Ultraviolet radiation.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1004549
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Antracnose foliar do sorgo. Infoteca-e
COSTA, R. V. da; SILVA, D. D. da; COTA, L. V..
2013
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Sorghum bicolor; Doença de planta; Doença fungica; Sintoma; Etiologia; Epidemiologia; Plant diseases and disorders; Fungal diseases of plants; Signs and symptoms; Etiology; Epidemiology.
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/975579
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de tipos de sintomas da gomose da acácia-negra (Acacia mearnsii) no Sul do Brasil. Repositório Alice
SANTOS, A. F. dos; AUER, C. G.; GRIGOLETTI JUNIOR, A..
A gomose é um dos principais problemas fitossanitários da acácia-negra. Essa doença provoca lesões necróticas no tronco, sendo que o sintoma mais 0característico é uma abundante exsudação gomosa. Como o tronco da acácia-negra exsuda goma, seja por causa biótica ou abiótica, essa característica é facilmente confundida com sintomas causados por injúrias ou desordens fisiológicas da planta. Neste trabalho são apresentadas as descrições de tipos de sinto mas freqüentemente associados à gomose de Phytophthora, visando uma melhor definição de seu quadro sintomatológico.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Etiologia; Phytophthora sp; Etiology; Acacia negra; Acacia mearnsii.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/282191
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de ataque de Supputius cincticeps (Het.: Pentatomidae) em Spodoptera frugiperda (Lep.: Noctuidae), Thyrinteina arnobia (Lep.: Geometridae) e tenebrio molitor (Col. Tenebrionidae). Repositório Alice
SILVA, R. B.; CORRÊA, A. S.; FERREIRA, A. da S.; DELLA LUCIA, T. M. C.; CAMPOS, O. C.; CRUZ, I.; ZANUNCIO, J. C..
2008
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Presa alternativa; Controle biologico; Etiologia; Heteroptera predador; Lagarta-do-cartucho.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/491251
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento micelial e esporulação de isolados de Phytophthora sp. patogênicos à acácia-negra. Repositório Alice
ABDANUR, A.; SANTOS, A. F. dos; TRATCH, R..
Avaliou-se o crescimento micelial e a esporulação de sete isolados de Phytophthora de acácia-negra ( Acacia mearnsii ), sob diferentes condições. Observou-se maior crescimento micelial nos meios cenoura-ágar e V-8, entre 20ºC e 28 o C. A 12 o C o crescimento foi mínimo e a 36 o C não houve crescimento. Os isolados em estudo apresentaram poucas variações quanto ao aspecto das colônias. A esporulação ocorreu na presença de meio líquido (solução de KNO 3 e água destilada esterilizada) e luz contínua. Os isolados de Phytophthora apresentaram esporângios papilados, ovóides e persistentes. Todos os isolados foram patogênicos à acácia-negra.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Acacia negra; Acacia mearnsii; Gomose; Etiologia; Doença do tronco.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/300348
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento micelial e esporulação de isolados de Phytophthora sp. patogênicos à acácia-negra PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Abdanur, Adriano; Santos, Alvaro Figueredo dos; Tratch, Renato.
Avaliou-se o crescimento micelial e a esporulação de sete isolados de Phytophthora de acácia-negra (Acacia mearnsii), sob diferentes condições. Observou-se maior crescimento micelial nos meios cenoura-ágar e V-8, entre 20ºC e 28ºC. A 12ºC o crescimento foi mínimo e a 36ºC não houve crescimento. Os isolados em estudo apresentaram poucas variações quanto ao aspecto das colônias. A esporulação ocorreu na presença de meio líquido (solução de KNO3 e água destilada esterilizada) e luz contínua. Os isolados de Phytophthora apresentaram esporângios papilados, ovóides e persistentes. Todos os isolados foram patogênicos à acácia-negra.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gomose; Etiologia; Doença de tronco; Acacia mearnsii Gummosis; Etiology; Stem disease; Acacia mearnsii.
Ano: 2003 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/1606
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doencas em Pinus no Brasil. Repositório Alice
AUER, C. G..
2000
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle; Doencas; Etiologia; Control; Diseases; Etiology; Pinus.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/289818
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doenças que ameaçam a fruticultura brasileira. Repositório Alice
LIMA, M. F..
Curso Sobre Pragas Quarentenárias. 1. Perdas significativas na produtividade; 2. redução da qualidade dos frutos; 3. interferência na vida útil das plantas; 4. Elevação dos custos de produção. Controle de doenças de plantas: eficiente
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle da praga; Praga quarentenária; Manejo de praga; Fruticultura; Doença; Praga; Etiologia; Fruit; Disease.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/157909
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doenças que incidem sobre a seringueira em Minas Gerais. Repositório Alice
ZAMBOLIM, L.; JUNQUEIRA, N.T.V.; CHAVES, G.M..
Este artigo trata somente das doencas que estao incidindo sobre as plantas nas diversas regioes do Estado de Minas Gerais, onde a cultura esta sendo implantada, advertindo-se sobre os possiveis problemas fitossanitarios que a cultura ja enfrenta e que poderao agravar-se pelo desconhecimento de suas causas.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Seringueira; Hevea; Especie; Doenca; Folha; Fungo; Mal-das-folhas; Microcyclus ulei; Antracnose; Colletotrichum gloeosporioides; Mancha-concentrica; Periconia manihoticola; Podridao-do-caule; Glomerella cingulata; Etiologia; Sintomatologia; Epidemiologia; Controle; Brasil; Minas Gerais; Rubber tree; Species; Leaves; Fungal diseases; South American leaf blight; SALB; Aetiology; Epidemiology; Control.
Ano: 1985 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/667281
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da interação umidade x estádio fenológico de frutos sobre a antracnose de pimenta vermelha inoculada com Colletotrichum acutatum. Repositório Alice
SANTIAGO, M. F.; PAULA, G. F.; UENO, B..
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Capsicum baccatum var; Pendulum; Etiologia; Infecção; Favorabilidade.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/993974
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enfermidades da seringueira no Brasil. Infoteca-e
GASPAROTTO, L.; FERREIRA, F. A.; LIMA, M. I. P. M.; PEREIRA, J. C. R.; SANTOS, A. F. dos..
Doenças das folhas: mal-das-folhas, requeima e queda anormal das folhas, mancha areolada, antracnose, crosta negra, mancha de Corynespora, mancha concentrica, oidio, queima-do-fio, mancha de alga. Doencas do caule: cancro estriado e cancro do tronco, mofo cinzento, rubelose, secamento do painel, morte descendente, cancro do enxerto, podridao da casca, escaldadura do caule, ferimentos mecanicos no caule, tumores. Doencas de raizes: podridao de raizes. Aplicacao de fungicidas.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Seringueira; Hevea; Especie; Doença; Fungo; Alga; Folha; Caule; Painel; Raiz; Etiologia; Epidemiologia; Sintoma; Diagnostico; Controle quimico; Brasil; Amazonas.
Ano: 1990 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/665212
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Erwinia chrysanthemi: pectolytic bacterium causing soft rot outbreaks of arracacha in Brazil. Repositório Alice
HENZ, G.P.; REIFSCHNEIDER, F.J.B.; DUARTE, V..
The objetive of this work was to identify the pectolytic bacteria associated with soft rot of arracacha roots in Brazil. From 1998 to 2001, 227 isolates of Erwinia spp. were obtained from arracacha roots and identified by biochemical and physiological tests (pectolytic activity, lecithinase, ?-methyl glucoside, phosphatase, erythromycin sensivity, growth at 37oC). Of these isolates, 89.9% were identified as E. chrysanthemi (Ech), 9.7% as E. carotovora subsp. carotovora (Ecc) and 0.5% as E. carotovora subsp. atroseptica. The identity of seventeen out of twenty representative isolates of Ech and Ecc was confirmed by PCR (primers '149f', 'L1r', 'ADE1', 'ADE2').
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Arracacia xanthorrhiza; Pectobacterium; Peruvian carrot; Disease; Etiology; Batata-baroa; Podridão-mole; Etiologia.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/122459
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Espécies de Phytophthora associadas à gomose em pomares de citros no Estado do Paraná, Brasil. Repositório Alice
CAIXETA, M. P.; NUNES, W. M. de C.; SANTOS, A. F. dos; TESSMANN, D. J.; VIDA, J. B..
A gomose dos citros é considerada uma doença de grande importância para a citricultura no Brasil e em nível mundial. A etiologia desta doença compreende um complexo de espécies de Phytophthora. Embora importante, pouco se conhece sobre a gomose nas regiões produtoras de citros no Estado do Paraná. Por isso, este trabalho teve como objetivo identificar espécies de Phytophthora associadas à gomose em pomares de citros no Paraná. Nas regiões Norte, Noroeste e Vale do Ribeira foram retiradas amostras de raízes de plantas com sintomas de gomose e também de solo da rizosfera. Em laboratório, empregando pêra cv. D?anjou como isca e meio de cultivo batata-dextrose-ágar, foram obtidos 21 isolados de Phytophthora spp. Todos os isolados infectaram mudas de limão...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Phytophthora nicotianae; Phytophthora citrophthora; Citrus; Gomose; Fungo; Citro; Citricultura; Etiologia; Doença de planta; Etiology; Plant disease.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/975350
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia da mancha bacteriana do eucalipto no Brasil. Repositório Alice
GONCALVES, R. C..
Etiologia da mancha bacteriana do eucalipto no Brasil; sintomatologia; Isolamento e características das colônias; Patogenicidade; Identificação de bactérias ao nível de gênero; Utilização de fontes de carbona no sistema microlog tmBIOLOG; análise filogenética de DNA 16S; Gama de hospedeiros de Xanthomonas axonopodis pv. eucalipti isolada de manchas foliares de eucalipto; Escala diagramática para a mancha bacteriana do eucalipto; coleta de amostras; obtenção e processamento de imagens; Determinação dos níveis de severidade e obtenção da escala diagramática; Estimativa da severidade da mancha bacteriana do eucalipto por meio de ewscala diagramática
Tipo: Tese/dissertação (ALICE) Palavras-chave: Etiologia; Mancha bacteriana; Mancha foliar; Eucalipto; Brasil.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/498359
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia da mancha foliar bacteriana do eucalipto no Brasil. Repositório Alice
GONCALVES, R. C..
A área plantada com eucalipto no mundo é cerca de 17.861.000 ha (FAO, 2000). No Brasil, plantações de eucalipto (Eucalyptus spp. L'Her. e Corymbia spp. Hill & Johnson) acupam, aproximadamente, 3 milhões de ha, sendo que o setor de base florestal brasileiro representou 4% do PIB nacional.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Doença de planta; Fungo; Mancha foliar; Etiologia; Eucalipto; Eucalyptus spp; Plant diseases and disorders; Fungi; Leaf spot; Etiology; Enfermedades y desórdenes de las plantas; Etiología.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/506198
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia da mastite clínica em ovinos da raça santa inês em rebanho no município de Sobral-CE: estudo piloto. Repositório Alice
ALVES, F. S. F.; SANTIAGO, L. B.; ÁVILA, A. A.; MAGALHÃES JÚNIOR, F. E. M.; SOUSA, F. G. C. de; PINHEIRO, R. R.; OLIVEIRA, E. L. de.
A mastite vem se tornando um entrave na ovinocultura de corte, devido aos prejuízos econômicos que acarreta na limitação da produção de cordeiros, custos com tratamento e segregação de animais causada pela perda da glândula mamária. Entretanto, a literatura referente à etiologia da mastite ovina no Brasil é escassa. O objetivo deste estudo piloto baseia-se na identificação dos principais agentes causadores da mastite clínica e da população microbiana da superfície externa do teto de ovinos Santa Inês. Para tanto, foram selecionadas oito fêmeas recém-paridas, com suspeita de mastite clínica, provenientes de um rebanho de 106 animais da EMBRAPA Caprinos. Para confirmação do diagnóstico foram realizados o teste da caneca telada, California Mastitis Test (CMT)...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ovino; Raça Santa Inês; Doença animal; Mastite; Diagnóstico; Etiologia; Staphylococcus spp; Exame microbiologico; Microbiologia; Brasil; Ceará; Sobral.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/533871
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia de algumas doenças de bezerros de corte no Estado de Mato Grosso do Sul. Infoteca-e
MADRUGA, C. R.; GOMES, R.; SCHENK, M. A. M.; KESSLER, R. H.; GRATÃO, G.; GALES, M. E.; SCHENK, J. A. P.; ANDREASI, M.; BIANCHIN, I..
Foi realizado um levantamento de algumas doenças de bezerros de corte do nascimento ao desmame criados extensivamente na região de Campo Grande, Estado de Mato Grosso do Sul. Foi observado índice médio de mortalidade de 5,9% e o de morbidade de 26,8%. Os maiores índices de mortalidade ocorreram em fazendas com vacas positivas ao teste sorológico para o diagnóstico da brucelose.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Bovino de corte; Bezerro; Doença; Sanidade; Etiologia; América do Sul; Brasil; Mato Grosso do Sul; Beef cattle; Calf; Disease; Health; Oetiology; South America; Brazil.
Ano: 1984 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/319326
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia de problemas respiratórios em suínos enviados ao CEDISA para diagnóstico no ano de 2010. Repositório Alice
MORES, M. A. Z.; KUCHIISHI, S. S.; ASCOLI, K. R.; MORES, N..
2011
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Suinocultura; Sanidade; Pneumonia; Etiologia.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/915289
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia e prevalência da mastite de origem bacteriana em animais livres e portadores de Artrite-encefalite caprina. Repositório Alice
SANTIAGO, L. B.; BRITO, R. L. de; SANTOS, W. W. S. dos; RODRIGUES, A. de S.; ANDRIOLI, A.; ALVES, F. S. F.; PINHEIRO, R. R..
A manifestação clínica na glândula mamária da Artrite-Encefalite Caprina (CAE) é freqüente e tem grande significado econômico na caprinocultura ao comprometer a produção leiteira e predispor a glândula mamária a infecções secundárias. Objetivou-se com este estudo determinar a prevalência e isolar e identificar os microrganismos causadores de mastite em animais livres e portadores de CAE. Foram utilizadas 44 cabras mestiças Saanen x Anglo-Nubiana, sendo 19 positivas para a CAE e 25 livres da enfermidade. As amostras de leite para o microbiológico foram coletadas de cada teto, durante sete meses, plaqueadas em Ágar Sangue e mantidas sob incubação a 37°C por 48h, totalizando 588 amostras. As colônias foram caracterizadas macro e microscopicamente....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Caprino; Doença animal; Mastite; Artrite encefalite caprina; CAE; Prevalência; Etiologia; Exame microbiológico; Microbiologia; Glândula mamária; Retrovírus.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/533899
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etiologia e prevalência da mastite de origem bacteriana em animais livres e portadores de Artrite-encefalite caprina. Repositório Alice
SANTIAGO, L. B.; BRITO, R. L. L. de; SANTOS, V. W. S. dos; RODRIGUES, A. de S.; ANDRIOLI, A.; ALVES, F. S. F.; PINHEIRO, R. R..
Resumo: A manifestação clínica na glândula mamária da Artrite-Encefalite Caprina (CAE) é freqüente e tem grande significado econômico na caprinocultura ao comprometer a produção leiteira e predispor a glândula mamária a infecções secundárias. Objetivou-se com este estudo determinar a prevalência e isolar e identificar os microrganismos causadores de mastite em animais livres e portadores de CAE. Foram utilizadas 44 cabras mestiças Saanen x Anglo-Nubiana, sendo 19 positivas para a CAE e 25 livres da enfermidade. As amostras de leite para o microbiológico foram coletadas de cada teto, durante sete meses, plaqueadas em Ágar Sangue e mantidas sob incubação a 37°C por 48h, totalizando 588 amostras. As colônias foram caracterizadas macro e microscopicamente....
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Artrite-encefalite caprina; Exame microbiológico; Retrovírus; Caprino; Doença animal; Vírus; Microrganismo; Glândula mamária; Etiologia; Mamite; Goats; Caprine arthritis encephalit virus; Microbiological analysis; Mammary gland diseases; Microorganisms; Aetiology; Mastitis.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1000642
Registros recuperados: 55
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional