Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização nutricional de grãos integrais e descascados de cultivares de cevada PAB
Mayer,Elveni Teresinha; Fuke,Gitane; Nörnberg,José Laerte; Minella,Euclydes.
O objetivo deste trabalho foi determinar a composição de nutrientes de grãos de diferentes cultivares de cevada, na forma integral e descascada, e classificá-los em grupos com características nutricionais distintas. Foram utilizadas amostras de 17 cultivares, da Embrapa Trigo, Passo Fundo, RS, da safra de 2005. As determinações químicas foram realizadas de acordo com os métodos de análise oficial da AOAC Internacional. Foram observadas diferenças significativas entre grãos integrais de cultivares para proteína bruta, cinzas, extrato etéreo, fibra total e carboidratos não-fibrosos, porém, os teores de fibra insolúvel e fibra solúvel não diferiram. Em grãos descascados, foram observadas diferenças em todos os parâmetros analisados. Com exceção da fração de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hordeum vulgare; Fibra alimentar; Fibra insolúvel; Fibra solúvel; Proteína bruta.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2007001100016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição centesimal e teor de beta-glucanas em cereais e derivados Ciênc. Tecnol. Aliment.
Fujita,Alexandre H.; Figueroa,María O. R..
Foi utilizado o método enzimático recomendado pela AOAC para determinação de beta-glucanas em cereais e alimentos que os contém. O método, utiliza liquenase (EC 3.2.1.73) e beta-glucosidase (EC 3.2.1.21) para hidrólise debeta-glucanas, é rápido, fácil de executar e específico para beta-glucanas com ligações beta(1->3) e beta(1->4). As sementes analisadas foram subministradas pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC) e os alimentos adquiridos nos supermercados. Aveia e cevada são os grãos com maior conteúdo de beta-glucanas. Na aveia os teores determinados foram 6,48 e 5,94%. Nos 10 cultivares de cevada os teores de beta-glucanas oscilaram entre 2,04 e 9,68%. Trigo e triticale apresentaram teores de b-glucanas menores que 1%. Nos produtos comerciais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Beta-glicanas; Cereais; Aveia; Cevada; Composição; Fibra solúvel; Alimentos ou ingredientes funcionais.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo e digestibilidade em bovinos em pastejo durante o período das águas sob suplementação com fontes de compostos nitrogenados e de carboidratos R. Bras. Zootec.
Costa,Viviane Aparecida Carli; Detmann,Edenio; Paulino,Mário Fonseca; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Carvalho,Isabela Pena Carvalho de; Monteiro,Luana Pereira.
Objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes formas químicas de compostos nitrogenados (proteicos e não-proteicos) e de carboidratos (amiláceos e fibra solúvel) sobre o consumo, a digestibilidade e a síntese ruminal de proteína microbiana em bovinos sob suplementação durante o período das águas. Foram utilizados cinco novilhos mestiços Holandês × Zebu, com peso vivo (PV) médio inicial de 211 ± 35 kg, fistulados no rúmen e abomaso. Os tratamentos foram: controle (somente pasto); e suplementos formulados à base de milho + farelo de soja; milho + ureia; polpa cítrica + farelo de soja; e polpa cítrica + ureia. Os suplementos foram balanceados para apresentar 30% de proteína bruta (PB), com base na matéria seca (MS), e fornecidos na quantidade de 3 g/kg PV. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amido; Fibra solúvel; Suplementação proteico-energética; Ureia.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982011000800024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho e rendimento de carcaça de frangos de corte alimentados com pectina na ração Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,V.K.; Morita,V.S.; Boleli,I.C..
Avaliou-se o efeito da ingestão contínua de pectina em 720 frangos de corte sobre o desempenho e rendimento de carcaça e o consumo de água. O delineamento foi inteiramente ao acaso, em esquema de parcela subdividida, com níveis de pectina 0, 1, 3 e 5%, e idade primeira, segunda, terceira, quarta, quinta e sexta semanas, com seis repetições por tratamento. A viabilidade criatória não foi influenciada pela pectina na ração. O peso vivo, o consumo de ração e o ganho de peso diminuíram, e a conversão alimentar aumentou com a ingestão de pectina aos 35 e 42 dias. Não houve efeito da pectina sobre o consumo de ração (CR) e o consumo de água (CAg) na terceira semana. Na sexta semana, o CAg e a relação CAg:CR aumentaram com a ingestão de pectina. Aos 35e 42 dias,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Frango; Aditivo; Carcaça; Consumo de água; Fibra solúvel.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352012000400031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fracionamento dos carboidratos pelas equações do Cornell Net Carbohydrate and Protein System de três cultivares de girassol na presença ou não de irrigação R. Bras. Zootec.
Queiroz,Mário Adriano Ávila; Fukushima,Romualdo Shigueo; Gomide,Catarina Abdalla.
Objetivou-se quantificar as frações de carboidratos pelas equações do Cornell Net Carbohydrate and Protein System (CNCPS) de três cultivares de girassol (Helianthus annuus L.) cultivados na presença ou não de irrigação. A utilização de uma preparação fibrosa, denominada parede celular (PC), nas equações da CNCPS, em substituição à fibra em detergente neutro (FDN) não promoveu diferenças nas frações de carboidratos B1 e C, mas influenciou as frações A e B2. Como os valores da fração B1, obtidos pelo modelo CNCPS foram menores que os teores de amido e pectina determinados em laboratório, supõe-se que a pectina e outros oligossacarídeos da parede celular, solubilizados pela solução de detergente neutro (fibra solúvel), nunca fizeram parte da fração B1, e sim...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amido; Fibra solúvel; Lignina; Pectina.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008001200025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Procedimento operacional padrão para determinação de fibras solúvel e insolúvel. Infoteca-e
FREITAS, S. C. de; SILVA, T. dos S.; CARVALHO, P. G. B. de; TUPINAMBA, D. D.; KOAKUZU, S. N.; CARVALHO, A. V.; MOURA, C. F. H..
bitstream/item/97331/1/2008-DOC-0094-2.pdf
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Fibra solúvel; Fibra insolúvel.
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/416714
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uso de psyllium para controle de constipação em cães Ciência Rural
Tortola,Letícia; Brunetto,Márcio Antonio; Zaine,Leandro; Vasconcellos,Ricardo Souza; Oliveira,Michele Cristina de Camargo; Nogueira,Sandra Prudente; Carciofi,Aulus Cavalieri.
psyllium (Plantago psyllium) é um vegetal comumente utilizado como adjuvante no tratamento de afecções que resultam em constipação. Com o objetivo de melhor compreender os efeitos dessa fibra em cães, foram realizados dois experimentos. O primeiro avaliou, em cães sadios, inclusões de 0%, 2% e 4% de semente integral moída de psyllium à dieta (com base na matéria natural). Para tanto, foram empregados oito cães da raça Beagles adultos, os quais receberam as dietas experimentais por oito dias. Verificou-se aumento linear da umidade das fezes com a adição de teores crescentes de psyllium (R²=0,54 e P=0,0012), sem alteração do escore fecal e número de defecações por dia. O segundo experimento incluiu avaliação da opinião de 24 proprietários cujos cães...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plantago psyllium; Cão; Defecação; Fibra solúvel; Fezes.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000900041
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional