Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 146
Primeira ... 12345678 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A família Bignoniaceae na APA de Maricá, Rio de Janeiro, Brasil Acta Botanica
Rizzini,Cecilia Maria; Agarez,Fernando Vieira; Andrade,Luis Henrique C. de; Azevedo,Andrea P. de.
São estudadas as espécies da família Bignoniaceae que ocorrem na Restinga de Maricá, cuja flora se encontra ameaçada devido a diversas interferências que vêm alterando sua composição florística e vegetacional. A família está representada nesta área por sete gêneros e onze espécies, das quais seis são ocorrências novas para o local. O trabalho inclui a descrição da área de estudo em seus distintos gradientes, chaves analíticas para gêneros e espécies, descrições resumidas para as espécies, denominação popular, distribuição geográfica, material examinado e observações taxonômicas e de campo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bignoniaceae; Restinga de Maricá; Florística.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061997000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A família Euphorbiaceae nas caatingas arenosas do médio rio São Francisco, BA, Brasil Acta Botanica
Sátiro,Larissa Nascimento; Roque,Nádia.
Euphorbiaceae é uma das famílias mais representativas da caatinga, particularmente nas áreas sobre dunas arenosas do médio rio São Francisco, no Estado da Bahia, Brasil. O levantamento das espécies de Euphorbiaceae nessa formação foi efetuado com base em coletas realizadas na região e materiais de herbário. A família está representada nas áreas estudadas por 20 espécies, distribuídas nos seguintes gêneros: Alchornea Swartz (uma espécie); Chamaesyce S.F. Gray (3); Cnidoscolus Pohl (4); Croton L. (4); Dalechampia L. (1); Jatropha L. (3); Manihot Miller (2); Sapium P. Browne (1) e Tragia L. (1). Chamaesyce alsinifolia (Boiss.) Sátiro, C. chamaeclada (Ule) Sátiro, Croton paludosus Mull. Arg., Manihot catingae Ule e M. heptaphylla Ule são endêmicas do Estado da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Euphorbiaceae; Dunas arenosas; Médio rio São Francisco; Florística.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000100013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Algas planctônicas de um lago artificial do Jardim Botânico Chico Mendes, Goiânia, Goiás: florística e algumas considerações ecológicas BJB
NOGUEIRA,I. de S.; LEANDRO-RODRIGUES,N. C..
Este trabalho visa estudar a composição e fazer algumas considerações ecológicas das algas planctônicas que ocorrem em um dos lagos artificiais do Jardim Botânico Chico Mendes, Goiânia, Goiás, enfocando a florística e aspectos ecológicos entre períodos de seca, início de chuva e período chuvoso, juntamente com alguns parâmetros abióticos (pH, oxigênio - dissolvido e saturado - temperatura do ar e da água, nitratos, nitritos, alcalinidade, cloretos, turbidez, DBO e precipitação). Foram reconhecidos 77 táxons, distribuídos em 9 classes, destes 68,7% foram registrados como sendo primeira ocorrência para o estado e Chlorophyceae, a classe mais representativa. Durante o período chuvoso observou-se maior riqueza específica, com 11 táxons abundantes. No entanto,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fitoplâncton; Florística; Aspectos ecológicos; Lago artificial.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71081999000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anais... Infoteca-e
SEMINÁRIO DE PESQUISAS DA FLORESTA NACIONAL DE TRÊS BARRAS, 2., 2015, Três Barras..
2015
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ecologia; Desenvolvimento sustentável; Etnobotânica; Fauna; Florística; Silvicultura; Manejo; Integração lavoura-pecuária-floresta; Preservação da natureza; Recurso floresta; Santa Catarina.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1023166
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da degradação da caatinga no núcleo de desertificação do Seridó (RN/PB) AGRIAMBI
Costa,Thomaz C. e C. da; Oliveira,Maria A. J. de; Accioly,Luciano J. de O.; Silva,Flávio H. B. B. da.
A condição de aridez associada à pressão antrópica resulta em áreas de degradação extrema, conhecidas como núcleos de desertificação. No núcleo do Seridó a antropização é caracterizada por queimadas, cultivo do algodão no passado, pastoreio e exploração de lenha, que alteraram a composição florística e a estrutura da vegetação potencial. Com este estudo se objetivou identificar níveis de degradação na caatinga arbóreo-arbustiva do Seridó, por meio de técnicas multivariadas que envolveram variáveis do ambiente físico, da florística, fitofisionomia e diversidade da vegetação. O inventário florístico e fitossociológico foi realizado em 16 fragmentos, pelo método Ponto-Quadrante, com a inclusão de plantas com diâmetros no nível do solo 1 cm e altura ≥ 1 m,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Florística; Fitossociologia; Biodiversidade; Análise multivariada.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662009000700020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da estrutura de comunidades arbóreas de uma floresta amazônica de Terra Firme aplicada ao manejo florestal Acta Amazonica
Alves,João Carlos Zenaide Oliveira; Miranda,Izildinha de Souza.
Este trabalho teve o objetivo de identificar e descrever a estrutura das comunidades arbóreas de uma floresta de terra firme sob regime de manejo na Amazônia Oriental, localizada no município de Almeirim, Pará, Brasil. O levantamento florístico foi realizado em 1.400,30 ha de uma Unidade de Produção Anual (UPA), do Plano de Manejo Florestal da empresa ORSA Florestal. Todos os indivíduos com DAP > 30 cm foram inventariados, registrando-se 77.834 árvores distribuídas em 57 famílias, 229 gêneros e 556 espécies. Oito comunidades foram identificadas por meio de uma analise de agrupamento, apresentando alta diversidade e equibilidade florística (H" médio = 4,25 e J" médio = 0,75). As comunidades apresentaram 138 espécies comuns, 119 espécies de ocorrência...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Análise de agrupamento; Amazônia; Diversidade; Florística.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672008000400008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da vegetação de floresta pluvial tropical de terra firme, pelo método dos quadrantes: Serra Norte, Carajás, PA Acta Botanica
Salomão,Rafael de Paiva; Rosa,Nelson de Araújo.
Aplicou-se o Método dos Quadrantes em uma floresta densa sobre mina de arenito em Serra Norte, PA. Foram amostrados todos os indivíduos vivos ou mortos com DAP > 10 cm (um indivíduo por quadrante). Trinta e oito famílias, 85 gêneros e 110 espécies foram registrados nos 104 pontos (ou 416 indivíduos) amostrados. Sapotaceae (40,90), Leguminosae sensu latu (26,76) e Rutaceae (25,82) foram as famílias que apresentaram maior índice de valor de importância - VIF - (13,63%, 8,9% e 8,61% respectivamente). Erisma uncinatum Warm. (15,86) foi a espécie que apresentou maior índice de importância (IVI), as árvores mortas apresentaram o 2o. maior índice: 14,07. A densidade por área (DTA) calculada foi de 1065 indivíduos/ha. A área basal encontrada foi de 28,9057m²...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta pluvial tropical; Método dos quadrantes; Florística; Estrutura; Fitos-sociologia.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061988000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise fitossociológica de um remanescente de vegetação na microbacia do Córrego Criminoso (Bacia do Rio Taquari, Coxim, MS, Brasil): subsídios para a recomposição da vegetação Acta Botanica
Güntzel,Adriana Maria; Dias,Nara Rocha; Coertjens,Charles Michel; Silva,Geovane Cândido da; Vieira,Evandro Alves.
O objetivo deste estudo foi realizar a análise florística e fitossociológica preliminar em um remanescente de vegetação na área de entorno do Córrego Criminoso, visando subsidiar futuros projetos de recomposição da vegetação. A área total do remanescente foi determinada com o auxílio de GPS e dos programas Pathfinder e Autocad. Amostragens de indivíduos com CAP maior ou igual a 20 cm foram realizadas em 20 parcelas de 300 m² distribuídas na área. Foram encontradas 26 famílias botânicas contendo 36 gêneros e 49 espécies. A família Leguminosae foi a mais rica em espécies, seguida da família Annonaceae. A espécie Xylopia aromatica foi a mais freqüente, apresentando valores de IVI e IVC de 99,77 e 85,73, respectivamente. Observou-se que mais de 50% das...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Área degradada; Cerrado; Florística; Mata ciliar; Nascentes.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise florística e estrutural da vegetação lenhosa do rio Comemoração, Pimenta Bueno, Rondônia, Brasil Acta Amazonica
MIRANDA,Izildinha S..
Estudou-se a composição florística e estrutura da vegetação da região do Rio Comemoração, em Pimenta Bueno, Rondônia. O levantamento estrutural foi realizado em dez transectos distribuídos em floresta de terra firme (3), mata ciliar (5) e mata alagada (2). Utilizou-se o método Ponto Quadrante, com 50 pontos distantes 10 m entre si em cada transecto. Em cada ponto foram inventariadas quatro plantas com o limite mínimo de 10 cm de CAP. Todas as comunidades estudadas mostraram distribuição de circunferência exponencial negativa. A riqueza de espécies e diversidade foram maiores nas florestas de terra firme; as matas ciliares apresentam em média as maiores áreas basais; as matas alagadas apresentaram as maiores estimativas de indivíduos/ha, embora as...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abundância; Florística; Fitossociologia; Vegetação lenhosa; Amazônia.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672000000300393
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise florística e estrutural de florestas riparias do alto Rio Paraná, Taquaruçu, MS Acta Botanica
Romagnolo,Mariza Barion; Souza,Maria Conceição de.
Utilizando-se de método fitossociológico, foi realizado estudo comparativo entre três remanescentes de floresta riparia da margem direita do alto rio Paraná (22º43'-45'S; 53º15'-18'W). Em cada um deles foi demarcada uma área de 3.150m\ subdividida em 21 parcelas contínuas de 150m², tendo como critério mínimo de amostragem o perímetro à altura do peito igual ou superior a 15cm. Foram levantados, na amostragem total, 58 espécies, 46 gêneros e 30 famílias, sendo duas indeterminadas. As famílias de maior riqueza específica foram Myrtaceae e Lauraceae com cinco espécies cada, Mimosaceae com quatro, Annonaceae e Rubiaceae com três cada uma, enquanto que os gêneros foram, Nectandra com quatro, Eugenia, Inga, Pouteria, Psidium e Sloanea com dois cada um. Os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Florística; Fitossociologia; Mata ciliar; Floresta aluvial; Rio Paraná; Planície de inundação.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062000000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise florística e estrutural de sistemas agroflorestais das várzeas do rio Juba, Cametá, Pará Acta Amazonica
Santos,Silvio Roberto Miranda dos; Miranda,Izildinha de Souza; Tourinho,Manoel Malheiros.
Estudou-se a composição florística e a estrutura de sistemas agroflorestais (SAF) nas várzeas do rio Juba, Município de Cametá-PA. Utilizou-se sete parcelas de 0,25 ha (50 m x 50 m) em SAF tradicionais. Cada parcela foi dividida em 25 sub-parcelas de 10 m x 10 m. As espécies foram classificadas quanto aos tipos de usos e em três níveis de comercialização. Nos sete SAF foram inventariados 21060 indivíduos/ha com CAP e" 10 cm ou (média de 3009 indivíduos/ha), pertencentes a 27 famílias, 53 gêneros e 61 espécies. Cinco espécies (8 %) são comuns aos sete SAF. O uso energético (lenha e carvão) foi o mais freqüente (63 %). Os SAF apresentaram maior percentual de espécies comerciais (46 %). Espécies comumente encontradas nas várzeas da Amazônia brasileira foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sistemas agroflorestais; Florística; Estrutura; Várzeas; Amazônia.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672004000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Angiospermas em remanescentes de floresta montana no sul da Bahia, Brasil Biota Neotropica
Amorim,André Márcio; Jardim,Jomar Gomes; Lopes,Márdel Miranda Mendes; Fiaschi,Pedro; Borges,Rafael Augusto Xavier; Perdiz,Ricardo de Oliveira; Thomas,William Wayt.
Foi realizado um levantamento florístico de três remanescentes de floresta montana localizados na Mata Atlântica do sul da Bahia. Durante os anos de 2004 a 2008 foram feitas coletas periódicas de material botânico, principalmente ao longo de trilhas no interior dos fragmentos das áreas: Reserva Serra da Pedra Lascada - SPL, Reserva Serra das Lontras - SLO e Reserva Particular do Patrimônio Natural Serra Bonita - SBO. A riqueza florística em cada área foi comparada entre si e com outras áreas de Mata Atlântica na Bahia e no Sudeste do Brasil. Foi registrado um total de 1.129 espécies em 467 gêneros e 124 famílias. O hábito arbóreo representou 46,9% das espécies, seguido de herbáceas (20,1%), epífitas (19,5%) e trepadeiras (13,5%). As famílias Araceae,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mata Atlântica; Checklist; Florística; Florestas Montanas; Bahia; Brasil.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000300028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
As Apocynaceae s. str. da região de Bauru, São Paulo, Brasil Acta Botanica
Koch,Ingrid; Kinoshita,Luiza Sumiko.
Este trabalho consistiu no levantamento das Apocynaceae na Região de Bauru, centro-oeste do estado de São Paulo, em diferentes tipos de vegetação. Foram encontradas 25 espécies, distribuídas em 15 gêneros, representadas nesta ordem: Forsteronia G. Mey., cinco espécies; Aspidosperma Mart., quatro espécies; Mandevilla Lindl., três espécies; Prestonia R. Br., duas espécies, e Condylocarpon Desf., Hancornia Gomez, Himatanthus Willd. ex Roem. et Schult., Macrosiphonia Müll.Arg., Mesechites Müll.Arg., Odontadenia Benth., Peltastes Woodson, Rhodocalyx Müll.Arg., Secondatia A. DC., Tabernaemontana L. e Temnadenia Miers, uma espécie cada. São apresentadas chaves de identificação, descrições e ilustrações das espécies, além de dados de distribuição geográfica,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Florística; Apocynaceae; Bauru; São Paulo; Brasil.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061999000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fitossociológicos, florísticos e etnobotânicos das palmeiras (Arecaceae) de floresta secundária no município de Bragança, PA, Brasil Acta Botanica
Rocha,Antônio Elielson Sousa da; Silva,Manoela Ferreira Fernandes da.
Este trabalho teve como objetivo realizar um levantamento das palmeiras em seis fragmentos de floresta secundária, no município de Bragança, PA, Brasil. Registraram-se 14 espécies distribuídas em nove gêneros, com predominância para Maximiliana maripa (Aubl.) Drude e Astrocaryum gynacanthum Mart. São apresentados chave de identificação, descrições, ilustrações, citações de material examinado, e de nomes populares, comentários taxonômicos e etnobotânicos dessas espécies.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Arecaceae; Floresta secundária; Sucessão; Florística; Etnobotânica.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062005000300028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos florísticos e ecológicos de epífitos vasculares sobre figueiras isoladas no norte da planície costeira do Rio Grande do Sul Acta Botanica
Gonçalves,Cezar Neubert; Waechter,Jorge Luiz.
Estudos com epífitos vasculares no Brasil normalmente não consideram árvores isoladas em áreas antropizadas, as quais permitem o estabelecimento e preservação de uma porção representativa da flora epifítica original. Neste trabalho, enfoca-se a composição florística dos epífitos vasculares em espécimes isolados de Ficus organensis (Miq.) Miq. no norte da planície costeira do Rio Grande do Sul. A área de estudo fica situada no entorno da cidade de Terra de Areia (29°35' S e 50°04' W), com clima subtropical úmido (Cfa). Sessenta árvores foram inventariadas. Foram encontradas 77 espécies, 33 gêneros e 10 famílias. A família Orchidaceae e o gênero Tillandsia L. apresentaram os maiores números de espécies. A categoria ecológica mais diversificada foi a dos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Epifitismo; Florística; Ecologia; Ficus organensis; Sul do Brasil.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062003000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos florísticos e fitossociológicos de um trecho de Floresta Estacional Perenifólia na Fazenda Trairão, Bacia do rio das Pacas, Querência-MT Acta Amazonica
Kunz,Sustanis Horn; Ivanauskas,Natália Macedo; Martins,Sebastião Venâncio; Silva,Elias; Stefanello,Daniel.
A borda sul da região amazônica apresenta um tipo peculiar de floresta, denominada de Floresta Estacional Perenifólia, que atualmente vem sofrendo severos impactos ambientais devido à expansão da fronteira agrícola no Norte do Estado de Mato Grosso. Diante da falta de estudos neste tipo florestal, objetivou-se identificar a composição florística e a estrutura fitossociológica do componente arbóreo de um trecho florestal na Fazenda Trairão em Querência-MT. A amostragem da vegetação consistiu na distribuição de 200 pontos-quadrantes, sendo considerados os quatro indivíduos mais próximos de cada ponto que tivessem DAP (diâmetro à altura do peito) igual ou superior a 10 cm. A densidade total foi de 728 ind./ha, distribuídos em 49 espécies, 39 gêneros e 24...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amazônia; Florística; Fitossociologia; Floresta Estacional Perenifólia; Mato Grosso.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672008000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspleniaceae (Polypodiopsida) do Corredor de Biodiversidade do Norte do Pará, Brasil: um fragmento do Centro de Endemismo Guiana Acta Botanica
Góes-Neto,Luiz Armando de Araújo; Pietrobom,Marcio Roberto.
Este artigo é parte de uma série onde serão tratadas as espécies de licófitas e samambaias do Corredor de Biodiversidade do Norte do Pará, e faz parte do projeto "Diagnóstico da Biodiversidade das Unidades de Conservação Estaduais do Mosaico Calha Norte, Estado do Pará". Neste manuscrito é tratada a família Aspleniaceae, sendo apresentados chave de identificação, ilustrações, distribuição geográfica, breves descrições e comentários taxonômicos. Aspleniaceae está representada por oito espécies (Asplenium angustum Sw., A. auritum Sw., A. cruegeri Hieron., A. delitescens (Maxon) L.D. Gómez, A. juglandifolium Lam., A. salicifolium L., A. serratum L. e A. stuebelianum Hieron.). A maioria apresentou-se como epífita sobre tronco em decomposição, no interior da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Asplenium; Taxonomia; Florística; Floresta Amazônica; Escudo Guiana.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062012000200021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Boraginaceae s.l. A. Juss. em uma área de Caatinga da ESEC Raso da Catarina, BA, Brasil Acta Botanica
Melo,José Iranildo Miranda de; Andrade,Wbaneide Martins de.
Este trabalho trata do levantamento florístico-taxonômico da família Boraginaceae em um trecho de Caatinga da Estação Ecológica Raso da Catarina, Bahia, Brasil. Foram encontrados sete espécies e três gêneros de Boraginaceae: Cordia (C. globosa (Jacq.) Kunth, C. leucocephala Moric. e C. rufescens A.DC.), Heliotropium (H. angiospermum Murray e Heliotropium elongatum (Lehm.) I.M. Johnst.) e Tournefortia (T. rubicunda Salzm. ex A.DC. e T. salzmannii DC.). São apresentadas chaves para identificação de gêneros e espécies, além de descrições, ilustrações, comentários, dados de distribuição e hábitat.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Boraginaceae; Florística; Taxonomia; Caatinga.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062007000200011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Briófitas do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, RJ, Brasil Acta Botanica
Imbassahy,Caio Amitrano de Alencar; Costa,Denise Pinheiro da; Araujo,Dorothy Sue Dunn de.
Este trabalho representa uma síntese do conhecimento florístico de briófitas do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, com resultados de campo, material de herbário e publicações. Foram registrados 61 táxons de briófitas, pertencentes a 15 famílias e 33 gêneros. Para cada táxon foram analisados a distribuição geográfica, o tipo de substrato e a forma de vida. A família predominante foi Lejeuneaceae (25 espécies), seguida de Jubulaceae (sete), Calymperaceae (quatro) e Sphagnaceae (quatro). Entre as espécies, predominaram as de distribuição Neotropical (35%). Com relação ao substrato preferencial, a maior parte dos táxons é corticícola. A forma de vida predominante foi o tapete, seguido pelo tufo e a trama. O Parque possui brioflora bastante...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Florística; Hepáticas; Musgos; Restinga; Rio de Janeiro.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062009000200028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização estrutural em uma floresta de terra firme no estado do Amapá, Brasil PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Batista, Anderson Pedro Bernardina; Aparício, Wegliane Campelo da Silva; Aparício, Perseu da Silva; Santos, Vanessa Silva dos; Lima, Robson Borges de; Mello, José Marcio de.
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a composição florística, estrutura e distribuição espacial das espécies arbóreas em uma floresta de terra firme no Estado do Amapá. Foram coletados dados dendrométricos e florísticos em 200 unidades amostrais terciárias, sendo analisadas as árvores com diâmetro a 1,30 m do solo (DAP) ≥ 40 cm. Foram calculados parâmetros fitossociológicos, distribuição espacial e índice de diversidade de Shannon. No levantamento foram amostrados 4.030 indivíduos arbóreos, distribuídos em 37 famílias e 201 espécies, sendo Goupia glabra (cupiúba) a espécie de maior valor de importância (VI). A área florestal apresenta características de floresta preservada. A amostragem revelou que a vegetação arbórea ocorre com maior proporção de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Engenharia Florestal Fitossociologia; Florística; Distribuição espacial Phytosociology; Floristics; Spatial distribution.
Ano: 2015 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/689
Registros recuperados: 146
Primeira ... 12345678 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional