Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analysis of growth rings of Sebastiana commersoniana in a riparian forest from the rain forest biome in Southern Brazil. Repositório Alice
LONGHI-SANTOS, T.; GALVÃO, F.; BOTOSSO, P. C.; KANIESKI, M. R..
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sebastiana commersoniana; Espécie nativa; Anel de crescimento; Dendrocronologia tropical; Floresta ripária; Mata Atlântica.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1000235
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia da madeira de Sebastiania commersoniana (Baillon) Smith & Downs (Euphorbiaceae): aspectos funcionais e ecológicos Acta Botanica
Cosmo,Nelson Luiz; Kuniyoshi,Yoshiko Saito; Botosso,Paulo César.
Sebastiania commersoniana é uma espécie arbórea bastante comum em ambientes aluviais, em diversas condições pedológicas, graças a sua plasticidade e capacidade de tolerar períodos de inundação. Foram amostrados 21 indivíduos adultos dessa espécie, na planície do rio Iguaçu, visando à caracterização anatômica da madeira e sua interpretação em termos funcionais. S. commersoniana possui porosidade difusa, vasos solitários e múltiplos de dois a seis, com arranjo radial e placas de perfuração simples. Os vasos são pouco freqüentes (12-16-20/mm²), com diâmetro de 54-88-117 µm e elementos de vaso com comprimento 164-602-1025 µm. As fibras libriformes têm 656-1222-2050 µm de comprimento, 10-26-42 µm de largura, e paredes delgadas a espessas (1,0-2,8-5,1 µm)....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia ecológica; Floresta aluvial; Floresta ripária; Xilema secundário.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062010000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização e aspectos fenológicos da vegetação ripária de municípios do Submédio São Francisco. Repositório Alice
KIILL, L. H. P.; DIAS, C. T. de V..
As denominações floresta ripária, mata ciliar, de galeria, de várzea, ribeirinha são as mais utilizadas para designar a vegetação que se localiza ao longo dos rios e córregos, independentes do bioma onde ocorrem (SPERA, 1995). De acordo com Berg (1995), o termo floresta ripária seria o mais adequado, pois pode ser aplicado às florestas associadas a cursos d?água dentro de quaisquer formações vegetais brasileiras. Catharino (1989), em estudos florísticos de matas ciliares, alertou para a grande abrangência do termo ?mata ciliar?, principalmente considerando a grande variação dos ecossistemas ribeirinhos do Brasil. O autor esclarece que não são encontradas apenas florestas nas beiras de cursos d?água, mas, também, outras associações vegetais. O mesmo autor...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Floresta ripária; Mata ciliar; Vegetação; Composição florística; Fitossociológica; Vale do São Francisco; Código florestal; Caatinga; Planta nativa; Vegetação; Vegetation; Vegetation ecology.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/884098
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comunidade arbórea de um continuum entre floresta paludosa e de encosta em Coqueiral, Minas Gerais, Brasil Rev. Bras. Bot.
Rocha,Cinthia Tamara V.; Carvalho,Douglas Antônio de; Fontes,Marco Aurélio L.; Oliveira Filho,Ary Teixeira de; Van Den Berg,Eduardo; Marques,João José G.S. Melo.
Neste trabalho objetivou-se descrever a comunidade arbórea de um continuum entre floresta paludosa e de encosta em Coqueiral, Minas Gerais, verificando correlações entre variações na estrutura da comunidade e ambiente. Distribuíram-se 25 parcelas de 20 X 20 m pelo fragmento florestal, onde se levantaram altura, circunferência (mínima de 15,5 cm) e identidade botânica de todos indivíduos e coletaram-se variáveis topográficas e edáficas. As correlações espécie-ambiente foram analisadas por análise de correspondência canônica (CCA) e teste de Spearman. Os hábitats paludoso e de encosta diferiram em estrutura e espécies. Encontrou-se perfil florístico comum às matas ciliares do Alto e Médio Rio Grande, enquanto a porção paludosa diferenciou-se do encontrado no...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Correlação espécie-ambiente; Ecótono; Floresta estacional semidecídua; Floresta paludosa; Floresta ripária.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dinâmica da comunidade lenhosa de uma floresta de galeria na transição Cerrado-Floresta Amazônica no Leste de Mato Grosso, em um período de sete anos (1999 a 2006) Biota Neotropica
Miguel,Aline; Marimon,Beatriz Schwantes; Oliveira,Edmar Almeida de; Maracahipes,Leandro; Marimon-Junior,Ben Hur.
O estudo foi realizado na floresta de galeria do Córrego Bacaba (14º 43' 12,2" S e 52º 21' 36,7" W), na transição Cerrado-Floresta Amazônica em Nova Xavantina, Mato Grosso. O objetivo foi avaliar e comparar a dinâmica da comunidade lenhosa de três porções da floresta localizadas em um gradiente topográfico (alto, meio e baixo) em um período de sete anos. O inventário consistiu de 141 parcelas permanentes de 10 × 10 m distribuídas nas três porções da floresta, onde foram medidos os indivíduos com CAP > 15 cm, em 1999 e 2006. Foram calculados os parâmetros de dinâmica e o incremento periódico anual (IPA), com base no número de indivíduos e na área basal. Nas três porções de floresta a mortalidade foi superior ao recrutamento. A porção do baixo foi a mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Dinâmica florestal; Floresta ripária; Incremento; Mortalidade; Recrutamento.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição de espécies arbóreo-arbustivas ao longo de um gradiente de solos e topografia em um trecho de floresta ripária do rio São Francisco em Três Marias, MG, Brasil Rev. Bras. Bot.
Carvalho,Douglas Antônio; Oliveira Filho,Ary T.; Vilela,Enivanis A.; Curi,Nilton; Van Den Berg,Eduardo; Fontes,Marco Aurélio L.; Botezelli,Luciana.
Foi realizado um levantamento da comunidade arbóreo-arbustiva, da topografia e dos solos de um fragmento de floresta estacional semidecidual aluvial e estacional decidual submontana, com o objetivo de verificar as possíveis correlações entre variações da estrutura fisionômica e da diversidade e composição de espécies e variações do regime de água e fertilidade química dos solos. O fragmento florestal, com área de 12 ha localiza-se à margem direita do Rio São Francisco (18º05'26" S e 45º10'54" W), no município de Três Marias, MG. Foram realizados um levantamento plani-altimétrico da área e uma classificação detalhada dos solos da floresta. Foram alocadas 50 parcelas de 15 X 15 m para amostrar os indivíduos arbóreo-arbustivos com diâmetro à altura do solo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Comunidade arbustivo-arbórea; Floresta decídua tropical; Floresta ripária; Relações solo-vegetação.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de geadas em mudas de espécies arbóreas de mata ciliar utilizadas em ensaios de campo Acta Botanica
Barbosa,Luiz Mauro; Barbosa,José Marcos; Bedinelli,Cristina; Asperti,Lilian Maria; Belasque,Evelyn de Freitas; Batista,Eduardo Amaral.
Indivíduos de espécies arbóreas ocorrentes em matas ripárias, plantadas com idades entre 1 e 2 anos, foram investigadas quanto à sensibilidade a geadas a partir de junho/agosto de 1990, quando estas ocorreram no município de Moji-Guaçu, SP. Dessas, pelo menos duas atingiram as mudas na área experimental. Cerca de 2.750 indivíduos de 13 espécies, plantados numa área de 2,5 ha, situada à margem direita do rio Moji-Guaçu, foram avaliados mensalmente quanto à variação de altura total e dos seus rebrotes. Atribuíram-se notas de 1 a 5, conforme critérios pré-estabelecidos e observaram-se: aspectos da morfologia geral; início do brotamento das gemas vegetativas e o comportamento dos indivíduos de acordo com a proximidade do rio. Os efeitos mais evidentes nas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta ripária; Geada; Espécies nativas.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fitossociologia e distribuição de espécies arbóreas em uma floresta ribeirinha secundária no mnicípio de Rio Claro, SP, Brasil Rev. Bras. Bot.
Prata,Eduardo Magalhães Borges; Pinto,Sérgio dos Anjos Ferreira; Assis,Marco Antonio.
(Fitossociologia e distribuição de espécies arbóreas em uma floresta ribeirinha secundária no Município de Rio Claro, SP, Brasil). Foram realizados os levantamentos florístico e fitossociológico em 0,44 hectare de floresta ribeirinha secundária em uma área de micro-bacia do Ribeirão Claro (Rio Claro, SP), visando investigar a estrutura e distribuição das espécies em uma comunidade com elevada heterogeneidade observada para a cobertura de dossel e regime hídrico dos solos. Foram amostrados todos os indivíduos arbóreos com perímetro a altura do peito (PAP) ³ 10 cm em 44 parcelas de 10 × 10 m. O regime hídrico foi avaliado por um ano e a cobertura de dossel foi quantificada com densiômetro esférico. Foram gerados os descritores fitossociológicos para toda a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cobertura de dossel; Diversidade arbórea; Floresta ripária; Mata de brejo; Padrões de drenagem.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042011000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flora arbustiva-arbórea de três áreas ribeirinhas no semiárido paraibano, Brasil Biota Neotropica
Lacerda,Alecksandra Vieira de; Barbosa,Francisca Maria; Soares,João Juares; Barbosa,Maria Regina de Vasconcellos.
Objetivou-se no presente trabalho contribuir para o conhecimento florístico de três áreas ribeirinhas na caatinga e realizar a comparação destas com outros estudos desenvolvidos na bacia do Rio Taperoá, semiárido paraibano. O levantamento florístico foi realizado através de coletas assistemáticas no período de janeiro/2004 a junho/2006 e abrangeu as áreas ribeirinhas presentes ao longo dos riachos intermitentes do Cazuzinha (7° 26' 13" S e 36° 54' 30" W; 564-579 m de altitude), Mares (7° 31' 53" S e 36° 33' 39" W; 536-550 m de altitude) e Farias (7° 25' 33" S e 36° 29' 21" W; 454-470 m de altitude). O levantamento das três áreas registrou um total de 91 espécies, das quais 68 ocorreram na área do riacho do Cazuzinha, 62 no riacho dos Mares e 56 no riacho...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta ripária; Riachos intermitentes; Composição florística; Riqueza de espécies; Caatinga.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032010000400032
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flora arbustivo-arbórea de uma floresta ripária no alto Rio Grande em Bom Sucesso/MG Acta Botanica
Carvalho,Douglas Antônio de; Oliveira-Filho,Ary Teixeira de; Vilela,Enivanis de Abreu; Gavilanes,Manuel Losada.
Realizou-se o levantamento das espécies com diâmetro ao nível do solo > ou = 5,0 cm na mata da Fazenda dos Botelhos, em Bom Sucesso, localizada às margens do Rio Grande, no Sul de Minas Gerais, com o objetivo de reconhecer espécies nativas a serem utilizadas na revegetação das margens de rios e represas da região. Identificaram-se 245 espécies pertencentes à 65 famílias botânicas. São apresentadas comparações florísticas com matas do estado de São Paulo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta ripária; Florística.
Ano: 1995 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061995000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento florístico em remanescente de floresta ripária no alto rio Paraná: Mata do Araldo, Porto Rico, Paraná, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v27i4.1275 Biological Sciences
Souza, Maria Conceição de; UEM; Monteiro, Reinaldo; UNESP.
Com o objetivo de elaborar um levantamento florístico em floresta ripária do alto rio Paraná, foi realizado o presente estudo em remanescente sob domínio da floresta estacional semidecidual submontana, localizado em Porto Rico, Paraná, Brasil (53o19’3”W e 22o47’37”S). No interior e adjacências de uma parcela de 10.000 m2 (100 m x 100 m), foram levantadas 165 espécies, reunidas em 124 gêneros e 60 famílias, e distribuídas entre arbóreas, arbustivas, herbáceas, lianas e hemiparasitas. Leguminosae, Myrtaceae, Poaceae, Rubiaceae e Bignoniaceae foram as famílias de maior riqueza específica, contribuindo juntas com 33,33% das espécies e, dentre os gêneros, a maior riqueza foi representada por Eugenia, Casearia, Guarea, Inga, Panicum e Solanum, que reuniram...
Palavras-chave: 2.05.00.00-9 Ecologia levantamento florístico; Floresta ripária; Rio Paraná 2.05.00.00-9 Ecologia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1275
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Recuperação ambiental das margens da represa do Rio Iraí - Pinhais - PR. Repositório Alice
CURCIO, G. R.; SOUSA, L. P. de; BONNET, A.; BARDDAL, M. L..
2006
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Floresta ripária.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/316129
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
The influence of riparian forests on surface water: a case in Southern Atlantic Forest biome, Parana, Brazil. Repositório Alice
FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L. E..
bitstream/item/206676/1/57187-p619.pdf
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mata Atlântica; Água da superfície; Floresta ripária; Riparian forests.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1116192
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Turbidity as a measure for assessing ecosystem services promoted by riparian forests on water bodies. Repositório Alice
FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L. E.; PARRON, L. M..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Água; Floresta ripária; Qualidade; Turbidez.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/961134
Registros recuperados: 14
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional