Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização florística da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Carneiro, Lagamar, MG, Brasil Biota Neotropica
Siqueira,Ariane de Souza; Araújo,Glein Monteiro de; Schiavini,Ivan.
A criação de reservas naturais no Cerrado é imprescindível para manutenção de áreas representativas desse bioma e para o desenvolvimento de estudos sobre a diversidade de sua flora e fauna. Este estudo teve como objetivo a caracterização florística e fitofisionômica da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Carneiro, localizada no município de Lagamar, MG (17º57'-17º59'S e 46º45'- 46º48'W). A coleta de dados ocorreu entre os meses de novembro/2002 e novembro/2003. A similaridade florística entre as fisionomias foi realizada mediante cálculo do Índice de Sorensen. Na área estudada são encontradas florestas ciliares e semidecíduas, cerradões e cerrados savânicos. A floresta ciliar é pouco representativa, cobrindo 1,7% do terreno. Nessa...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Floresta ciliar; Floresta semidecídua; Cerradão; Cerrado; Similaridade florística.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032006000300010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ceras foliares epicuticulares de espécies congêneres da mata e do cerrado Acta Botanica
Varanda,Elenice Mouro; Santos,Déborah Yara Alves Cursino dos.
Espécies de cerrado e mata foram analisadas quanto à sua composição em ceras foliares epicuticulares e de seus componentes hidrocarbonetos. Observou-se nas espécies de cerrado uma tendência a teores de ceras pouco maiores que os de espécies de mata estacionai semidecídua. A porcentagem de hidrocarbonetos nas ceras foi maior na maioria das espécies de mata que nas espécies congêneres de cerrado. Pela análise em CG, os hidrocarbonetos mostraram predominância de C29 e C31 apresentando um comprimento médio da cadeia de carbono dos homólogos menos variável em espécies de mata, em torno de 30,5, que de cerrado nas quais este valor variou de 28,5 a 31,3. Os resultados são discutidos em relação ao provável papel ecológico das ceras e sua aplicação como marcadores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ceras epicuticulares; Cerrado; Floresta semidecídua; Alcanos; Ecologia.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061996000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Changes in the structure due to strong winds in forest areas in the Pantanal, Brazil. Repositório Alice
SALIS, S. M. de; LEHN, C. R.; PADILHA, D. R. C; MATTOS, P. P. de.
The Pantanal climate presents marked seasonality and eventually strong winds occur, especially in the beginning of the rainy season, which may last from September or October until April. A phytosociological study was conducted to evaluate the effects of a strong wind on the composition and structure of two forest formations in Pantanal wetland, a semideciduous forest (19º 15? 32??S and 55º 45? 23.7??W) and a forested savanna - ?cerradão? (19° 17? 21??S and 55º 45? 8.9??W), with trees with diameter at breast height (DBH) ? 5 cm. After the strong wind, a reduction of 6% of the basal area and volume in the semideciduous forest was observed, mainly due to the uprooting of Xylopia aromatica trees. In the forested savanna, the basal area and volume reduction was...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Floresta; Área basal; Distúrbio natural; Cerradão; Pantanal; Floresta semidecídua.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/943621
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparação fitossociológica entre duas amostragens numa área de clareira em anos consecutivos, Estação Biológica de Caratinga, MG Acta Botanica
Silva,Leonardo Vianna da Costa e.
A Estação Biológica de Caratinga encontra-se dentro do domínio Atlântico, sob um clima sazonal com uma estação úmida e quente (outubro-março) e outra seca e fria (abril-setembro). O solo é do tipo Latossolo Vermelho-Amarelo álico. A clareira em estudo localiza-se em topo de morro, possuindo pequenas árvores esparsas, grande quantidade de "touceiras" mortas de Pteridium aquilinum, plantas herbáceas, jovens e plântulas de espécies arbóreas. Esta área foi alterada por fogo e plantio de café há pouco mais de 30 anos. Foram amostrados 500 m² mapeando-se e anotando-se altura e circunferência de todos os indivíduos. Realizaram-se 2 amostragens com o mesmo método, a primeira em outubro de 1989 e a segunda em outubro de 1990. Verificou-se pouca variação na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Clareira; Sucessão; Regeneração; Floresta Atlântica; Floresta semidecídua.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição e distribuição de espécies arbóreas em gradiente altitudinal, Morraria do Urucum, Brasil. Repositório Alice
URBANETZ, C.; LEHN, C. R.; SALIS, S. M. de; BUENO, M. L.; ALVES, F. M..
Variações na altitude podem propiciar mudanças na composição florística e fisionomia das formações vegetais. Este trabalho tem o objetivo de descrever a flora e a estrutura de comunidades arbóreas ao longo de gradiente altitudinal na morraria do Urucum, Corumbá, Mato Grosso do Sul, Brasil. Foram instaladas 10 parcelas contíguas de 10mx20m em cada altitude (100, 200, 300, 500 e 700m), totalizando 1ha amostrado. Foram registrados todos os indivíduos arbóreos vivos, incluindo palmeiras, com diâmetro à altura do peito ? 5cm. Foram amostrados 1295 indivíduos pertencentes a 32 famílias e 74 espécies. Fabaceae e Meliaceae foram as famílias mais representativas da base da morraria, e Fabaceae e Myrtaceae as do topo. A composição florística variou ao longo do...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Floresta semidecídua; Cerradão; Maciço do Urucum; Borda oeste do Pantanal.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/953099
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da Reserva Municipal de Santa Genebra, Campinas, SP Rev. Bras. Bot.
Guaratini,Maria Tereza Grombone; Gomes,Eduardo Pereira Cabral; Tamashiro,Jorge Yoshio; Rodrigues,Ricardo Ribeiro.
O inventário florístico de um fragmento de floresta semidecídua foi conduzido durante o período de maio de 1996 a abril de 1998 em um hectare de floresta localizado na região central da Reserva de Santa Genebra (22º49'45" S e 47º06'33" W) a 580-610 m de altitude. Foram identificadas 201 espécies, distribuídas em 57 famílias e 147 gêneros. Fabaceae e Rubiaceae (18 espécies), Myrtaceae (14 spp.), Rutaceae (11 spp.), Solanaceae e Sapindaceae (nove spp.), Bignoniaceae, Meliaceae e Euphorbiaceae (oito spp.), Malvaceae (sete spp.) foram as famílias mais ricas. Cerca de 70% das espécies foram classificadas como secundárias tardias e secundárias tardias de sub-bosque. A comparação de espécies arbóreas com 25 fragmentos do Estado de São Paulo e Norte do Paraná...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta semidecídua; Florística; Grupos sucessionais.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042008000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comunidades de machos de abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae) em fragmentos florestais no Sul do Brasil Neotropical Entomology
Sofia,Silvia H.; Suzuki,Karen M..
O objetivo deste trabalho foi estudar as comunidades de abelhas Euglossina em três fragmentos de floresta semidecídua de tamanhos diferentes (8,5 ha, 86 ha e 2280 ha), na região de Londrina, norte do Paraná. De novembro de 2001 a abril de 2002, machos atraídos às iscas-odores de eucaliptol, eugenol e vanilina foram amostrados em coletas mensais, com 2h de duração. Foram coletados 245 indivíduos pertencentes a quatro gêneros e sete espécies. No fragmento maior foram coletados 152 machos pertencentes a seis espécies, no médio, 45 machos de cinco espécies e, no menor, 48 machos de sete espécies. Os índices de diversidade (H') e eqüidade de espécies (J') variaram de 1,21 a 1,42 e 0,62 a 0,86, respectivamente. A ordem de abundância das espécies variou nos três...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abelha neotropical; Abelha-das-orquídeas; Isca-odor; Floresta semidecídua.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-566X2004000600006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diagnóstico florístico-estrutural do componente arbóreo da floresta da Serra de São José, Tiradentes, MG, Brasil Acta Botanica
Gonzaga,Anne Priscila Dias; Oliveira Filho,Ary Teixeira de; Machado,Evandro Luiz Mendonça; Hargreaves,Peter; Machado,José Nivaldo de Menezes.
O presente estudo descreve a composição de espécies e estrutura fisionômica do componente arbóreo de uma área de Floresta Estacional Semidecídua Inferomontana/Altomontana situada na serra de São José, Tiradentes, Minas Gerais, Brasil. São feitas comparações florísticas e estruturais com outras 23 áreas de floresta da região do Alto Rio Grande, utilizando análise de correspondência canônica e discriminando as relações com variáveis ambientais e espaciais. As análises florísticas indicaram que, apesar de seu caráter de transição entre florestas inferomontanas e altomontanas, a flora arbórea da serra de São José tem laços mais fortes com as primeiras. As variações florísticas e estruturais entre as 24 florestas se relacionaram significativamente com a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Altitude; Análise multivariada; Clima; Geoestatística; Floresta semidecídua; Solos.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000200018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flora arbustivo-arbórea do fragmento de floresta estacional semidecidual do Ribeirão Cachoeira, município de Campinas, SP Acta Botanica
Santos,Karin dos; Kinoshita,Luiza Sumiko.
Foi realizado inventário florístico das árvores e arbustos da mata Ribeirão Cachoeira (233,7ha, altitude 650m, coordenadas 46°55'58''W, 22°50'13''S), o segundo maior e mais bem conservado fragmento de floresta estacional semidecidual do município de Campinas, SP. O solo característico é o Podzólico Vermelho Amarelo e o clima é Cwag' de Köppen. As coletas foram feitas durante o período de agosto/1996 a setembro/1997. Foram incluídos apenas indivíduos férteis com perímetro a altura do peito igual ou superior a 9cm. Foram encontradas 175 espécies de 119 gêneros e 49 famílias. As famílias mais ricas foram Myrtaceae (14 espécies), Rutaceae e Fabaceae (13), Caesalpiniaceae (11), Solanaceae (9) e Rubiaceae (8). Algumas espécies foram encontradas pela primeira vez...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Florística; Floresta semidecídua.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062003000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Florística de trepadeiras numa floresta estacional semidecídua, Rio Claro - Araras, Estado de São Paulo, Brasil Rev. Bras. Bot.
Udulutsch,Renata G.; Assis,Marco A.; Picchi,Douglas G..
Visando caracterizar a composição florística de trepadeiras nas florestas estacionais semidecíduas, foi realizado o levantamento das espécies num fragmento de 230 ha, abrangido pelos municípios de Rio Claro e Araras (22º21'S e 47º28' - 47º29'W, 630 m de altitude). As coletas foram mensais durante o período de setembro de 2000 a abril de 2002, sendo as trepadeiras classificadas como herbáceas ou lenhosas e quanto às suas formas de escalar; em volúveis, com gavinhas ou não preensoras. Foram encontradas 148 espécies, distribuídas em 82 gêneros e 33 famílias. Bignoniaceae (29 espécies), Asteraceae (19), Sapindaceae (12), Malpighiaceae (11) e Convolvulaceae (nove) foram as famílias mais ricas, abrangendo 54% das espécies amostradas. Bignoniaceae apresentou o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta semidecídua; Floresta tropical; Florística; Lianas; Trepadeiras.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042004000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Heterogeneidade florística e estrutural de remanescentes florestais da Área de Proteção Ambiental ao Sul da Região Metropolitana de Belo Horizonte (APA Sul-RMBH), Minas Gerais, Brasil Acta Botanica
Spósito,Tereza Cristina; Stehmann,João Renato.
A APA Sul-RMBH foi criada para compatibilizar a atividade econômica e a conservação do seu patrimônio natural, que abrange áreas de Floresta Estacional Semidecidual, Cerrado e Campo. O objetivo deste estudo foi caracterizar as comunidades arbóreas de alguns remanescentes florestais da APA quanto à estrutura, composição e similaridade florística. Foram estudadas oito áreas florestais distantes até 60 km entre si. Em cada área, foram amostrados 30 pontos quadrantes, tomando-se as medidas de circunferência e altura das árvores (> 15 cm de circunferência). No total, foram identificados 55 famílias, 121 gêneros e 221 espécies. O número de famílias variou de 24 a 36 e o de espécies de 40 a 68. A altura média foi de 9,1 a 11,5 m e o diâmetro médio foi de 10,8...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biodiversidade; Conservação; Floresta semidecídua.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062006000200010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação de fragmentos de floresta nativa, por diferentes intérpretes, com a utilização de imagens landsat e cbers em lavras, MG Ciência e Agrotecnologia
Ferreira,Elizabeth; Santos,Jacinto Pereira; Barreto,Antônio Carlos; Dantas,Antonio Augusto Aguilar.
Neste trabalho, as imagens dos satélites Landsat 7 e Cbers 2 foram analisadas com o objetivo de identificar áreas com fragmentos de floresta semidecídua e de avaliar a exatidão da classificação feita por diferentes intérpretes e técnicas de interpretação. O estudo foi realizado em Lavras, MG, utilizando o SIG-SPRING, que possui recursos para realização da classificação digital e visual. Na comparação das diferentes classificações e avaliação da exatidão, foram empregadas as exatidões global, do consumidor, do produtor e o coeficiente Kappa. Pelos resultados, verificou-se que a exatidão global foi maior que 90% e o coeficiente Kappa variou de 50% a 77% nas comparações feitas por diferentes intérpretes, em imagens Landsat e Cbers. Os mapas de fragmentos de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sensoriamento remoto; Índice Kappa; Floresta semidecídua.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000300021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento fitossociológico em um fragmento de floresta estacional semidecídua, no município de São Carlos, SP Acta Botanica
Silva,Luciana Álvares da; Soares,João Juares.
O presente trabalho teve por objetivo a análise de parâmetros fitossociológicos em um fragmento de floresta estacional semidecídua, no município de São Carlos - SP, situado entre 21º 55' e 22º 00' Sul e 47º 48' e 47º 52' Oeste. Para o levantamento da vegetação foram estabelecidas 50 parcelas de 10 m x 20 m (200 m²), distribuídas perpendicularmente a uma trilha existente no interior do fragmento. Em cada parcela foram amostrados todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) igual ou maior a 5cm, onde foi medido o diâmetro, a altura, anotado o nome da espécie e coletado material para herborização. Foram encontrados 1343 indivíduos por hectare. As espécies que apresentaram maior valor de importância (VI) foram: Metrodorea nigra (33,09%),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estrutura da comunidade; Fragmento florestal; Floresta semidecídua.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200007
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional