Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 42
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atração de machos da lagarta-das-fruteiras Argyrotaenia sphaleropa (Meyrick) (Lepidoptera: Tortricidae) aos componentes do fernomônio sexual sintético na cultura do caquizeiro. Repositório Alice
BAVARESCO, A.; NUÑEZ, S.; GARCIA, M. S.; BOTTON, M.; SANT'ANA, J..
bitstream/item/196030/1/ATRACAO-DE-MACHOS-DA-LAGARTA-DAS-FRUTEIRAS.pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Lagarta-das-fruteiras; Feromônio sexual; Período de atividade; Caqui; Dose; Formulação; Fruticultura; Praga de Planta.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/543740
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atração de machos da lagarta-das-fruteiras Argyrotaenia sphaleropa (Meyrick) (Lepidoptera: Tortricidae) aos componentes do feromônio sexual sintético na cultura do caquizeiro Neotropical Entomology
Bavaresco,Alvimar; Nuñez,Saturnino; Garcia,Mauro S.; Botton,Marcos; Sant'Ana,Josué.
A lagarta-das-fruteiras Argyrotaenia sphaleropa (Meyrick) tem causado prejuízos significativos em frutíferas cultivadas no Sul do Brasil com destaque para o caquizeiro, pessegueiro e videira. Neste trabalho, apresenta-se a resposta de machos de A. sphaleropa a diferentes formulações e doses do feromônio sexual sintético e a longevidade das formulações mais eficientes no campo. As formulações contendo Z11,13-14Ac + Z11,13-14Al + Z11-14Al (4:4:1), Z11,13-14Al + Z11,13-14Ac (9:1) e Z11,13-14Ac + Z11,13-14Al (9:1) (1,0 mg/septo) foram as mais eficientes na captura de machos quando comparadas com fêmeas virgens. A dose de 1,0 mg/septo foi significativamente superior a 0,1 mg na captura de A. sphaleropa para as três formulações. A formulação Z11,13-14Ac +...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Formulação; Dose; Período de atividade.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-566X2005000400013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da correção da energia pelo balanço de nitrogênio em alimentos para frangos de corte Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Andrade,R.C.; Lara,L.J.C.; Pompeu,M.A.; Cardeal,P.C.; Miranda,D.J.A.; Baião,N.C..
Com o objetivo de determinar valores de energia metabolizável aparente e de energia metabolizável aparente corrigida pelo balanço de nitrogênio de alimentos para frangos de corte, bem como avaliar os efeitos da correção da energia sobre seu desempenho, foram conduzidos dois experimentos: I) determinação da energia do milho, do farelo de soja, da farinha de carne e ossos, da farinha de vísceras e da farinha de penas, pelo método de coleta total de excretas, utilizando-se 450 pintos de corte com um dia de idade, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, sendo seis tratamentos e cinco repetições; II) desempenho de 960 frangos de corte, distribuídos ao acaso, em cinco tratamentos e seis repetições. As aves que receberam os tratamentos A (matriz...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aves; Custo; Desempenho; Formulação; Nutrição.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352016000200497
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliacao de metodos fisicos de suspensibilidade para formulacoes de defensivos agricolas. Repositório Alice
CASTRO, M. L. de; NEVES, R. de C. P. de O.; MEDUGNO, C. C..
bitstream/item/203509/1/Castro-Avaliacao.pdf
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Defensivo agricola; Suspensibilidade; Avaliacao; Agrotóxico; Formulação; Fungicida; Método; Pesticida.
Ano: 1990 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/10799
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bacillus thuringiensis: este auxiliar ainda pouco conhecido. Infoteca-e
CAPALBO, D. M. F..
bitstream/item/195927/1/1999AP-Capalbo-Bacillus.pdf
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pesticida microbiano; Biopesticida; Biodegradavel; Preservacao ambiental; Bactéria; Controle Biológico; Formulação; Impacto Ambiental; Resistência.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/13216
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biofertilizante: aprenda como se faz. Infoteca-e
TOMITA, C.; RESENDE, F. V.; CLEMENTE, F. M. V. T.; AMARO, G. B.; SOUZA, R. B. de.
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Biofertilizante; Adubo orgânico; Mistura; Formulação; Controle de doença; Inseto.
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/780991
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de uma formulação contendo Bacillus subtilis para controle da podridão radicular do feijoeiro. Repositório Alice
BRANDAO, M. S. B.; VALARINI, P. J.; MELO, I. S. de; MAIA, A. de H. N..
O objetivo deste trabalho e desenvolver uma formulacao a base de Bacillus subtilis para controle da podridao radicular do feijoeiro (Fusarium solani f. sp. phaseoli e Rhizoctonia solani). Cinco diferentes tecnicas de recobrimento de sementes de feijao (cv. IAPAR 14 e cv. Perola) foram desenvolvidas e testadas em condicoes de telado, tendo como controle um tratamento com fungicida. Foram inoculadas sementes de feijao com Bacillus subtilis ultilizando-se como substratos: a) turfa, b) pectina citrica, c) alginato de sodio, d) uma formulacao po molhavel a base de Bacillus, e) suspensao bacteriana, e f) fungicida (Benomil). Dentre estes, os tratamentos turfa e pectina foram testados tambem a campo. Foram avaliados os seguintes parametros: a) emergencia, b)...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Desenvolvimento; Controle; Radicular; Feijoeiro; Formulação; Podridão; Bacillus subtilis.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/13025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de uma formulação granulada a base de Trichoderma harzianum para controle de fitopatógenos. Infoteca-e
MELO, I. S. de; COSTA, F. G..
2005
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Fungo para controle biológico; Trichoderma harzianum; Formulação; Grânulo.
Ano: 2005 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/14537
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doses e horário de aplicação do diquat no controle de Eichhornia crassipes Planta Daninha
Pitelli,R.A.; Bisigatto,A.T.; Kawaguchi,I.; Pitelli,R.L.C.M..
O aguapé (Eichhornia crassipes) é uma das mais importantes macrófitas aquáticas que colonizam reservatórios e corpos hídricos nas regiões tropicais e subtropicais do mundo, causando uma série de interferências no uso múltiplo da água e do corpo hídrico e no controle de vetores de doenças humanas. Para evitar prejuízos econômicos, sociais, estéticos e ao meio ambiente, essas plantas são controladas por vários métodos, incluindo o controle químico com o uso de herbicidas. Com o objetivo de avaliar a eficácia do herbicida diquat no controle dessa macrófita aquática, foram instalados dois ensaios em casa de vegetação. No primeiro, foram comparadas duas formulações (Reward® e Reglone®) aplicadas em dois horários (diurno e noturno) e em quatro doses (0,1, 0,2,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Macrófitas aquáticas; Controle químico; Aguapé; Formulação.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582011000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da adição de farinha de cotilédones de feijão-caupi nas propriedades tecnológicas de biscoitos. Repositório Alice
HASHIMOTO, J. M.; SILVA, K. J. D. e; NABESHIMA, E. H..
2016
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vigna unguiculata; Enriquecimento nutricional; Formulação.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1064515
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da formulação em diferentes óleos vegetais e surfactantes na germinação de conídios de Trichoderma harzianum LCB 47. Repositório Alice
NASCIMENTO, K. L.; MENEZES, M. E. L.; ERLO, R.; BRITO, E. S.; MOTA, E. F.; GAVA, C. A. T..
O desenvolvimento de formulações mais estáveis ao armazenamento e ao impacto das variáveis climáticas sobre os agentes de controle biológico (ACB) pode tornar mais usual a sua adoção no manejo de pragas. O objetivo este trabalho foi avaliar a formulação de conídios de isolados de Trichoderma harzianum LCB47 em óleos vegetais e, conseqüentemente, a adoção de agentes dispersantes para o preparo de caldas para a aplicação. A adoção de formulação em óleo vegetal reduziu a germinação de conídios, quando comparada com a extração direta em água destilada estéril. O óleo de milho foi o que apresentou maior eficiência na transferência dos conídios de LCB 47, embora tenha apresentado a menor taxa de germinação. A adição de agentes dispersantes resultou na redução da...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle biológico; Óleo vegetal; Formulação; Agentes dispersantes; Controle biológico; Fungo; Trichoderma harzianum.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/160408
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do enriquecimento de biscoitos tipo água e sal, com extrato de levedura (Saccharomyces sp.) Ciênc. Tecnol. Aliment.
Santucci,Marjorie Carelli Costa; Alvim,Izabela Dutra; Faria,Eliete Vaz de; Sgarbieri,Valdemiro Carlos.
Os objetivos desta pesquisa foram a caracterização química de um autolisado (AT) de levedura (Saccharomyces sp. ), subproduto da fermentação alcoólica e de seus derivados, fração solúvel (Ex) e insolúvel (FI). O autolisado integral (AT) e o extrato (Ex), depois de desidratados por atomização (spray dryer) foram utilizados como enriquecedores do gosto e do aroma de biscoitos salgados do tipo água e sal. A adição ao biscoito de 5% de Ex elevou o escore de aminoácidos essenciais (EAE) de 38% para 60% e o índice de utilização líquida da proteína (NPR) de 1,0 para 2,0 (100%). Houve ainda uma melhora significativa na aceitabilidade e na preferência dos biscoitos enriquecidos, pelos consumidores.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Levedura; Derivados; Ingrediente; Biscoito; Formulação.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000300025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do estresse hídrico na produção de esporos de Clonostachys rosea em grãos de arroz. Repositório Alice
HALFELD-VIEIRA, B. de A.; NECHET, K. de L.; SANTOS, E. R. dos; MORANDI, M. A. B..
De modo geral, a produção massal de fungos utilizados para controle biológico é realizada em grãos embebidos em água. Entretanto, a adição de solutos à água e o efeito da restrição hídrica no aumento da concentração de esporos de Clonostachys rosea em grãos de arroz não tem sido investigada, o que constitui o objetivo deste trabalho. Os tratamentos foram constituídos por 200 g de arroz acondicionados em sacos de polipropileno e embebidos por 24 h em 200 ml de soluções de NaCl, KCl e sacarose, com concentrações correspondentes a potenciais osmóticos de -0,4; -0,6; -0,8 e -1,0 MPa. A concentração de esporos foi determinada aos 6 e 16 dias após a inoculação dos grãos. Verificou-se que a as soluções de KCl e sacarose proporcionaram maior aumento na produção de
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Clonostachys rosea; Produção massal; Estresse hídrico; Fungo para controle biológico; Formulação; Biological control agents; Fungi; Water stress.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/890739
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da deriva de clomazone, aplicado isoladamente ou em mistura com ametryn, sobre características produtivas de laranjeira 'Hamlin' Planta Daninha
Timossi,P.C.; Alves,P.L.C.A..
Este trabalho objetivou avaliar o efeito da simulação da deriva de doses crescentes do herbicida clomazone, em duas formulações, e de clomazone em mistura com ametryn, em laranjeira 'Hamlin', em dois estádios de desenvolvimento: pleno de florescimento e início da frutificação (frutos com até 2 cm de diâmetro). As avaliações basearam-se em possíveis alterações morfofisiológicas das plantas, com determinações do teor de clorofila total nas folhas, porcentagem de aborto de flores e frutos, além de análise tecnológica dos frutos (diâmetro transversal, teor de sólidos solúveis, acidez titulável, índice de maturação e porcentagem de suco). Observou-se que apenas a simulação de deriva de clomazone, isolado ou em mistura com ametryn, equivalente a uma aplicação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Herbicida; Fitotoxicidade; Citros; Formulação.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582001000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Elaboração de patê de pacu obtido da pesca artesanal no Pantanal. Infoteca-e
DELBEM, A. C. B.; GARBELINI, J. S.; LARA, J. A. F. de.
2012
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pesca; Peixes; Processamento; Formulação.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/942548
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Elaboração de recheio a base de polpa de fruta para injeção em biscoito de cereais integrais obtido por co-extrusão. Repositório Alice
ALMEIDA, A. C. S.; MATTA, V. M. da; CARVALHO, C. W. P. de.
2015
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Formulação; Frutas; Extrusão; Recheio; Reologia.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1041526
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Elaboração e aceitação sensorial de néctar misto de acerola e tomate. Repositório Alice
MARTINS, L. H. da S.; GONÇALVES, A. C. da S.; CARVALHO, A. V.; MATTIETTO, R. de A..
2007
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Acerola; Tomate; Néctar misto; Pasteurização; Formulação.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/998715
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estratégias ecológicas para melhorar a eficácia do controle biológico de fitopatógenos. Repositório Alice
MELO, I. S. de.
Os organismos vivos são de difícil manipulação. Diferentemente dos pesticidas químicos, os agentes de controle biológico (ACBs) são extremamente susceptíveis as mudanças de ambiente. O conhecimento dos fatores epidemiológicos e ecológicos requeridos pelos ACBs desempenham papel chave na determinação do sucesso do controle biológico. E possível, todavia, oferecer todas as vantagens aos ACBs para garantir o sucesso. Isso significa dizer que e necessário ter suficiente conhecimento sobre os ACBs para favorecer seu crescimento, metabolismo e sobrevivência. Para cada introdução, fatores abióticos do solo, como textura, pH, temperatura, conteudo de umidade de disponibilidade de substrato necessitam ser monitorados, já que eles determinam a sobrevivência e...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Rizobacteria; Bactéria; Carbono; Controle Biológico; Ferro; Formulação; Hospedeiro; Nitrogênio; Rhizobium; Trichoderma; Azospirillum; Pseudomonas; Mancozeb.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/12922
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etapas do desenvolvimento de uma formulação pó molhável para o Baculovirus anticarsia: secagem e caracterização da superfície do poliedro. Repositório Alice
MEDUGNO, C. C.; CASTRO, M.L.; GONZALEZ, G..
As primeiras etapas selecionadas para o estudo de uma formulação pó molhável foram a caracterização de superfície quanto a morfologia (MEV) e carga, e a influencia do método de secagem na dispersibilidade das partículas. O vírus foi obtido de lagartas infectadas (CNPSo) e purificado pelo método de Van der Geest. A dispersão resultante apresenta uma distribuição de tamanho entre 1.6 e 1.9 micra, permanecendo invariável quando a preparação foi armazenada ate 6 meses sob refrigeração. O ponto isoelétrico dos poliedros de NPV de B. anticarsia, determinado a partir de gráfico de mobilidade versus pH e 4,5, sendo que em pHs superiores, as partículas estão carregadas negativamente. As dispersões foram secas por liofilização, spray dryer e estufa (27 C.). O...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Anticarsia gemmatalis; Baculovirus anticarsia; Caracterização; Controle biológico; Formulação; Inseto; Lagarta; Pó molhavel; Poliedro; Secagem; Soja.
Ano: 1989 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1046049
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etapas do desenvolvimento de uma formulação pó molhável para o Baculovirus anticarsia: secagem e caracterização da superfície do poliedro. Repositório Alice
MEDUGNO, C. C.; CASTRO, M. L.; GONZALEZ, G..
As primeiras etapas selecionadas para o estudo de uma formulação pó molhável foram a caracterização de superfície quanto a morfologia (MEV) e carga, e a influencia do método de secagem na dispersibilidade das partículas. O vírus foi obtido de lagartas infectadas (CNPSo) e purificado pelo método de Van der Geest. A dispersão resultante apresenta uma distribuição de tamanho entre 1.6 e 1.9 micra, permanecendo invariável quando a preparação foi armazenada ate 6 meses sob refrigeração. O ponto isoelétrico dos poliedros de NPV de B. anticarsia, determinado a partir de gráfico de mobilidade versus pH e 4,5, sendo que em pHs superiores, as partículas estão carregadas negativamente. As dispersões foram secas por liofilização, spray dryer e estufa (27 C.). O...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Caracterização; Poliedro; Anticarsia Gemmatalis; Baculovirus Anticarsia; Controle Biológico; Formulação; Inseto; Lagarta; Pó Molhável; Secagem; Soja.
Ano: 1990 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/10652
Registros recuperados: 42
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional