Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística da Reserva Municipal de Santa Genebra, Campinas, SP Rev. Bras. Bot.
Guaratini,Maria Tereza Grombone; Gomes,Eduardo Pereira Cabral; Tamashiro,Jorge Yoshio; Rodrigues,Ricardo Ribeiro.
O inventário florístico de um fragmento de floresta semidecídua foi conduzido durante o período de maio de 1996 a abril de 1998 em um hectare de floresta localizado na região central da Reserva de Santa Genebra (22º49'45" S e 47º06'33" W) a 580-610 m de altitude. Foram identificadas 201 espécies, distribuídas em 57 famílias e 147 gêneros. Fabaceae e Rubiaceae (18 espécies), Myrtaceae (14 spp.), Rutaceae (11 spp.), Solanaceae e Sapindaceae (nove spp.), Bignoniaceae, Meliaceae e Euphorbiaceae (oito spp.), Malvaceae (sete spp.) foram as famílias mais ricas. Cerca de 70% das espécies foram classificadas como secundárias tardias e secundárias tardias de sub-bosque. A comparação de espécies arbóreas com 25 fragmentos do Estado de São Paulo e Norte do Paraná...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Floresta semidecídua; Florística; Grupos sucessionais.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042008000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição florística das espécies vasculares e caráter sucessional da flora arbórea de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual no Sul do Brasil Rev. Bras. Bot.
Costa,Janete Teixeira; Estevan,Daniela Aparecida; Bianchini,Edmilson; Fonseca,Inês Cristina de Batista.
Foi realizado o levantamento florístico de espécies vasculares em remanescente urbano de Floresta Estacional Semidecidual no Parque Florestal de Ibiporã (23°15'71" S e 51°01'83" W, entrada do Parque), entre maio de 2006 e maio de 2008. As espécies foram classificadas quanto às formas de vida e, as espécies arbóreas, em categorias sucessionais. Foram amostradas 176 espécies nativas, distribuídas em 147 gêneros e 57 famílias. Das espécies, 98% eram Angiospermas e 2% Pteridófitas. As famílias com maior riqueza em espécies foram Fabaceae (19), Bignoniaceae, Malvaceae (nove), Meliaceae e Rubiaceae (oito). Quanto às formas de vida, 53% eram espécies arbóreas, 16% herbáceas, 14% lianas, 13% arbustivas e 4% epífitas. A classificação das espécies arbóreas em grupos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Grupos sucessionais; Parque urbano; Remanescente florestal; Riqueza; Sucessão ecológica.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042011000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição espacial de um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Montana Ciência Rural
Machado,Sebastião do Amaral; Santos,Angelo Alberto Pacheco dos; Zamin,Naiara Teodoro; Nascimento,Rodrigo Geroni Mendes.
Este trabalho teve como objetivo analisar a distribuição espacial de um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Montana, bem como de três espécies de grupos sucessionais distintos pertencentes a ela, pela função K de Ripley. Os dados utilizados provêm de um censo realizado em um fragmento localizado no Campus Jardim Botânico da UFPR, Curitiba-PR, onde todas as árvores com DAP acima de 10cm foram georreferenciadas. Foi utilizada uma parcela de 4 ha para a análise da distribuição espacial da floresta bem como das espécies de Araucaria angustifolia (Bertol.) O. Kuntze (Araucária), Casearia Sylvestris Sw. (Cafezeiro) e Cedrela fissilis Vell. (Cedro). Foi analisada a relação espacial entre as espécies, bem como a relação espacial entre classes diamétricas destas....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Função k de Ripley; Floresta com araucária; Grupos sucessionais.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000600010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Temperatura ótima de germinação de sementes de espécies arbóreas brasileiras Rev. bras. sementes
Brancalion,Pedro Henrique Santin; Novembre,Ana Dionísia Da Luz Coelho; Rodrigues,Ricardo Ribeiro.
O objetivo neste trabalho foi avaliar os aspectos ecológicos e aplicados da temperatura na germinação de sementes de espécies arbóreas brasileiras. Foram analisadas informações, obtidas por meio de dados secundários, sobre o efeito da temperatura na germinação de 272 espécies arbóreas nativas e estabelecidas as relações da temperatura ótima com o bioma de ocorrência e com o grupo sucessional da espécie. As temperaturas de 25 °C e 30 °C foram as mais favoráveis para a germinação, havendo relação entre a temperatura ótima e o bioma de ocorrência da espécie, mas não entre essa temperatura e o grupo sucessional. Com base nos resultados, é possível indicar que o teste de germinação com sementes de espécies arbóreas brasileiras seja conduzido mediante o uso de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ecofisiologia; Análise de sementes; Sementes florestais; Dormência; Grupos sucessionais.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222010000400002
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional