Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de plantas daninhas em soja RR2 com diferentes herbicidas em pré e pós-emergência em aplicações únicas e sequenciais. Repositório Alice
METZ, L. H.; CAVALIERI, S. D.; IKEDA, F. S.; LIMA JUNIOR, F. M.; CHAPLA, M. V.; BALAN, M. A.; FONSECA, B. T. da.
A soja [Glycine max (L.) Merrill] é a cultura com maior área cultivada no Brasil, dando ao país o posto de segundo maior produtor mundial da oleaginosa, com uma produção de aproximadamente 111,0 milhões de toneladas na safra 2016/17 (Acomanhamento..., 2017). Contudo, para que a cultura expresse o seu máximo potencial produtivo, o controle de plantas daninhas é essencial, uma vez que essas podem causar danos quantitativos e qualitativos na produção. O método químico de controle de plantas daninhas, por meio da aplicação de herbicidas, é considerado como o principal, devido ao custo, agilidade e eficácia, podendo ser realizado em diferentes modalidades e épocas. Nesse contexto, a aplicação sequencial da dosagem fragmentada de herbicidas (50 a 60% da dosagem...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Soja RR2; Cultivar; Sorriso; Mato Grosso; Erva daninha; Soja; Glycine max; Variedade; Herbicida; Pré-emergência; Pós-emergência.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088744
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de plantas daninhas na cultura da seringueira, Hevea spp. na microrregião Alto Purus-Acre. II. Em condições de viveiro. Infoteca-e
CASTRO, F. de A.; CAMPOS, I. S..
Justifica-se esse estudo baseado na sensibilidade da cultura da seringueira a competição causada pelas plantas daninhas, principalmente no estádio inicial de desenvolvimento das plantas, além de se tentar de um método relativamente novo e pouco difundido na heveicultura brasileira. Neste trabalho, procurou-se estudar o efeito de diferentes doses e misturas de herbicidas, aplicados em pré e pós-emergência, objetivando maior eficiência no controle das plantas daninhas na cultura da seringueira, nas condições edafoclimáticas da Microrregião Alto Purus - Acre.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ruber tree; Caucho; Alto Purus; Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Seringueira; Hevea spp; Viveiro; Erva daninha; Defensivo; Herbicida; Pré-emergência; Pós-emergência; Nursery crops; Preemergent weed control; Postemergent weed control; Herbicides; Cultivos de viveros; Escarda preemergente; Escarda postemergente.
Ano: 1980 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/492296
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seletividade de herbecidas aplicados em pós-emergência sobre gramíneas forrageiras tropicais. Repositório Alice
ALVES, E.; MARTINS, D.; SOUZA, F. H. D. de..
2002
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Forrageiras tropicais; Herbecidas; Aplicação; Pós-emergência.
Ano: 2002 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/46169
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência para crotalaria ochroleuca visando o consórcio com milho. Repositório Alice
BALAN, M. A.; CAVALIERI, S. D.; IKEDA, F. S.; METZ, L. H.; FONSECA, B. T. da; LIMA JUNIOR, F. de M.; SILVA, J. N. da; FERNANDES, D. O..
O gênero Crotalaria é um dos maiores da família Fabaceae com cerca de 690 espécies distribuídas em regiões tropicais e subtropicais (Garcia et al., 2013). Dentre as espécies com importância para a agricultura brasileira, destaca-se a Crotalaria ochroleuca, que possui benefícios, como o aporte de nutrientes no solo (Santos et al., 2010), a produção de palha para o plantio direto (Gitti et al., 2012), o manejo de plantas daninhas devido à capacidade competitiva (Mosjidis; Wehtje, 2011) e o potencial nematicida, sendo eficiente no manejo dos nematoides das lesões radiculares e formadores de galha (Wang et al., 2003). O cultivo de crotalária é, portanto, recomendado para os sistemas de sucessão/rotação de culturas. As espécies de crotalária têm também...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Crotalaria ochroleuca; Consorcio; Sinop; Mato Grosso; Herbicida; Pré-emergência; Pós-emergência; Crotalaria; Milho; Rotação de cultura; Sistema de cultivo.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088740
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seletividade de herbicidas aplicados em pré-emergência para crotalaria spectabilis visando o consórcio com milho. Repositório Alice
BALAN, M. A.; CAVALIERI, S. D.; IKEDA, F. S.; METZ, L. H.; FONSECA, B. T. da; LIMA JUNIOR, F. de M.; SILVA, J. N. da; FERNANDES, D. O..
As espécies de plantas do gênero Crotalaria vem sendo estudas e utilizadas nos sistemas de produção agrícola como plantas de cobertura/adubo verde para melhoria da estrutura do solo, fixação biológica de nitrogênio, reciclagem de nutrientes, manejo de nematoides e supressão de plantas daninhas. Além disso, apresentam grande potencial para ser utilizadas em sistemas de consórcio com culturas, especialmente com o milho. Isso possibilita o melhor aproveitamento do ano agrícola, tendo no mesmo período, o retorno econômico com a produção de grãos e os benefícios desse adubo verde (Telhado, 2007). A Crotalaria spectabilis caracteriza-se por apresentar porte arbustivo mediano (0,6 a 1,5 m), raiz pivotante profunda capaz de romper camadas compactadas e crescimento...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sinop; Mato Grosso; Herbicida; Pré-emergência; Pós-emergência; Crotalaria; Milho; Rotação de cultura; Sistema de cultivo.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088749
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional