Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 31
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Artigo exclusivo todafruta: pessegueiro no mundo e no Brasil. Infoteca-e
RASEIRA, M. do C. B.; BELARMINO, L. C.; FRANZON, R. C..
bitstream/item/176080/1/Maria-do-Carmo-Bassols-Raseira-Artigo-exclusivo-TodaFruta-pessegueiro-no-mundo.pdf
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pessegueiro.
Ano: 2018 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1090964
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BRS Kampai: cultivar de pessegueiro. Infoteca-e
bitstream/item/54904/1/FOLDER-CRIS-MARIA-DO-CARMO-OK-BRS-KAMPAI.pdf
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pessegueiro; BRS Kampai.; Pêssego; Variedade..
Ano: 2010 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/915980
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento do pessegueiro (Prunus persica L. Batsch) cv. Chimarrita em diferentes sistemas de condução Rev. Bras. Frutic.
Giacobbo,Clevison Luiz; Faria,João Luiz Carvalho; Conto,Oberdan de; Barcellos,Roberto Fossa de; Gomes,Fernando Rogério Costa.
A persicultura, no Brasil, é praticada há bastante tempo, porém poucos estudos foram realizados visando alternativas de manejo nos pomares para aumento de produtividade. Este trabalho teve por objetivo avaliar o desenvolvimento anual do diâmetro do tronco e produção nos terceiro e quarto anos, em pessegueiro cv. Chimarrita, enxertado sobre o porta-enxerto Capdeboscq. Foram avaliados quatro sistemas de condução: I - espaçamento de 0,5 m entre plantas, conduzido em 'Áxis colunar'; II e III - 1,0 m e 2,0 m, respectivamente, conduzidos em 'Y' e IV - 4,0 m em 'Vaso' (sistema tradicional). Entre as linhas de plantio o espaçamento foi constante de 5,0 m para todos os sistemas de condução. O pomar foi implantado em julho de 1997 na Fazenda experimental do Centro...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pessegueiro; Sistema de condução; Densidade de plantio; Aspectos produtivos.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação da umidade do solo em pomar de pessegueiro utilizando cobertura morta de aveia preta. Infoteca-e
HERTER, F. G.; HELBIG, V. E.; CARVALHO, F. L. C.; PEREIRA, I. dos S..
bitstream/CPACT/11047/1/COMUNICADO_136.pdf
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pessegueiro; Aveia preta.; Cobertura Morta..
Ano: 2006 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/746136
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Danos de Grapholita molesta (Busck) (Lepidoptera: Tortricidae) em seis cultivares de pessegueiro em Araucária, Paraná Rev. Bras. Frutic.
Poltronieri,Alex Sandro; Schuber,Joselia Maria; Monteiro,Lino Bittencourt; May De Mio,Louise Larissa.
Estudaram-se a ocorrência e os danos de Grapholita molesta (Lepidoptera: Tortricidae) em pomar comercial de pessegueiros com seis cultivares de ciclos de maturação de frutos precoce ('São Pedro'), médio ('Chimarrita', 'Ouro', 'Coral' e 'Marli') e tardio ('BR II'), no município de Araucária-PR. Foram sorteadas cinco plantas por cultivar para serem avaliados os danos em brotações e frutos. Os danos foram acumulados e avaliados em três fases: pré-raleio, endurecimento do caroço e colheita. Os resultados mostraram que houve um nível diferenciado no ataque de G. molesta em brotações e frutos, entre as cultivares. As avaliações de danos em brotações mostraram que, até a fase de colheita, a cultivar Ouro foi a mais atacada, sendo superada pela 'Chimarrita' quando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mariposa-oriental; Pessegueiro; Suscetibilidade.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Detecção e caracterização molecular dos genes da proteína capsidial de ilarvírus e ampelovírus que infectam fruteiras temperadas Ciência Rural
Fajardo,Thor Vinícius Martins; Nickel,Osmar; Eiras,Marcelo.
Dentre os principais patógenos que incidem em fruteiras temperadas, destacam-se o Prune dwarf virus (PDV), o Apple mosaic virus (ApMV) e o Grapevine leafroll-associated virus 1 (GLRaV-1). Neste trabalho foram realizadas a detecção e a caracterização molecular dos genes da proteína capsidial de isolados destas três espécies virais. RNAs totais foram extraídos de amostras de folhas de pessegueiros, macieiras e videiras e, nas reações de RT-PCR, foram utilizados oligonucleotídeos específicos para cada espécie viral. Os cDNAs amplificados foram clonados e sequenciados. Foram verificadas altas identidades entre as sequências de nucleotídeos dos genes da proteína capsidial dos isolados brasileiros de PDV, ApMV e GLRaV-1 e isolados de outros países, independente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: PDV; ApMV; GLRaV-1; Pessegueiro; Macieira; Videira.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS E DIFERENTES DOSES NO CONTROLE DE MONILINIA FRUCTICOLA (WINT) SOBRE FRUTOS DO PESSEGUEIRO (PRUNUS PERSICAE VAR. VULGARIS), EM PÓS-COLHEITA Ciência Rural
Balardin,Ricardo Silveiro; Balardin,Clarice Regina Rubin; Chaves,Luiz Carlos Silva.
RESUMO Foi conduzido experimento para avaliar a eficiência agronômica de Triflumizole, Dicloran, Procymidone e Thiabendazole, em diferentes doses, no controle da podridão parda do pessegueiro, cultivar Diamante. Foi utilizado o delineamento experimental blocos ao acaso com quatro repetições. A unidade experimental foi composta por dez frutos. Os produtos foram aplicados através da imersão dos frutos na calda fungicida. Após, os frutos foram inoculados por meio de ferimento superficial e com inóculo obtido de frutos infectados a campo. Os parâmetros utilizados para avaliação foram o número de frutos infectados, relação entre o diâmetro total do fruto; presença de resíduo de fungicida visível no tegumento dos frutos. Os resultados obtidos permitiram concluir...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Controle pós-colheita; Podridão parda; Pessegueiro.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Emergência de plântulas de porta-enxertos de pessegueiro submetidos a diferentes períodos de estratificação Rev. Ciênc. Agron.
Fischer,Doralice Lobato de Oliveira; Rossarolla,Márcia Denise; Fischer,Claudiomar; Oliveira,Elaine Lobato de; Giacobbo,Clevison Luiz.
Objetivou-se com este trabalho, avaliar a germinação e o desenvolvimento de plantas oriundas de duas cultivares de pessegueiro 'Capdeboscq' e 'Okinawa' sob diferentes períodos de armazenamento, em viveiro comercial da empresa Frutplan Mudas Ltda, em Pelotas - RS, no período de maio a dezembro de 2009. Os caroços das duas cultivares foram armazenados em embalagens de papel por um período de 120 dias, sendo realizados os seguintes procedimentos: 10 dias de temperatura ambiente + 110 dias de frio; 40 dias de temperatura ambiente + 80 dias de frio; 70 dias de temperatura ambiente + 50 dias de frio; 100 dias de temperatura ambiente + 20 dias de frio e 120 dias de temperatura ambiente. Utilizando câmara fria programada para 6 ± 2 °C. O experimento foi conduzido...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pessegueiro; Armazenamento; Germinação.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902013000100025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento in vitro de porta-enxertos de Prunus Rev. Bras. Frutic.
Rogalski,Marcelo; Moraes,Liziane Kadine Antunes de; Feslibino,Claudia; Crestani,Leandro; Guerra,Miguel Pedro; Silva,Aparecido Lima da.
Na micropropagação de Prunus sp., o enraizamento tem sido considerado uma fase crítica, pois determina a sobrevivência das plantas durante a aclimatização. Dentre os fatores importantes ao enraizamento in vitro, destacam-se o genótipo e as auxinas por serem determinantes na indução e na formação de raízes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes concentrações de IBA no enraizamento in vitro dos porta-enxertos de espécies do gênero Prunus: cultivares Capdeboscq e GF677, e seleções VP411 e VP417. Para o enraizamento in vitro, brotos com 2-3cm de comprimento foram introduzidos em meio de Lepoivre suplementado com 0,1; 0,5; 1,0 e 2,0 mg.L-1 IBA. Observou-se que o porta-enxerto 'Capdeboscq' apresentou maior taxa de enraizamento e maior...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pessegueiro; IBA; Rizogênese; Micropropagação; Genótipo.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento e multiplicação in vitro de porta-enxertos de Prunus Rev. Bras. Frutic.
Silva,Aparecido Lima da; Rogalski,Marcelo; Moraes,Liziane Kadine Antunes de; Feslibino,Claudia; Crestani,Leandro; Guerra,Miguel Pedro.
A qualidade genética e sanitária das mudas é de fundamental importância para o sucesso da fruticultura moderna. Para o pessegueiro, a micropropagação vem permitindo a produção clonal massal de plantas, com matrizes e mudas de qualidade genética-sanitária comprovada. O presente trabalho objetivou avaliar a taxa de sobrevivência de explantes no estabelecimento in vitro, bem como avaliar o potencial de multiplicação in vitro de porta-enxertos de Prunus. Explantes constituídos por ápices caulinares e gemas laterais dos porta-enxertos Capdeboscq e GF677 e da seleção VP411 foram estabelecidos e multiplicados in vitro em meio de cultura de Lepoivre suplementado com BAP (0,5 mg.L-1). A taxa média de sobrevivência para os porta-enxertos foi 62,9% para ápices...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pessegueiro; Porta-enxertos; BAP; Micropropagação; Mudas.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000200029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento e multiplicação in vitro de Prunus sp. em diferentes meios de cultivo Rev. Bras. Frutic.
Rodrigues,Alexandre Couto; Silveira,Carlos Augusto Posser; Fortes,Gérson Renan de Luces; Fachinello,José Carlos; Silva,João Baptista da.
O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar diferentes meios de cultivo no estabelecimento e multiplicação in vitro de espécies do gênero Prunus. Os segmentos nodais de 1,0 cm foram mantidos sob luz fluorescente com radiação de 20 mE.m-2.s-1, fotoperíodo de 16 horas e temperatura de 25±2ºC. No estabelecimento, testaram os meios MS, MS ¾, SH e Villegas, e na multiplicação: SH e MS ¾. O meio MS ¾ foi testado em diferentes concentrações de ágar (4,5; 5,5; 6,5 g.L-1). Avaliaram-se as percentagens de estabelecimento dos explantes, contaminação, oxidação e segmentos não brotados. O meio Villegas apresentou menor oxidação durante o período de estabelecimento in vitro. Com o meio MS ¾, verificou-se maior percentagem de estabelecimento dos explantes. Na fase...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pessegueiro; Ameixeira; Micropropagação.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000100037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabelecimento in vitro de porta-enxertos de Prunus sp. Rev. Bras. Frutic.
Couto,Marcelo; Brahm,Rafael Ucker; Oliveira,Roberto Pedroso de.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o estabelecimento in vitro de cinco cultivares de porta-enxerto de Prunus sp. em variações de dois meios de cultura. O material vegetal foi obtido de plantas-matrizes cultivadas em telado, sendo a desinfestação realizada em soluções à base de álcool e hipoclorito de sódio. Utilizou-se um esquema fatorial 5 x 2 (cultivares Aldrighi, Barrier, Capdeboscq, Flordaguard e GF677 x formulações salinas ½MS e QL), distribuído em blocos casualizados, compostos por quatro repetições, com cinco tubos de ensaio cada uma, sendo inoculado um segmento nodal por tubo. O cultivo dos explantes foi realizado por quatro semanas, em ambiente com 20 µEm-2s-1, 24 ± 4ºC e fotoperíodo de 16 horas. Independentemente do meio de cultivo, os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cultura de tecidos; Pessegueiro; Porta-enxerto.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000300047
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flutuação populacional e danos de Grapholita molesta (Lepidoptera: tortricidae) em dois sistemas de produção de pessegueiros Rev. Bras. Frutic.
Poltronieri,Alex Sandro; Monteiro,Lino Bittencourt; May-de-Mio,Louise Larissa.
Com o objetivo de conhecer a flutuação populacional de Grapholita molesta e verificar a fase fenológica do pessegueiro mais sensível ao ataque do inseto, em dois sistemas de produção, selecionaram-se quatro pomares de pessegueiro, sendo dois conduzidos no sistema de produção convencional (PC) e dois no sistema de boas práticas agrícolas (BPA), durante as safras de 2005/06 e 2006/07, em Araucária-PR. Para verificar a flutuação, foram instaladas duas armadilhas modelo Delta por pomar, iscadas com feromônio sexual sintético, onde se registravam semanalmente as capturas dos adultos de G. molesta. Para determinar a fase mais sensível do pessegueiro ao ataque de G. molesta, foram avaliados as brotações e os frutos do ramo primário voltado para o poente, em vinte...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mariposa-oriental; Pessegueiro; Danos.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do ácido indolbutírico e ethefon no enraizamento de estacas de pessegueiro (Prunus persica (L.) Batsch) Ciência Rural
Tonietto,Adilson; Dutra,Leonardo Ferreira; Kersten,Elio.
Este trabalho foi conduzido no Departamento de Fitotecnia da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, em estufa com nebulização intermitente, com o objetivo de verificar o efeito do ácido indolbutírico(AIB) e ethefon (ácido 2-cloroetil fosfônico) no enraizamento de estacas de ramos de pessegueiro. Utilizou-se estacas medianas retiradas de ramos de plantas com seis anos de idade, da cultivar Diamante, com comprimento de 15cm. Efetuou-se duas lesões laterais na base das estacas que foram tratadas com ácido indolbutírico nas concentrações 0; 1000; 2000 e 3000ppm, na forma líquida e, ethefon nas concentrações de 0; 50; 100 e 150ppm. Após a imersão de 5 segundos, acondicionou-se as estacas em sacos de polietileno contendo como...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estacas; Ácido odolbutírico; Ethefon; Enraizamento; Pessegueiro.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781997000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do manejo do solo e da intensidade de raleio de frutas, no crescimento e qualidade de pêssegos, cvs. Cerrito e Chimarrita Rev. Bras. Frutic.
Gomes,Fernando Rogério Costa; Fachinello,José Carlos; Medeiros,Antônio Roberto Marchese de; Giacobbo,Clevison Luiz; Santos,Ivan Pereira dos.
Com o objetivo de avaliar a influência das práticas de manejo do solo e intensidades de raleio de frutas no crescimento e classificação comercial de pêssegos das cultivares Cerrito e Chimarrita, foi instalado o experimento em pomares de pessegueiros (Prunus persica L. Batsch), localizados no município de Pelotas-RS. Nestes, parcelas de solo vêm sendo manejadas desde 1996, com cobertura de aveia-preta (Avena strigosa Schreb), sistema de produção integrada de pêssego (PIP) e parcelas mantidas com gradagens, arações e emprego de herbicidas, sistema convencional (PC). As plantas, nos dois sistemas de manejo do solo (PIP e PC), foram submetidas a três intensidades de raleio de frutas, tomando-se por referência a relação, o número de frutas.cm-2 de área da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pessegueiro; Produção integrada; Tipificação; Curvas de crescimento.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452005000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Morfologia do pólen de pessegueiro (Prunus persica) obtida pela utilização de microscopia eletrônica de varredura. Infoteca-e
CASTRO, L. A. S. de; RASEIRA, M. do C. B.; ABRANTES, V. L.; ROCHA, N. E. M..
bitstream/item/31061/1/Comunicado-130.pdf
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Pessegueiro.
Ano: 2005 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/746140
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Multiplicação in vitro de porta-enxertos do gênero Prunus sob baixas concentrações e diferentes tipos de auxinas Rev. Bras. Frutic.
Silveira,Carlos Augusto Posser; Fortes,Gérson Renan de Luces; Fachinello,José Carlos; Rodrigues,Alexandre Couto; Citadin,Idemir; Quezada,Alberto Centellas; Silva,João Baptista da.
Experimentos testando o tipo de auxina (AIB, AIA e ANA) e concentração (0; 0,01; 0,1 e 1,0 mM) foram realizados para cada um dos quatro porta-enxertos utilizados (G x N22, Mr.S 2/5, Marianna e Mirabolano). Cada porta-enxerto constituiu-se num experimento, uma vez que, apesar de ser o mesmo meio básico, MS ¾, com exceção de Marianna, onde o meio foi o MS, as concentrações da citocinina BAP foram diferentes. A cada meio, foram adicionados os tipos e as concentrações das auxinas a serem testadas. Os porta-enxertos apresentaram comportamentos distintos quanto ao tipo e concentração das auxinas. O AIB e o AIA foram superiores ao ANA nas variáveis analisadas. Na fase de multiplicação, o 'Mirabolano' não respondeu a concentrações de auxinas de até 1,0 mM. O 'G x...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Auxinas; Pessegueiro; Cultura de tecidos; Cultivo in vitro.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452002000300006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE PORTA-ENXERTOS DO GÊNERO PRUNUS SOB DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE BAP EM DOIS MEIOS DE CULTURA Rev. Bras. Frutic.
FACHINELLO,JOSÉ CARLOS.
Este trabalho teve como objetivo determinar a melhor concentração de BAP (6-benzilaminopurina) e meio de cultura para a multiplicação in vitro de porta-enxertos de Prunus sp., recentemente introduzidos no Brasil. Os porta-enxertos G x N22, GF 677, Mr.S 2/5, Marianna e Mirabolano foram testados em dois meios de cultura, meio MS e meio MS ¾ (reduzido em 25% dos sais do meio inteiro), combinados com quatro concentrações da citocinina BAP: 0,1; 0,3; 0,5 e 0,7 mg.L-1. Observou-se que os genótipos apresentaram comportamentos diferentes entre si em relação às concentrações de BAP e aos meios. Concluiu-se que, para os porta-enxertos G x N22 e Mr.S 2/5, o melhor meio de multiplicação é o MS ¾ com BAP na concentração de 0,7 mg.L-1; para o porta-enxerto Marianna, o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Citocinina; Pessegueiro; Cultura de tecidos.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452001000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Multiplicação in vitro do porta-enxerto de Prunus spp. 'Carelli' Rev. Bras. Frutic.
Teixeira,Paulo de Tarso; Silva,Aparecido Lima da; Ducroquet,Jean-Pierre Henri Joseph; Guerra,Miguel Pedro.
No Brasil, a falta de porta-enxertos para as Prunáceas, principalmente de origem clonal, tem incentivado a seleção de novas variedades e o uso de técnicas de cultura in vitro para a propagação. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de multiplicação in vitro do porta-enxerto 'Carelli' sob efeito de diferentes concentrações da citocinina 6-benzilaminopurina (BAP). Segmentos nodais com 0,5 cm de comprimento foram inoculados em meio de cultura de Lepoivre, suplementado com 0,0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 mg.L-1 BAP. Estes segmentos nodais são oriundos de plântulas preestabelecidas in vitro, após duas subculturas em meio de cultura de Lepoivre, suplementado com 0,5 mg.L-1 de BAP. As avaliações para número de brotos por explante e altura...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Pessegueiro; Micropropagação; Mudas.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000200050
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Multiplicação in vitro dos porta-enxertos de Prunus sp. 'Barrier' e 'Cadaman' Rev. Bras. Frutic.
Couto,Marcelo; Oliveira,Roberto Pedroso de; Fortes,Gerson Renan de Luces.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de estabelecer a melhor concentração de sais do meio MS e da citocinina BAP para a multiplicação dos porta-enxertos de Prunus sp. 'Barrier' e 'Cadaman'. Segmentos nodais foram introduzidos em tubos de ensaio contendo 10 mL de meio de cultura com variações na concentração de sais (MS; ½MS; e 2/3MS) combinadas com cinco concentrações de BAP (0; 1,5; 2,5; 3,5 e 4,5 miM). Utilizou-se um fatorial 2x3x5, distribuído em blocos casualizados, compostos por quatro repetições contendo cinco tubos de ensaio cada uma, sendo inoculado um segmento nodal por tubo. As avaliações foram realizadas após cinco semanas de cultivo em ambiente com intensidade luminosa de 20 miE m-2 s-1, fotoperíodo de 16 horas e temperatura de 24 ± 4ºC....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: 6-benzilaminopurina; Cultura de tecidos; Micropropagação; Pessegueiro.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000100004
Registros recuperados: 31
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional