Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acúmulo de prolina em cultivares de girassol sob condições edafoclimaticas de Sergipe. Infoteca-e
CARVALHO, L. M. de; ARAUJO, S. B. de; SANTOS, R. E. M. dos; CARVALHO, H. W. L. de; CARVALHO, C. G. P..
bitstream/item/221656/1/BP-160-20-Tabuleiros-Costeiros.pdf
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Girassol; Produção; Prolina.
Ano: 2020 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1129413
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações bioquímicas de plantas e morfológicas de gemas de cafeeiro associadas a eventos do florescimento em resposta a elementos meteorológicos Ciência Rural
Nascimento,Marilza Neves do; Alves,José Donizeti; Soares,Ângela Maria; Castro,Evaristo Mauro de; Magalhães,Marcelo Murad; Alvarenga,Amauri Alves de; Silva,Guilherme Henrique.
O florescimento do cafeeiro envolve diversos fatores, tanto da planta como do ambiente. A compreensão das interações entre esses fatores pode contribuir para o desenvolvimento de práticas de manejo mais dequadas, principalmente em relação à irrigação. Tais práticas podem vir a promover uma uniformização da floração, conseqüentemente uniformização da maturação dos frutos, minimizando os custos de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar alterações morfológicas de gemas, síntese de prolina e de ácido abscísico em plantas de cafeeiros em resposta a elementos meteorológicos, visando assim contribuir para o conhecimento de fatores que influenciam a uniformização da floração. Foram feitas análises, por meio de técnicas de microscopia eletrônica de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Morfologia de gema; Ácido abscísico; Prolina; Estresse hídrico; Indução floral; Floração uniforme.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000500015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aminoácidos livres e uréia durante a fermentação de mosto de Chardonnay com diferentes leveduras Ciênc. Tecnol. Aliment.
DUTRA,Sandra Valduga; DAUDT,Carlos Eugenio; SOUZA,Marcelo.
A análise de aminoácidos e uréia durante a fermentação da cultivar Chardonnay, fermentada com diferentes leveduras, foram os principais objetivos deste trabalho. Os mostos foram coletados em Santana do Livramento, RS, transportados para a UFSM; lá foram divididos em dois lotes aos quais foram adicionadas diferentes leveduras: Saccharomyces cerevisiae Fermol Bouquet e Saccharomyces cerevisiae D47. O aminoácido encontrado no mosto em maior quantidade foi a prolina (327 mg/L) seguido por treonina, arginina e alanina (239 mg/L). A maioria dos aminoácidos foi consumida pelas leveduras, logo após o início da fermentação. A liberação máxima de uréia no meio coincidiu com o máximo de consumo de arginina, que para a levedura Fermol Bouquet foi com 15ºBrix e para a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aminoácidos; Arginina; Prolina; Uréia; Mosto; Vinho.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611999000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ATIVIDADE DE PEROXIDASES (EC 1.11.1.7) E TEOR DE PROLINA EM FEIJOEIRO Phaseolus vulgaris L. CULTIVADO EM CONDIÇÕES DE SALINIDADE Scientia Agricola
ROSSI,C.; LIMA,G.P.P.; HAKVOORT,D.M.R..
Alterações nos níveis de prolina e na atividade da peroxidase foram estudadas em folhas e raízes de feijoeiro em função da resposta à salinidade do meio. A atividade da peroxidase (E.C. 1.11.1.7) e o teor de prolina das folhas foi maior do que nas raízes. Os resultados mostraram que a atividade da peroxidase diminuiu, enquanto os teores de prolina aumentaram gradualmente nas plantas cultivadas em meio salino. Ocorreu diminuição do teor de potássio e aumento de sódio nos órgãos analisados, com o aumento da concentração salina.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Peroxidases; Prolina; Salinidade.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ATIVIDADE DE PEROXIDASES (EC 1.11.1.7) E TEOR DE PROLINA NO EMBRIÃO E COTILÉDONES DE FEIJOEIRO Phaseolus vulgaris L. EM CONDIÇÕES DE SALINIDADE Scientia Agricola
LIMA,G.P.P.; ROSSI,C.; HAKVOORT,D.M.R..
Os efeitos da salinidade sobre a atividade de peroxidases foram acompanhadas no embrião e em cotilédones de feijoeiro Phaseolus vulgaris L. cv. Carioca, observando-se em ambos, aumento na atividade das enzimas. Com relação ao teor de prolina, ocorreu decréscimo constante no embrião de feijoeiro cultivado em condições salinas, entretanto, nos cotilédones, verificou-se aumento progressivo em condições de presença ou ausência de salinidade.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Feijoeiro; Peroxidases; Salinidade; Prolina.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161997000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de calos embriogênicos de milho submetidos ao estresse salino Scientia Agricola
Bezerra,Josabete Salgueiro; Willadino,Lília; Camara,Terezinha Rangel.
A salinidade do solo é um problema muito importante em áreas irrigadas do semi-árido brasileiro, onde o milho é uma cultura de subsistência. Este trabalho teve como objetivo estudar o efeito de concentrações de NaCl sobre calos embriogênicos, da cultivar Jatinã C3 Anão, uma importante cultivar de milho no Nordeste do Brasil. A indução dos calos foi feita a partir de embriões imaturos assepticamente retirados das sementes e inoculados em meio de cultura N6 suplementado com 2 mg L-1 de 2,4-D. Os calos embriogênicos foram submetidos a diferentes concentrações de cloreto de sódio (0; 50; 100; 150 e 200 mmol L-1 de NaCl), com três repetições durante 60 dias. Os calos submetidos a 100 mmol L-1 de NaCl apresentaram aumento no conteúdo de prolina na ordem de 37%...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Zea mays; Salinidade; Embriogênese somática; Prolina.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162001000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Doses de N e K no tomateiro sob estresse salino: I. Concentração de nutrientes no solo e na planta AGRIAMBI
Blanco,Flávio F.; Folegatti,Marcos V.; Henriques Neto,Diolino.
Em geral, culturas tolerantes à salinidade geralmente apresentam maiores teores foliares de certos nutrientes, sugerindo que a adubação em culturas sensíveis poderia elevar os teores desses nutrientes nas folhas, aumentando sua tolerância aos sais. Este trabalho teve o objetivo de estudar os efeitos do N e do K na condutividade elétrica, pH e concentração de nutrientes da solução do solo e nos teores de nutrientes e prolina nas folhas do tomateiro irrigado com água salina. Os tratamentos foram compostos da combinação de três níveis de N (7,5; 15,0 e 22,5 g por planta) e de K (8, 16 e 24 gK2O por planta) aplicados via fertirrigação por gotejamento, no esquema fatorial 3 x 3, com cinco repetições, sendo que à água de irrigação foram adicionados os sais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lycopersicon esculentum; Prolina; Nutrição de plantas.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662008000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecofisiologia de plantas jovens de mogno-africano submetidas a deficit hídrico e reidratação PAB
Albuquerque,Marcos Paulo Ferreira de; Moraes,Fabrícia Kelly Cabral; Santos,Rodolfo Inácio Nunes; Castro,Gledson Luiz Salgado de; Ramos,Edson Marcos Leal Soares; Pinheiro,Hugo Alves.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de plantas jovens de mogno-africano (Khaya ivorensis) em recuperar seu status hídrico e trocas gasosas após período de deficit hídrico. Plantas com aproximadamente 315 dias, irrigadas (controle) e não irrigadas, foram avaliadas aos 14 dias da suspensão da irrigação e após um, três e sete dias da retomada da irrigação (reidratação). No dia 14, o potencial hídrico foliar de antemanhã (Ψam) das plantas estressadas foi reduzido a -2,66 MPa. Com a restrição hídrica, foram observadas reduções significativas no conteúdo relativo de água na antemanhã (redução de 32%), na taxa de assimilação líquida de CO2 (90%), na condutância estomática (95%), na transpiração (93%) e na razão entre concentração intercelular e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Khaya ivorensis; Ajustamento osmótico; Prolina; Solutos compatíveis; Status hídrico; Trocas gasosas.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2013000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efectos de iones y sales en la productividad y acumulación de prolina en Lippia gaveolens H.B.K. Phyton
Valdés Oyervides,FJ; Rivas Morales,C; Benavides Mendoza,A; Núñez González,MA; Verde Star,J; Oranday Cárdenas,A; Robledo Torres,V.
Se investigaron cuatro condiciones de manejo para evaluar los efectos de estrés sobre la producción de biomasa, aceites esenciales, timol y carvacrol, y acumulación de prolina en Lippia graveolens H.B.K. bajo condiciones de invernadero. En un diseño bifactorial se evaluaron cuatro condiciones o ambientes (Factor B): Solución nutritiva comercial (B0); Agua (B1); estrés moderado (B2) e intermedio (B3), anidados en condiciones estresantes (Factor A): salinidad (NaCl) y concentración iónica (Cu2+) y (Fe2+). La producción de peso fresco y número de hojas fue reducida por el NaCl y las concentraciones de Cu2+ y Fe2+. Sin embargo, en el promedio de los cuatro ambientes no se observaron diferencias significativas. La cantidad de aceites esenciales fue...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Orégano; Sales; Metales; Timol; Carvacrol; Prolina.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1851-56572012000200009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do estresse salino sobre a concentração de pigmentos e prolina em folhas de arroz Bragantia
Lima,Maria da Graça de Souza; Lopes,Nei Fernandes; Bacarin,Marcos Antonio; Mendes,Cristina Rodrigues.
O experimento foi desenvolvido em casa de vegetação com as cultivares BRS Bojurú, IAS 12-9 Formosa e BRS Agrisul, a fim de analisar o efeito da concentração de NaCl (0, 25, 50, 75 e 100 mM) nos teores de clorofilas, carotenóides totais e de prolina, determinados a 30 dias após salinização do solo. A salinidade reduziu fortemente o teor de clorofilas e carotenóides totais no genótipo Agrisul, mas esses pigmentos não foram afetados no Bojurú e Formosa pela concentração salina. O teor de prolina foi maior na cultivar Agrisul do que nas cultivares Bojurú e Formosa e acentuou-se com o incremento na concentração de NaCl. Foi verificada uma concentração salina limiar que inicia o processo de acúmulo de prolina nas folhas, sendo de 50 mM para a cultivar BRS...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Oryza sativa; Pigmentos fotossintéticos; Prolina; Salinidade.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052004000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fisiología comparada de una línea celular clorofílica y una mutante amarilla del zacate Bouteloua gracilis (Kunth) Lag. ex Griffiths en condiciones de estrés osmótico. Colegio de Postgraduados
Jiménez Francisco, Betzaida.
Las suspensiones celulares clorofílicas de plantas superiores son una herramienta valiosa para estudiar las respuestas y señales a estrés hídrico asociadas con el cloroplasto. Debido a su importancia metabólica los cloroplastos actúan como sensores de los cambios ambientales y de las redes complejas de señales que coordinan las actividades celulares y ayudan a la célula durante el estrés. En el presente trabajo se realizó la caracterización fisiológica de dos líneas celulares en suspensión del zacate B. gracilis, que se caracterizan, una por ser altamente clorofílica y, la otra, una mutante deficiente de clorofila; se estudió el efecto de la deficiencia de clorofila en la respuesta al estrés osmótico mediante la evaluación de las relaciones hídricas,...
Palavras-chave: Estrés hídrico; ABA; Prolina; Biogénesis de cloroplasto; Biosíntesis de clorofila; Pigmentos fotosintéticos; Drought stress; Proline; Chloroplast biogenesis; Chlorophyll biosynthesis; Photosynthetic pigments; Botánica; Maestría.
Ano: 2013 URL: http://hdl.handle.net/10521/1976
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fotossíntese e acúmulo de solutos em feijoeiro caupi submetido à salinidade PAB
Souza,Rogéria Pereira; Machado,Eduardo Caruso; Silveira,Joaquim Albenísio Gomes; Ribeiro,Rafael Vasconcelos.
O objetivo deste trabalho foi determinar as respostas fotossintéticas e a acumulação de carboidratos, íons salinos e prolina em feijoeiro caupi (Vigna unguiculata) submetido à salinidade. As plantas foram submetidas à quatro tratamentos, dos 28 aos 35 dias de idade: 0, 50, 100 e 200 mmol L-1 de NaCl. Avaliaramse as trocas gasosas, a emissão de fluorescência pela clorofila a, o potencial hídrico foliar, e as concentrações de carboidratos, Na+, Cl- e prolina nas folhas. Os tratamentos não tiveram efeito sobre a eficiência quântica potencial do fotossistema II, mas causaram leve diminuição na eficiência quântica efetiva e maior dissipação do excesso de energia de excitação por processos não fotoquímicos. As concentrações foliares de amido diminuíram, e as de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Vigna unguiculata; Condutância estomática; Eficiência de carboxilação; Fluorescência da clorofila; Prolina; Trocas gasosas.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2011000600003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Indicadores fisiológicos da interação entre deficit hídrico e acidez do solo em cana-de-açúcar PAB
Carlin,Samira Domingues; Santos,Durvalina Maria Mathias dos.
O objetivo deste trabalho foi avaliar os indicadores fisiológicos da interação entre deficit hídrico e acidez do solo em plantas jovens de cana-de-açúcar. As plantas foram submetidas a três tratamentos de disponibilidade hídrica, medidos em percentagem de capacidade de campo (CC) - sem estresse (70% CC), estresse moderado (55% CC) e estresse severo (40% CC); e três tratamentos de acidez no solo, medidos em termos de saturação por bases (V) - baixa acidez (V = 55%), média acidez (V = 33%) e alta acidez (V = 23%). O experimento foi realizado em casa de vegetação a 29,7±4,3ºC e 75±10% UR. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 3x3, com quatro repetições. Após 60 dias, foram determinados os teores de solutos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Saccharum; Glicina betaína; Prolina; Solutos compatíveis; Toxicidade do alumínio; Trealose.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2009000900006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do tempo de aclimatação na resposta do cajueiro à salinidade AGRIAMBI
Brilhante,Jean C. A.; Silveira,Joaquim A. G.; Rocha,Iza M. A.; Morais,Déborah L. de; Viégas,Ricardo A..
A resposta das plantas à salinidade depende de fatores fisiológicos, bioquímicos e genéticos. Com este trabalho, objetivou-se estudar o impacto do tempo de aclimatação à solução nutritiva sobre a resposta do cajueiro à salinidade. Plantas de Anarcadium occidentale L., CCP06, cultivadas em vermiculita durante 28 dias, foram transferidas para solução nutritiva de Hoagland com 1/10 de sua força iônica, onde permaneceram por 1 e 7 dias. Ao final dos dois tempos, a solução nutritiva foi suplementada com 200 mM de NaCl, condições em que as plantas foram cultivadas por 0, 12, 24, 48 e 72 h. As plantas aclimatadas por 7 dias á solução de Hoagland apresentaram sinais fisiológicos mais compatíveis com a tolerância ao NaCl, como menor acumulação de Na+ e, também,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anarcadium occidentale L.; Estresse salino; Na+; Prolina; Aminoácidos.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662007000200007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Injertos de tomate (Solanum lycopersicum) tolerantes a la salinidad. Colegio de Postgraduados
Tlatilpa Santamaría, Ibar Felipe.
La selección de cultivares tolerantes a salinidad es uno de los métodos más efectivos para incrementar la productividad en suelos salinos. El injerto sobre patrones tolerantes a la salinidad es un método eficaz para aumentar la tolerancia de las plantas al estrés salino. Los objetivos del presente estudio fueron, es seleccionar y caracterizar accesiones de tomate silvestre con base en la respuesta de la plántula a la salinidad, y determinar la magnitud de la variabilidad fenotípica de la tolerancia con base en índices de tolerancia al estrés salino; evaluar en injertos de tomate los mecanismos de tolerancia al sodio y su influencia en la concentración de nutrimentos en el tejido vegetal del injerto; y determinar los cambios morfológicos, fisiológicos y de...
Palavras-chave: Solanum lycopersicum; Indice de tolerancia al estrés; Estrés salino; Concentración mineral en hojas; Prolina; Stress tolerance index; Salt stress; Mineral concentration in leaves; Proline; Edafología; Doctorado.
Ano: 2013 URL: http://hdl.handle.net/10521/1944
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Interação da deficiência hídrica e da toxicidade do alumínio em guandu cultivado em hidroponia PAB
Marin,Adão; Santos,Durvalina Maria Mathias dos.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da interação da deficiência hídrica e da toxicidade do alumínio no crescimento inicial e teores de prolina livre em duas cultivares de guandu, IAPAR 43-Aratã e IAC Fava Larga, cultivadas em hidroponia. As plântulas foram submetidas aos estresses em solução nutritiva (pH 3,8), nos potenciais osmóticos de 0, -0,004, -0,006, -0,008 e -0,010 MPa, com 0, 0,25, 0,50, 0,75 e 1 mmol dm-3 de Al3+. O experimento foi conduzido em sala de crescimento, sob luminária com irradiância média de 190 mmol m-2 s-1 , fotoperíodo de 12 horas e temperatura de 25+1ºC. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2x5x5 (duas cultivares de guandu, cinco potenciais osmóticos e cinco níveis de alumínio),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cajanus cajan; Estresse abiótico; Forrageira; Osmoprotetor; Prolina.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2008001000003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
METABOLISMO DO NITROGÊNIO ASSOCIADO À DEFICIÊNCIA HÍDRICA E SUA RECUPERAÇÃO EM GENÓTIPOS DE MILHO Ciência Rural
Ferreira,Vilma Marques; Magalhães,Paulo César; Durães,Frederico Ozanan Machado; Oliveira,Luiz Edson Mota de; Purcino,Antonio Álvaro Corsetti.
O estresse hídrico afeta profundamente o metabolismo celular vegetal. Neste trabalho, objetivou-se quantificar os efeitos da deficiência hídrica e sua recuperação sobre a atividade das enzimas do metabolismo do nitrogênio: redutase do nitrato (RN), glutamina sintetase (GS) e glutamato sintase (GOGAT) e sobre o acúmulo de prolina em plantas dos genótipos de milho BR 2121 e BR 205. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, sob o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições, utilizando-se vasos que continham 14,3kg de solo. Os tratamentos consistiram da combinação dos dois genótipos e quatro intervalos entre irrigações (1, 3, 5 e 7 dias). No dia da avaliação (49 dias após emergência), os tratamentos com intervalos entre 3 e 7 dias,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Nitrogênio; Estresse hídrico; Prolina; Redutase do nitrato; GS; GOGAT.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782002000100003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Rendimiento y contenido de prolina en maíz mejorado por selección masal para resistencia a sequía. Colegio de Postgraduados
Acevedo Cortés, María de los Angeles.
El presente trabajo se realizó con el objetivo de estimar el avance genético promedio del rendimiento por ciclo de selección, de diferentes compuestos de selección masal visual estratificada (SMVE) practicada para resistencia a sequía en dos variedades de maíz (Zea mays L.), donde el rendimiento de grano fue el criterio de selección. También se tuvo como objetivos estimar el avance genético indirecto promedio del contenido de prolina (P) en las plantas de los diferentes ciclos de SMVE, y conocer si existe relación alguna entre el rendimiento y P, esto para poder determinar si el P en la planta puede recomendarse como un criterio de selección para resistencia a sequía en maíz. Para evaluar el rendimiento en campo, se usaron los siguientes materiales...
Palavras-chave: Zea mays; Selección masal visual estratificada (SMVE); Sequía; Rendimiento; Respuesta a la selección; Prolina; Drought; Proline; Response to selection; Stratified visual mass selection (SVMS); Yield; Genética; Maestría.
Ano: 2012 URL: http://hdl.handle.net/10521/748
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resposta fisiológica de clone de café Conilon sensível à deficiência hídrica enxertado em porta-enxerto tolerante PAB
Silva,Vânia Aparecida; Antunes,Werner Camargos; Guimarães,Breno Lourenzzo Salgado; Paiva,Rita Márcia Cardoso; Silva,Vanisse de Fátima; Ferrão,Maria Amélia Gava; DaMatta,Fábio Murilo; Loureiro,Marcelo Ehlers.
O objetivo deste trabalho foi determinar alterações fisiológicas e de tolerância à seca em clones de café Conilon (Coffea canephora) contrastantes quanto à sensibilidade ao deficit hídrico. Foram avaliadas as enxertias recíprocas entre os clones 109A, sensível ao deficit hídrico, e 120, tolerante - 120/109A, 120/120, 109A/120, 109A/109A -, além de seus respectivos pés-francos. As plantas foram cultivadas em vasos de 12 L em casa de vegetação. Após seis meses, metade das plantas foi submetida ao deficit hídrico por meio da suspensão da irrigação, até que as folhas atingissem o potencial hídrico de antemanhã de -3,0 MPa. Quando o clone 120 foi usado como porta-enxerto, as plantas apresentaram sistema radicular mais profundo, mas com menor massa, retardaram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coffea canephora; Deficit hídrico; Eficiência no uso da água; Enxertia; Prolina; Tolerância à seca.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2010000500004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Temperatura, umidade relativa e disponibilidade de água no acumulo de prolina em cultivares de feijoeiro Bragantia
Sawazaki,Haiko Enok; Teixeira,João Paulo Feijão; Bulisani,Eduardo Antonio.
O estudo de plantas de feijão (Phaseolus vulgaris L.) submetidas à deficiência hídrica e temperaturas de 35-40º C umidade relativa (UR) 40-100%; 5-10ºC, UR 20-30%; 2-5ºC, UR 10-20%, realizado em casa de vegetação e câmara de crescimento, no Instituto Agronômico, em 1982, mostrou haver correlação negativa entre o acúmulo de prolina e o potencial de pressão de água nas folhas (psip). Os cultivares Curitibano e P-511, este último considerado resistente à seca e baixa temperatura, apresentaram o menor acumulo de prolina e o maior psip, confirmando a hipótese de que é possível o reconhecimento de material geneticamente resistente à escassez de água através da seleção de plantas que acumulam menor quantidade de prolina.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Temperatura; Água e umidade; Prolina; Potencial de água.
Ano: 1985 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051985000200006
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional