Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação fenotípica de ovelhas da raça texel criadas na Parte Alta do Pantanal. Infoteca-e
OLIVEIRA, M. F. de.; OJEDA FILHO, S. C. F.; HERNÁNDEZ, I.; LEITE, L.; SOUZA, J. C. de.; ABREU, U. G. P. de.; SERENO, J. R. B..
O Estado de Mato Grosso do Sul possui 405.153 cabeças de ovinos, distribuídos em 77 municípios do Estado, no qual o maior rebanho está situado no município de Corumbá, onde os ovinos são distribuídos em fazendas e assentamentos rurais próximos à cidade. Este trabalho teve como objetivo estudar fenotipicamente ovelhas fêmeas adultas da raça Texel, criadas na parte alta do Pantanal. O trabalho foi conduzido na fazenda Band?Alta, propriedade do Colégio Salesiano de Santa Teresa (MSMT), campus Corumbá, MS, localizada na parte alta do Pantanal a 20 km da cidade. Foram realizadas medidas fenotípicas (morfológicas e morfométricas) em 150 ovelhas. Observou-se diferença significativa (P = 0.0001) para a variável faixa etária e condição corporal. Os resultados...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Carne Ovina; Pequenos ruminantes; Produção animal; Raças exóticas; Animal production; Exotic breeds; Meat sheep; Small ruminant.
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/786721
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Considerações sobre a caprinocultura no Brasil. Infoteca-e
MAIA, M. da S..
Os caprinos foram introduzidos no Brasil pelos colonizadores portugueses, juntamente com os primeiros animais domésticos por volta de 1535. Provavelmente, as raças aqui introduzidas tenham sido aquelas criadas em Portugal e regiões limítrofes da Espanha, na época (Silva Neto, 1950; Figueiredo, 1981; Figueiredo et al. 1987). No Brasil, a caprinocultura se faz presente em todas as regiões do país. Porém, 89,8% do efetivo do rebanho nacional está distri-buído na região Nordeste, tendo como principais produtores, os Estados da Bahia, Piauí, Pernambuco e Ceará.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Caprinocultura; Caprino; Raças nativas; Raças exóticas; Brasil.
Ano: 1994 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/492217
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade da carne e desempenho de genótipos de suínos alimentados com dois níveis de aminoácidos. Repositório Alice
BERTOL, T. M.; CAMPOS, R. M. L. de; COLDEBELLA, A.; SANTOS FILHO, J. I. dos; FIGUEIREDO, E. A. P. de; TERRA, N. N.; AGNES, I. B. L..
Resumo ? O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do genótipo e de teores de aminoácidos na dieta sobre o desempenho de suínos, o retorno econômico e a qualidade da carcaça e da carne. Os genótipos avaliados foram: MS115 x F1; Duroc x F1 (DCxF1); MS115 x Moura (MS115xMO); Duroc x 25% Duroc, 50% Large White, 25% Moura (DCxMO3). Os teores de aminoácidos nas dietas foram os recomendados para o desempenho alto ou médio de machos castrados com alto potencial genético. O escore de marmoreio foi mais elevado nos animais alimentados com teores médios de aminoácidos. Os genótipos DCxF1 e DCxMO3 tiveram maior ganho de peso diário do que MS115xF1 e MS115xMO. O menor ganho de peso, ajustado pelo consumo de ração, ocorreu no genótipo MS115xMO. As maiores...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Marmoreio; Raças exóticas; Raça Moura; Sus scrofa; Nutrição.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/860842
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade da carne e desempenho de genótipos de suínos alimentados com dois níveis de aminoácidos PAB
Bertol,Teresinha Marisa; Campos,Rogério Manoel Lemes de; Coldebella,Arlei; Santos Filho,Jonas Irineu dos; Figueiredo,Elsio Antonio Pereira de; Terra,Nelcindo Nascimento; Agnes,Ingrid Beatriz Lermen.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do genótipo e de teores de aminoácidos na dieta sobre o desempenho de suínos, o retorno econômico e a qualidade da carcaça e da carne. Os genótipos avaliados foram: MS115 x F1; Duroc x F1 (DCxF1); MS115 x Moura (MS115xMO); Duroc x 25% Duroc, 50% Large White, 25% Moura (DCxMO3). Os teores de aminoácidos nas dietas foram os recomendados para o desempenho alto ou médio de machos castrados com alto potencial genético. O escore de marmoreio foi mais elevado nos animais alimentados com teores médios de aminoácidos. Os genótipos DCxF1 e DCxMO3 tiveram maior ganho de peso diário do que MS115xF1 e MS115xMO. O menor ganho de peso, ajustado pelo consumo de ração, ocorreu no genótipo MS115xMO. As maiores espessuras de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sus scrofa; Marmoreio; Nutrição; Raças exóticas; Raça Moura.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2010000600012
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional