Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Blackberry and redberry production in crop and intercrop in Pouso Alegre, southern Minas Gerais, Brazil Ciência Rural
Caproni,Csaignon Mariano; Curi,Paula Nogueira; Moura,Pedro Henrique Abreu; Pio,Rafael; Gonçalves,Emerson Dias; Pasqual,Moacir.
ABSTRACT: The cultivation of mulberry ( Rubus sp.) is highly disseminated in cold climates, but some cultivars adapt to warm weather environments. The objective of the present study was to evaluate the production of blackberry and redberry in season and off season in Pouso Alegre, south of Minas Gerais. The experimental design was a randomized block, with twelve cultivars ('Arapaho', 'Xavante', 'Brazos', 'Tupy' 'Comanche', 'Choctaw', 'Guarani', 'Caingangue', 'Cherokee', 'Chicasaw' and 'Clone' and a redberry, three blocks and an experimental unit of four plants with a spacing of 0.5x3.0m and a total density of 6,666 plants per hectare. Conventional pruning was performed to produce the crop (October-December) and for off-season production (April-July). In...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Yield; Fruits quality..
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782016001001723
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização do suco de amora-preta elaborado em extrator caseiro Ciênc. Tecnol. Aliment.
Mota,Renata Vieira da.
O trabalho objetivou avaliar a composição físico-química, aceitabilidade e efeito do armazenamento na qualidade do suco de amora-preta elaborado em um extrator caseiro. Os frutos foram avaliados quanto à composição físico-química e separados de acordo com o teor de antocianinas em três grupos: acima de 160 mg/100 g (Guarani), de 120-160 mg/100 g (Caingangue e Comanche) e abaixo de 120 mg/100 g (Tupy, Seleção 97 e Cherokee). Os sucos foram pasteurizados e analisados quanto aos teores de pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, carboidratos solúveis, extrato seco e antocianinas. A extração por 2 h apresentou rendimento de 84%. As antocianinas foram os compostos que sofreram alteração mais significativa na elaboração do suco, com redução média de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Qualidade; Antocianinas; Armazenamento; Aceitabilidade.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000200012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização física e química de geléia de amora-preta Ciênc. Tecnol. Aliment.
Mota,Renata Vieira da.
A amora-preta é um fruto de alta perecibilidade e por isso seu aproveitamento é preferencialmente industrial. Entretanto, há pouca informação na literatura a respeito do efeito do processamento e do armazenamento na composição química de produtos elaborados a partir destes frutos. Neste trabalho, foram preparadas geléias a partir de sete cultivares de amoreira-preta introduzidas em Minas Gerais, pela EPAMIG. As geléias foram avaliadas após o processamento e armazenamento por 40 e 90 dias à temperatura ambiente quanto ao pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, umidade, carboidratos solúveis e antocianinas totais. O aquecimento da polpa na elaboração da geléia resultou em uma redução de 8,8% no teor inicial de antocianinas totais. O...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Cultivares; Geléia; Armazenamento; Composição; Antocianinas.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612006000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização físico-química de variedades de amora-preta da região sul do Brasil Ciência Rural
Hirsch,Gabriela Elisa; Facco,Elizete Maria Pesamosca; Rodrigues,Daniele Bobrowski; Vizzotto,Márcia; Emanuelli,Tatiana.
A amora-preta (Rubus sp.) é uma fruta cuja exploração comercial está iniciando no Brasil. Seu cultivo iniciou na década de 70 e vem aumentando com a introdução e adaptação de novas cultivares. Porém, pouco se conhece sobre as disparidades geradas na composição e nas características das frutas dessas novas plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características físico-químicas de diferentes cultivares ('Tupy', 'Guarani' e 'Cherokee') e seleções (02/96, 07/001 e 03/001) de amora, que estão sendo estudadas para originar cultivares adaptadas à região Sul do Brasil. Foram analisados a cor objetiva, sólidos solúveis (SS), pH, acidez titulável, composição centesimal e ácidos graxos de amoras. As frutas apresentaram umidade entre 84,8 e 90,3%; proteína...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Sólidos solúveis; Cor; Acidez titulável; Composição centesimal; Ácidos graxos.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000500029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cloreto de sódio e ácido naftalenoacético no enraizamento de microestacas de amoreira-preta cv. Brazos in vitro Ciência e Agrotecnologia
Villa,Fabíola; Pasqual,Moacir; Pio,Leila Aparecida Salles; Teodoro,Grazielle Sales.
A micropropagação de amoreira-preta (Rubus sp.) é utilizada, principalmente, para a obtenção de plantas livres de vírus e num curto espaço de tempo. No presente trabalho foram testadas diferentes concentrações de cloreto de sódio (NaCl) e do ácido naftalenoacético (ANA)adicionados ao meio de cultura in vitro de amoreira-preta. O meio foi constituído de sais MS, acrescidos de 30 g L-1 de sacarose e 6 g L-1 de ágar, e o pH ajustado para 5,8 antes da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Os tratamentos consistiram em concentrações de NaCl (0; 25; 50; 75 e 100 mg L-1) e de ANA (0; 0,1; 0,5; 1,0 e 1,5 mg L-1), em todas as combinações possíveis e da amoreira-preta cv. Brazos. Segmentos nodais, oriundos de plântulas preestabelecidas in vitro foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Meio MS; Micropropagação; NaCl; ANA; Rubus sp..
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000700020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de plantas micropropagadas de amoreira-preta Rev. Bras. Frutic.
Couto,Marcelo; Antunes,Luis Eduardo Corrêa; Carpenedo,Silvia; Trevisan,Renato.
A propagação da amoreira-preta pode ser feita através de estacas de raiz, lenhosas ou herbáceas, ou através de técnicas de cultura de tecidos. Entretanto, pouco se sabe sobre o crescimento e desenvolvimento inicial de mudas micropropagadas de amoreira-preta. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento inicial de plantas micropropagadas de amoreira-preta, previamente aclimatizadas, provenientes do laboratório de cultura de tecidos da Embrapa Clima Temperado, Pelotas-RS. O tratamento avaliado foi o fator cultivar, sendo Guarani, Tupy, Xavante e Seleções avançadas 6 e 12, com quatro repetições, sendo cada unidade experimental composta por cinco plantas, 25 plantas por bloco, totalizando 100 plantas. Após 52 dias em casa de vegetação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Substrato; Desenvolvimento inicial; Vigor.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452009000300024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento e aclimatização de plantas micropropagadas de amoreira-preta cv. Brazos Rev. Bras. Frutic.
Augusto,Carolina Smanhotto Schuchovski; Biasi,Luiz Antonio; Telles,Charles Allan.
O presente trabalho estudou as fases finais do processo de micropropagação, incluindo o enraizamento e a posterior aclimatização da amoreira-preta cv. Brazos. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Micropropagação de Plantas da UFPR, Curitiba-PR, no período de março de 2000 a julho de 2001. No enraizamento in vitro com ou sem imersão em AIB, obteve-se mais de 95% de enraizamento nos dois tratamentos. No experimento de enraizamento ex vitro, com microestacas provenientes da multiplicação com diferentes citocininas, as taxas de enraizamento e sobrevivência foram de 100%. Na fase final, testou-se a influência da sacarose do meio de cultura de enraizamento in vitro na posterior aclimatização. Em todos os tratamentos, houve 100% de sobrevivência....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Amora-preta; Rubus sp.; Micropropagação.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452006000300029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Multiplicação in vitro da amoreira-preta 'ÉBANO' em diferentes concentrações de meio MS e BAP Ciência e Agrotecnologia
Villa,Fabíola; Araújo,Aparecida Gomes de; Pio,Leila Aparecida Salles; Pasqual,Moacir.
A micropropagação da amoreira-preta pode gerar plantas livres de vírus e em curto espaço de tempo. Com o objetivo de aprimorar técnicas de propagação in vitro de amoreira-preta (Rubus sp.), testaram-se concentrações de meio MS e BAP. Gemas axilares com cerca de 2 cm, de plântulas pré-estabelecidas in vitro da cultivar Ébano, oriunda da Embrapa Clima Temperado/CPACT-Pelotas, RS, foram excisadas e inoculadas em meio MS (0, 50, 100, 150 e 200%), suplementado com concentrações de BAP (0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 mg L-1). O experimento foi inteiramente casualizado, utilizando-se de três explantes por repetição. O pH do meio foi ajustado para 5,8 antes da adição de 6 g L-1 de ágar e da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Após a inoculação, os explantes foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; BAP; Meio de cultura MS.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542005000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Níveis de vermiculita em mistura de substrato na aclimatização de plantas de amoreira-preta 'tupy'. Repositório Alice
WAGNER JUNIOR, A.; FRANZON, R. C.; COUTO, M.; CONCEIÇÃO, P. C.; FORTES, G. R. de L..
2012
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Rubus sp.; Substrato; Cultura de tecidos.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/981400
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Qualidade de luz e fitorreguladores na multiplicação e enraizamento in vitro da amoreira-preta 'Xavante' Ciência Rural
Pasa,Mateus da Silveira; Carvalho,Geniane Lopes; Schuch,Márcia Wulff; Schmitz,Juliano Dutra; Torchelsen,Marcela de Melo; Nickel,Gabriela Kaltbach; Sommer,Laura Reisdorfer; Lima,Thaís Santos; Camargo,Samila Silva.
A técnica de micropropagação apresenta diversas vantagens em relação aos métodos tradicionalmente utilizados na propagação da amoreira-preta, especialmente quanto à maior sanidade das mudas e maior rapidez na obtenção de novas plantas. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência dos fitorreguladores 6-benzilaminopurina (BAP) e ácido indolbutírico (AIB), aliados à qualidade de luz, na multiplicação e enraizamento in vitro, respectivamente, da amoreira-preta cultivar 'Xavante'. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado. Os tratamentos constituíram-se de diferentes níveis de qualidade de luz (azul, vermelha, branca e ausência de luz) combinadas com ausência ou presença dos fitorreguladores AIB (0,5mg L-1) e BAP (0,8mg L-1) no...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Fitorreguladores; Propagação vegetativa; Produção de mudas.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000800010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quality and functional properties of ‘Tupy’ blackberry stored in modified atmosphere conditions Rev. Bras. Frutic.
Soethe,Cristina; Steffens,Cristiano André; Martin,Mariuccia Schlichting de; Amarante,Cassandro Vidal Talamini do; Heinzen,Angélica Schmitz; Kretzschmar,Aike Anneliese.
Abstract The aim of this work was to evaluate the effect of storage temperature, in passive modified atmosphere (MA) and atmospheric composition in active MA on quality maintenance, total phenolic compounds (TPC) and total antioxidant activity (TAA; DPPH and ABTS methods) of ‘Tupy’ blackberry. Two experiments were carried out. In experiment 1, the fruit were stored for eight days at 0, 5 and 10 °C in passive MA. In experiment 2, the initial atmospheres of 21.0 kPa O2 + 0.04 kPa CO2 (passive MA); 9.2 kPa O2 + 9.2 kPa CO2 (active MA with high CO2); 1.4 kPa O2 + 0.04 kPa CO2 (active MA with low O2); and 1.4 kPa O2 + 9.6 kPa CO2 (active MA with low O2 + high CO2) were evaluated for eight days at 0 °C. In both experiments, the fruit were packed in Xtend®...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rubus sp.; Functional food; Conservation; Cold storage.
Ano: 2019 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452019000100301
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Substratos no enraizamento de estacas herbáceas de amora-preta Xavante. Repositório Alice
YAMAMOTO, L. Y.; KOYAMA, R.; BORGES, W. F. S.; ANTUNES, L. E. C.; ASSIS, A. M. de; ROBERTO, S. R..
A amora-preta (Rubus spp.) destaca-se entre as espécies que apresentam boas perspectivas de cultivo em áreas de agricultura familiar. Visando a otimizar a multiplicação de mudas dessa espécie, o objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de substratos e concentrações do ácido indolbutírico (AIB) no enraizamento de estacas de amora-preta Xavante. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 3x2 (três tipos de substratos e duas concentrações de AIB), com cinco repetições de sete estacas, sendo adotados os fatores: tipos de substratos (casca de arroz carbonizada, vermiculita grânulos médios e fibra de coco) e tratadas ou não com AIB (0 e 1000mg L-1). Após 80 dias, foram avaliadas as variáveis: sobrevivência das estacas;...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Propagação; Ácido indolbutírico; Regulador de crescimento; Rubus sp.; Amora Preta; Blackberry.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/951289
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional