Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 17
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ammonium absorption by maize (Zea mays L.) under increasing periods of phosphorus starvation in nutritive solution. Repositório Alice
MAGALHAES, J. V. de; ALVES, V. M. C.; NOVAIS, R.F.de; MAGALHAES, J.R.; BAHIA FILHO, A.F.de C..
1996
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho; Zea mays; Fosforo; Amonia; Absorcao; Solucao nutritiva; Maize; Ammonium; Absorption; Phosphorus; Nutritive solution.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/472511
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analise de "RFLP" da tolerancia a toxidez do aluminio no cromossomo 2 do milho. Repositório Alice
BRONDANI, C.; PAIVA, E..
O presente trabalho objetivou, via tecnica de RFLP, localizar, no cromossomo 2 do milho, regioes genomicas relacionadas com a resistencia ao aluminio toxico, o qual encontra-se presente em cerca de 60% do territorio brasileiro. Linhagens de milho tolerantes (15, 16, 699 e 1327) e suscetiveis (19, 53 e 57) ao aluminio, foram utilizadas nos cruzamentos 57 x 1.327, 57x699, 53x16, 5x15 e 19x1.327. Avaliaram-se a resistencia ao aluminio dos parentais, dos F1's e de 300 individuos F2 de cada cruzamento em solucao nutritiva contendo 222 umol A1/L, medindo-se o Comprimento Relativo da Raiz Seminal como marcador morfologico. A analise de RFLP foi efetuada nas seis plantas mais tolerantes e nas seis mais suscetiveis ao A1, em cada cruzamento, testando-se as...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Solos acidos; Zea mays; Sondas de DNA; Solucao nutritiva; Enzimas de restricao; Acid Soils; DNA probes; Nutritive solution; Restricion enzymes.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/104121
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade da reductase do nitrato em milho (Zea mays L.) var. Piranão em níveis crescentes de nitrogênio. Repositório Alice
VASCONCELLOS, C.A.; FORTES, J.M.; STAMFORD, M.P.; FERNADES, J.; SANTOS, Z.G.; MALAVOLTA, E..
O objetivo deste trabalho foi estudar a atividade da reductase do nitrato em milho (Zea mays L. var. "Piranao") cultivado em solucao nutritiva e sob doses crescentes de nitrogenio, na forma de NO3. A atividade da enzima foi analisada aos 56 dias de idade, em rodelas de folhas do terco medio da folha +4, seguindo-se a metodologia proposta por MULDER et alii (15), adaptada por MALAVOLTA (13). Os resultados permitiram concluir que o aumento do teor de NO3 no meio favoreceu a atividade da reductase do nitrato ate o nivel maximo de 40,51 ug de N-NO-2/g de materia verde, correspondente a um nivel de 296,19 mg de N/litro de solucao nutritiva. Os resultados obtidos nas condicoes experimentais em que foi realizado o trabalho correspondem, provavelmente, ao maximo...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Milho; Piranao; Nitrato; Reductase; Dose; Solucao nutritiva; Nitrogenio; Zea mays; Maize; Nitrate; Nutient; Solution; Nitrogen.
Ano: 1978 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/476988
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de linhagens, materiais comerciais e duas populações de milho para tolerância a alumínio. Repositório Alice
FURLANI, P.R.; LIMA, M.; MIRANDA, L.T.de; MIRANDA, L.E.C.; SAWASAKI, E.; MAGNAVACA, R..
Neste trabalho realizou-se a avaliacao da tolerancia a Al (4,5 mg.l) de 39 linhagens, 98 materiais comerciais, 167 progenies de uma populacao IAC-Maya e de 466 progenies de uma populacao IAC-Genetica, usando-se a tecnica de solucao nutritiva. Foram usadas na avaliacao as características ICR (indice de crescimento da radicula = comprimento relativo da radicula -CRR (CR+Al.CR-Al)- multiplicado por comprimento relativo da raiz secundaria mais longa - CRRSML (CRSML+Al/CRSML-Al) e CLR (comprimento liquido da radicula = diferenca entre os valores de comprimento da radicula - CR - obtidos no inicio e fim do periodo de crescimento das plantas em presenca de Al). As linhagens e as progenies da populacao IAC-Maya a de milho foram avaliadas através do ICR enquanto...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho; Aluminio; Tolerancia; Linhagem; Populacao; Solucao nutritiva; Variabilidade; Genetica; Crescimento da raiz; Zea mays; Root growth; Nutrient; Solution; Genetic; Variability; Aluminium; Tolerance; Population; Inbred lines.
Ano: 1984 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/478622
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de populações de milho e seus cruzamentos para tolerância a toxidez de alumínio em solução nutritiva. Repositório Alice
LOPES, M. A.; MAGNAVACA, R.; BAHIA FILHO, A. F. C.; GAMA, E. E. G..
Avaliaram-se populacoes de milho (Zea mays L.) e seus cruzamentos quanto a tolerancia ao aluminio em solucao nutritiva. no primeiro experimento treze populacoes foram colocadas em dois niveis de Al (0 e 222umol Al litro -1) e, oito dias apos determinou-se a percentagem de crescimento relativo da raiz seminal e o peso da materia seca da parte aerea e do sistema radicular. No segundo experimento foram testadas cinco populacoes, F1 's e reciprocos. Neste experimento analisou-se a variavel percentagem de crescimento relativo da raiz seminal. Os parametros que envolvem peso de materia seca foram ineficientes para separar os genotipos quanto a tolerancia ao aluminio. O mesmo nao se verificou para crescimento relativo da raiz seminal. Genotipos selecionados em...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Milho; Zea mays; Heranca citoplasmatica; Cruzamentos dialelicos; Capacidade combinatoria; Aluminio; Solucao nutritiva; Genetica; Maize; Aluminum tolerance; Nutrient solution; Genetic; Crosses; Performance; Corn; Maize populations.
Ano: 1987 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/471686
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação em solução nutritiva de seis ciclos de seleção para tolerância a alta saturação de alumínio na população de milho CMS 04C. Repositório Alice
SOUZA, J.R.de; SILVA, A.E.da; PACHECO, C.A.; PARENTONI, S. N.; SANTOS, M.X.dos; GUIMARAES, P. E. de O.; LOPES, M.A..
1996
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho; Aluminio; Solucao nutritiva; Zea mays; Corn; Aluminium; Nutrient solutions.
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/472885
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Deficiencia nutricinal em mudas de goiabeira docorrente da omissao simultanea de dois macronutrientes. Repositório Alice
SALVADOR, J.O.; MOREIRA, A.; MURAOKA, T..
O trabalho, conduzido em casa de vegetacao, objetivou avaliar o desenvolvimento e as alteracoes morfologicas decorrentes da desordem nutricional em goiabeira, provocada pela omissao combinada de dois nutrientes, estabelecida entre os elementos N, P, K e S. Os tratamentos foram assim constituidos: (1) solucao completa (testemunha); (2) menos N; (3) menos NP, (4) menos NK; (5) menos NS; (6) menos P, (7) menos PK, (8) menos (PS); (9) menos K; (10) menos KS e (11) menos S. Ocorreram sintomas tipicos de carencia nutricional referente a cada elemento, bem como os que caracterizaram as deficiencias simultaneas, cujo diagnostico visual foi comprovado mediante as concentracoes obtidas pela analise do terceito par de folhas, a partir do apice. O acumulo de materia...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Psidium guajava; Solucao nutritiva; Sintoma de deficiencia; Nutrient solution; Chemical composition; Deficiency symptoms.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/88527
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Eficiencia de indices fenotipicos de comprimento de raiz seminal na avaliacao de plantas individuais de milho quanto a tolerancia ao aluminio. Repositório Alice
MARTINS, P.R.; PARENTONI, S.N.; LOPES, M.A.; PAIVA, E..
O objetivo deste trabalho foi testar a eficiencia do comprimento relativo de raiz seminal (CRRS) e do comprimento liquido de raiz seminal (CLRS) como indicadores fenotipicos quanto a tolerancia ao aluminio na avaliacao de plantas individuais de milho. Plantulas de genotipos tolerantes e suscetiveis ao Al foram submetidas a solucao nutritiva contendo nivel toxico deste elemento, por um periodo de sete dias, apos o qual, determinaram-se os valores de CRRS e CLRS. Os resultados obtidos quando se utilizaram valores medios para CRRS e CLRS mostraram que ambos os indices foram capazes de discriminar com eficiencia os materiais tolerantes dos suscetiveis. Entretanto, quando foram utilizados os valores de CRRS e CLrs obtidos a partir de plantas individuais,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Solucao nutritiva; Toxidez de aluminio; Avaliacao de plantulas; Nutrient solution; Aluminum toxicity; Seedlings evaluation.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/101036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Heranca da tolerancia a toxidez de aluminio em arroz baseada em analises de medias e variancias. Repositório Alice
FERREIRA, R. de P.; SEDIYAMA, C.S.; CRUZ, C.D.; FREIRE, M.S..
Com o objetivo de estudar a heranca da tolerancia a toxidez de Al em arroz, baseado em medias e variancias, realizou-se o cruzamento de uma cultivar tolerante, Guapore, com uma sensivel, IAC 899. Os progenitores, as geracoes F1 e F2, e os retrocruzamentos para ambos os pais foram avaliados na concentracao de 20 ppm de Al, medindo-se, apos 10 dias de crescimento em solucao nutritiva, o caracter comprimento da raiz seminal primaria. Os resultados evidenciam que a tolerancia causada pela toxidez de Al em arroz comportou-se como um caracter quantitativo. As medias dos F1, F2, RC1 e RC2, foram semelhantes a do progenitor tolerante, indicando a dominancia da alta tolerancia a toxidez causada pelo Al. Os efeitos geneticos mais importantes na determinacao do...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Oryza sativa; Arroz; Cruzamento; Solucao nutritiva; Raiz; Efeito geneco; Root; Rice; Nutritive solution; Genetic effect.
Ano: 1997 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/91385
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Heranca da tolerancia a toxidez de aluminio em arroz com base em analise dialelica. Repositório Alice
FERREIRA, R.de P.; CRUZ, C.D.; SEDIYAMA, C.S.; PINHEIRO, B.S..
Objetivando estudar a heranca da tolerancia a toxidez de aluminio (Al) em arroz (Oryza sativa L.) avaliaram-se tres genotipos tolerantes (Guarani, Guapore e IAC 25) e tres sensiveis (CNA 5600, CNA 5615 e IAC 899) a toxidez de Al e seus respectivos cruzamentos F1, em um sistema de cruzamento dialelico, desconsiderando os reciprocos, na concentracao de 20 mg/L de Al, em solucao nutritiva. Os resultados encontrados evidenciaram que a heranca da tolerancia a toxidez de Al em arroz e oligogenica, com os alelos dominantes determinando essa tolerancia. Os progenitores Guarani, Guapore e IAC 25 apresentaram maior concentracao de alelos dominantes, e CNA 5600, CNA 5615 e IAC 899 maior numero de alelos recessivos.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Oryza sativa; Cruzamentos; Solucao nutritiva; Crosses; Nutritive solution.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/91386
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificacao de cultivares de arroz tolerantes a toxidez de aluminio por tecnica multivariada. Repositório Alice
FERREIRA, R. de P.; CRUZ, C.D.; SEDIYAMA, C.S.; FAGERIA, N.K..
Objetivando discriminar progenitores tolerantes e sensiveis a toxidez de A1, realizou-se o cultivo hidroponico de 20 genotipos de arroz, crescidos coletivamente em caixas, na concentracao de 20 ppm de A1, avaliando os caracteres comprimento da raiz, peso da materia seca da raiz, da parte aerea e total, e altura da planta, apos dez dias de crescimento em solucao nutritiva. Utilizando a tecnica multivariada denominada "funcao discriminante", proposta por Anderson (1958), identificaram-se os genotipos oriundos do sistema de cultivo de arroz de sequeiro como tolerantes a toxidez de A1 e, os de irrigado, como sensiveis.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Progenitores; Sensibilidade; Genotipos; Oryza sativa; Hidroponica; Solucao nutritiva.
Ano: 1995 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/104240
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Micronutrientes em Pinus Caribaea Morelet. III. Niveis Internos de Fe, Mn e Zn sob Suficiencia e Sob Omissao. Repositório Alice
MARTINEZ, H.E.P.; HAAG, H.P.; MORQAES, M.L.T..
Mudas de Pinus caribaea var. Hondurensis, Pinus caribaea var. baharnensis e Pinus caribaea var. caribaea foram conduzidas em vasos contendo silica lavada, em casa de vegetacao do Departamento de Quimica da ESALQ. As plantas eram irrigadas duas vezes ao dia com solucoes nutritivas completas, sem Fe, sem Mn e sem Zn. Apos estabelecerem-se sintomas de carencia as plantas foram colhidas, separadas em partes, secadas a 75oC, pesadas, moidas e analisadas quanto as concentracoes desses micronutrientes. Obtiveram-se os niveis internos medios de Fe, Mn e Zn em aciculas superiores e inferiores sob tratamento completo e sob omissao, para as tres variedades de P. caribaea em estudo. Sob deficiencia, P. caribaea var. bahamensis foi a variedade mais eficiente no uso do...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Deficiencias minerais; Solucao nutritiva; Silica lavada.
Ano: 1992 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/105718
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Obtencion de hibridos de maiz con tolerancia a toxicidade de aluminio. Repositório Alice
MAGNAVACA, R.; GAMA, E.E.G.e; BAHIA FILHO, A.F.C.; FERNANDES, F.T..
Un grupo de lineas seleccionadas per se y en top-cross para tolerancia a toxidez de aluminio, con base en ensayos de campo en suelo acido en solucion nutritiva, fue utilizado en la obtencion de hibridos duplos con tolerancia a aluminio. Fue evaluado si la productividad y estabilidad de produccion de hibridos tolerantes a aluminio plantados en suelos mas fertiles, seria compatible con hibridos comerciales de menor tolerancia. La tolerancia a aluminio fue evaluada en solucion nutritiva conteniendo 222 u mol Al litro-1 y 45 u mol-1. La productividad y estabilidad de los hibridos fueron evaluados en ensayos plantados en suelos de cerrado recuperados y de cultivo usualmente utilizados para maiz en: Sao Gotardo (MG), Coromandel (MG), Sete Lagoas (MG), Goiania...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho; Zea mays; Aluminio; Solucao nutritiva; Produtividade; Estabilidade; Maize; Corn; Aluminum; Nutrient solution; Productivity; Stability.
Ano: 1986 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/472507
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Peletização de sementes de sorgo com calcário e com termofosfato e sua influência na absorção de fósforo e de potássio. Repositório Alice
VASCONCELLOS, C.A.; DURAES, F. O. M.; RIBEIRO, R.A.; MAGALHAES, P. C..
O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influencia da peletizacao de sementes de tres cultivares de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench), cv. BRS 701, BRS 304 e BRS 601, com calcario e com termofosfato magnesiano, na absorcao de P e de K. Sementes peletizadas e nao peletizadas foram colocadas para germinar, por oito dias, em temperatura ambiente. Apos este periodo, oito plantulas com crescimento uniforme (parte aerea e raiz) foram distribuidas em vasos que continham solucao nutritiva completa de Hoagland. Apos 20 dias, iniciou-se a determinacao da absorcao de fosforo e de potassio por meio da deplecao desses nutrientes na solucao nutritiva. Os resultados permitiram concluir que o tipo de revestimento das sementes influenciou, de modo distinto,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Sorgo; Semente; Peletizacao; Calcario; Absorcao ionica; Forforo; Potassio; Solucao nutritiva; Sorghum bicolor; Seed; Pelleting; Lime; Phosphorus; Potassium ionic; Absorption; Nutrient solution.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/484190
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sintomas visuais de deficiencias de micronutrientes e composicao mineral de folhas em mudas de goiabeira. Repositório Alice
SALVADOR, J.O.; MOREIRA, A.; MURAOKA, T..
Com objetivo de verificar os sintomas visuais de deficiencia nutricional de micronutrientes e avaliar a composicao mineral das folhas, conduziu-se um experimento em solucao nutritiva. Os tratamentos foram assim constituidos: (1) solucao completa (testemunha); (2) menos B; (3) menos Cu; (4) menos Fe; (5) menos Mn; (6) menos Mo;e (7) menos Zn. As solucoes foram renovadas a cada 20 dias. As deficiencias de boro, cobre, ferro, manganes e zinco resultaram na manifestacao de sintomas visiveis e caracteristicos. Esse fato nao foi verificado com relacao ao Mo. As concentracoes de cada nutriente no terceiro par de folhas dos tratamentos deficientes e completo, em mg kg-1, foram respectivamente: B (7 e 43); Cu (2 e 6): Fe (55 e 117); Mn (5 e 23) e Zn (9 e 14). Foram...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Solucao nutritiva; Deficiencia nutricional; Sintomas de deficiencia; Psidium guajava; Nutrient solution; Nutritional deficiency; Deficiency symptoms.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/100951
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tolerância de genótipos de arroz ao ferro em solução nutritiva. Repositório Alice
FERREIRA, R. de P.; CRUZ, C.D.; FAGERIA, N.K..
O objetivo do presente trabalho foi identificar a concentracao de ferro e a caracteristica mais importante para estudos geneticos sobre tolerancia a toxicidade deste elemento em arroz. Realizou-se o cultivo hidroponico de 20 genotipos desta cultura, crescido coletivamente em caixas, nas concentracoes de 10, 20, 40 e 80 mg L de ferro. Foram avaliados os caracteres comprimento da raiz, massa da materia seca da raiz, da parte aerea e total, e altura da planta. Apos dez dias de crescimento em solucao nutritiva, identificou-se, com base em tecnicas uni e multivariadas, a concentracao de 20 mg L de ferro como a ideal para estudos geneticos em arroz, e o carater massa da materia seca total foi o que teve maior participacao na contribuicao relativa para a...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Solucao nutritiva; Toxidade; Ferro; Oryza sativa; Arroz; Nutrient solution; Toxicity; Iron.
Ano: 1997 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/99745
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variacao somaclonal na tolerancia a toxicidade do aluminio e sensibilidade ao acido giberelico em trigo. Repositório Alice
DORNELLES, A.L.C.; CARVALHO, F.I.F. de; FEDERIZZI, L.C.; SERENO, M.J.C. de M.; HANDEL, C.L.; MITTELMANN, A..
Objetivando detectar a inducao de variabilidade a partir do uso da cultura de tecidos e a utilizacao da variacao somacional no melhoramento genetico de trigo (Triticum aestivum L.) cinco genotipos em diferentes estaturas e com niveis de tolerancia a toxicidade do aluminio (Al+++), e seus hibridos F, foram submetidos a cultura de embrioes imaturos. Paralelamente ao processo de cultura de tecidos, regeneracao e desenvolvimento da planta, os genotipos e suas progenies foram semeados para obtencao de populacoes (2 com e sem passagem por cultura de tecidos, que foram submetidas a teste simultaneo atraves de solucoes nutritivas sucessivas em concentracoes seletivas de Al+++ (10ppm) e acido giberelico-AG3 (100ppm). As comparacoes entre populacoes submetidas ou...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Triticum aestivum; Cultura de tecido; Solucao nutritiva; Estatura da planta; Avaliacao de raiz; Tissue culture; Nutritive solution; Plant height; Root evaluation.
Ano: 1997 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/100257
Registros recuperados: 17
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional