Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento e produção de bananeiras Thap Maeo e Prata-Anã com diferentes níveis de adubação nitrogenada e potássica Rev. Bras. Frutic.
Ratke,Rafael Felippe; Santos,Silvia Corrêa; Pereira,Hamilton Seron; Souza,Edicarlos Damacena de; Carneiro,Marco Aurélio Carbone.
O objetivo desta pesquisa foi caracterizar o desenvolvimento e o rendimento de cultivares de bananeira no sudoeste de Goiás e adequar os níveis de adubação combinada de N e K. O experimento foi conduzido em Latossolo Vermelho distrófico, no município de Rio Verde, Goiás. Os tratamentos consistiram em cinco doses crescentes e combinadas de N e K (N0/K0 - 0 kg ha-1 ano-1 de N e 0 kg ha-1 ano-1 de K; N1/K1 - 150 kg ha-1 ano-1 de N e 200 kg ha-1 ano-1 de K ; N2/K2 - 300 kg ha-1 ano-1 de N e 450 kg ha-1 ano-1 de K; N3/K3 - 450 kg ha-1 ano-1 de N e 600 kg ha-1 ano-1 de K; N4/K4 - 600 kg ha-1 ano-1 de N e 800 kg ha-1 ano-1 de K), aplicadas em duas cultivares de banana, Thap Maeo e a Prata-Anã. As avaliações realizadas nas bananeiras foram: altura das plantas,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Musa spp.; Latossolo Vermelho distrófico; Nutrição de plantas; Teores foliares.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452012000100037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Nutrição e produção da bananeira 'Prata-anã' adubada com zinco e boro diretamente no rizoma, via muda desbastada Rev. Bras. Frutic.
Rodrigues,Maria Geralda Vilela; Ruggiero,Carlos; Natale,William; Pacheco,Dilermando Dourado.
Com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes doses de Zn e B, aplicados diretamente no rizoma, via muda desbastada, sobre a nutrição das plantas e produção da bananeira 'Prata-anã', foi instalado um experimento em Jaíba - MG, sob irrigação, conduzido por três ciclos produtivos consecutivos. Utilizou-se o desbastador "lurdinha" para extrair a gema apical de um broto cortado rente ao solo, de forma que, no local, ficasse um orifício onde os adubos foram aplicados. Empregou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com 20 tratamentos resultantes de um fatorial completo entre 5 doses de zinco (0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10,0 g de Zn família-1 ano-1) x 4 doses de boro (0; 0,68; 1,36 e 2,04 g B família-1 ano-1), com 10 repetições de uma planta....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Adubação; Micronutrientes; Musa; Teores foliares.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452007000300042
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Parcelamento e época de aplicação foliar do molibdênio na composição mineral das folhas do feijoeiro - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i1.1914 Agronomy
Pires, André Assis; EAFCOL; Araújo, Geraldo Antônio de Andrade; UFV; Leite, Uberlando Tiburtino; UFV; Zampirolli, Poliana Daré; UENF; Ribeiro, José Márcio Oliveira; UFV; Meireles, Robson Celestino; UENF.
Avaliou-se a influência do molibdênio parcelado nos teores dos nutrientes foliares do feijoeiro. Conduziram-se dois experimentos em março-julho/2002, em Viçosa, Estado de Minas Gerais, delineados em blocos casualizados com quatro repetições, sendo os tratamentos: testemunha; 80 g ha-1 de Mo aplicados 15 dias após a emergência (DAE); 40 g ha-1 de Mo aplicados 15 DAE e 40 g ha-1 20 DAE; 40 g ha-1 de Mo 15 DAE e 40 g ha-1 25 DAE; 40 g ha-1 de Mo 15 DAE e 40 g ha-1 30 DAE; 80 g ha-1 de Mo 20 DAE; 40 g ha-1 de Mo 20 DAE e 40 g ha-1 25 DAE; 40 g ha-1 de Mo 20 DAE e 40 g ha-1 30 DAE; 80 g ha-1 de Mo 25 DAE; 40 g ha-1 de Mo 25 DAE e 40 g ha-1 30 DAE. O molibdênio, nas condições dos experimentos, aumentou os teores foliares de Mo, N, K e Mg.
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris; Adubação molíbdica; Teores foliares; Micronutriente 5.01.00.00-9 Agronomia.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1914
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resposta da cultura do milho (Zea mays L.) à aplicação de boro e dezinco no solo - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i1.1683 Agronomy
Jamami, Nestor; UNESP; Büll, Leonardo Theodoro; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Botucatu.; Corrêa, Juliano Corulli; UNESP; Rodrigues, João Domingues; UNESP.
O presente trabalho foi conduzido em Latossolo Vermelho amarelo sob condições de campo, com milho híbrido AG 1043, utilizandose 3 doses de boro (0, 1 e 2 kg ha1) e 3 doses de zinco (0, 2 e 4 kg ha1). Foram feitas avaliações aos 30, 60 e 90 dias após a emergência (DAE) do conteúdo foliar de nutrientes, características químicas do solo aos 60 DAE e rendimento de grãos. Os resultados indicaram que a aplicação de boro e de zinco não resultou em elevação dos teores foliares desses nutrientes, nem em ganhos de produtividade, sendo os teores iniciais de B e Zn do solo suficientes para a produtividade atingida.
Palavras-chave: 5.01.03.00-8 Fitotecnia boro; Zinco; Teores foliares; Produção de grãos; Zea mays L. 5.01.03.00-8 Fitotecnia.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1683
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resposta do feijoeiro à aplicação de nitrogênio na semeadura e cobertura no sistema plantio direto - DOI: 10.4025/actasciagron.v30i3.3556 Agronomy
Franco, Elias; UEM; Andrade, Carlos Alberto de Bastos; UEM; Scapim, Carlos Alberto; UEM; Freitas, Paulo Sérgio Lourenço de; UEM.
O manejo da adubação nitrogenada no sistema plantio direto é muito importante, e a resposta à sua aplicação depende da dose aplicada e da época de sua aplicação. O objetivo do trabalho foi avaliar as respostas de diferentes doses e métodos de aplicação de nitrogênio para a cultura do feijoeiro em plantio direto. Os tratamentos foram: T1 = 0; T2 = 20 + 30; T3 = 40 + 60; T4 = 60 + 90; T5 = 80 + 120 e T6 = 100 kg ha-1 de N. Em T6, a aplicação de nitrogênio foi todo na semeadura. Nos demais, exceto T1, parte do N (uréia) foi aplicado na semeadura e a outra em cobertura no estádio V4. O delineamento experimental utilizado foram blocos casualizados. Foram avaliados: índice de área foliar, matéria seca de folha população final, os componentes de produção e os...
Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Phaseolus vulgaris L.; Adubação nitrogenada; Parcelamento do nitrogênio; Teores foliares; Produção de grãos 5.01.03.00-8 Fitotecnia Phaseolus vulgaris L; Nitrogen fertilization; Nitrogen split application; Foliar content; Grains yield.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/3556
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional