Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 52
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações fisiológicas no amendoim submetido ao estresse hídrico AGRIAMBI
Nogueira,Rejane Jurema Mansur Custódio; Santos,Roseane Cavalcanti dos.
Analisaram-se os efeitos da deficiência hídrica sobre o comportamento estomático de quatro cultivares de amendoim (BR 1, BRS 151 L 7, Senegal e CNPA Havana) em casa de vegetação. As plantas foram cultivadas em potes com suprimento hídrico normal, até os 15 dias após o plantio, quando houve diferenciação do tratamento hídrico. Para um grupo de plantas, as regas continuaram normalmente, enquanto para outro foram suspensas por 45 dias e, após este período, procedeu-se à reirrigação. A cada 15 dias e após 48 h da irrigação, foram avaliados o potencial da água da folha (ψw), a transpiração (E) e a resistência difusiva (Rs) em folhas adultas completamente expandidas, situadas no terço superior da haste principal. Observaram-se diferenças entre as cultivares nas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Transpiração; Resistência difusiva; Potencial hídrico foliar; Arachis hypogaea L.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662000000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atendimento hídrico ao arroz de terras altas para diferentes épocas de semeadura no noroeste de São Paulo - DOI: 10.4025/actasciagron.v29i2.268 Agronomy
Miqueletti, Fernando; Unesp Ilha Solteira; Rodrigues, Ricardo Antônio Ferreira; Unesp Ilha Solteira; Arf, Orivaldo; UNESP Ilha Solteira.
O objetivo deste trabalho foi estimar a probabilidade da precipitação suprir a demanda do arroz para semeaduras em 13 qüinqüídios. A probabilidade de atendimento hídrico foi determinada usando-se função com distribuição gama reduzida. As médias das probabilidades máxima, mínima e média de atendimento hídrico foram: fase inicial, máxima de 35 ± 7%; mínima de 0 ± 4% e média de 16 ± 5%; na fase vegetativa, 34 ± 10%; 2 ± 2% e 11% ± 5%; na fase reprodutiva, 21 ± 4%; 0 ± 1% e 8 ± 2%, e fase de maturação, 34 ± 4%; 1 ± 5% e 16 ± 3%. Com a simulação de semeaduras entre o primeiro qüinqüídio de setembro e de novembro, conclui-se que a probabilidade de atendimento hídrico é baixa.
Palavras-chave: 5.01.03.05-9 Melhoramento Vegetal Oryza sativa L.; Água; Evaporação; Transpiração.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/268
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de modelo de extração da água do solo por sistemas radiculares divididos entre camadas de solo com propriedades hidráulicas distintas Rev. Bras. Ciênc. Solo
Rocha,Marlon Gomes da; Faria,Leandro Neves; Casaroli,Derblai; Van Lier,Quirijn de Jong.
A avaliação da capacidade de raízes de plantas em extrair água do solo é de grande importância na modelagem da taxa de transpiração e, para entender o crescimento e rendimento vegetal e o balanço de água e de solutos no solo. Para testar um modelo de extração radicular macroscópico baseado no processo em escala microscópica, descreveram-se os resultados de um experimento com plantas cujo sistema radicular foi dividido entre camadas de solo com propriedades hidráulicas contrastantes. Um experimento de lisímetro dividido com plantas de sorgo foi realizado em Piracicaba-SP. Quatro lisímetros com dois compartimentos separados fisicamente (split-pot) foram construídos e preenchidos com material de dois tipos de solo de diferentes classes texturais (um solo de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Modelagem; Deficiência hídrica; Densidade radicular; Transpiração.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832010000400002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características estomáticas de pares congenéricos de cerrado e mata de galeria crescendo numa região transicional no Brasil central Acta Botanica
Rossatto,Davi Rodrigo; Hoffmann,William Arthur; Franco,Augusto César.
Em áreas protegidas do fogo, espécies arbóreas predominantemente florestais conseguem se estabelecer no cerrado e crescer lado a lado com espécies do mesmo gênero que são características destas formações savânicas. Devido às condições ambientais diferenciadas encontradas nas formações de cerrado e de mata, estas espécies congenéricas podem se comportar como grupos funcionais distintos. Neste trabalho foi realizado um estudo comparativo da anatomia dos estômatos e da condutância estomática e taxas de transpiração foliar em 10 pares de espécies congenéricas do cerrado e de mata de galeria e das relações entre as características estomáticas selecionadas e a condutância estomática, já que a morfologia dos estômatos e sua densidade afetam a área para difusão...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Condutância estomática; Estômato; Poro estomático; Transpiração.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062009000200021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características fisiológicas das culturas de soja e feijão e de três espécies de plantas daninhas Planta Daninha
Procópio,S.O.; Santos,J.B.; Silva,A.A.; Martinez,C.A.; Werlang,R.C..
O objetivo do trabalho foi avaliar os características fisiológicas taxa de fotossíntese líquida (A), taxa de transpiração (E), condutância estomática (gs) e eficiência do uso da água (WUE) e os índices de crescimento biomassa seca total (Wt) e índice de área foliar (L) para as culturas de soja (Glycine max) e feijão (Phaseolus vulgaris) e para as das plantas daninhas Bidens pilosa, Desmodium tortuosum e dois biótipos de Euphorbia heterophylla (um suscetível e outro resistente aos herbicidas inibidores da ALS), em duas épocas de avaliação: 39 e 67 dias após a semeadura (DAS). O experimento foi conduzido a campo em um Argissolo Vermelho-Amarelo, fase terraço, utilizando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, sendo o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Phaseolus vulgaris; Glycine max; Fotossíntese; Transpiração.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582004000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características fisiológicas de biótipos de Conyza bonariensis Resistentes ao glyphosate cultivados sob competição Planta Daninha
Galon,L.; Ferreira,E.A.; Concenço,G.; Silva,A.A.; Silva,D.V.; Silva,A.F.; Aspiazú,I; Vargas,L..
A resistência de plantas daninhas a herbicidas está relacionada a modificações metabólicas, enzimáticas, fisiológicas e/ou anatômicas. Aliado a essas mudanças, a planta pode aumentar ou diminuir as atividades fisiológicas, o que, consequentemente, pode afetar o seu crescimento e desenvolvimento. Assim, biótipos resistentes podem apresentar melhor adaptação ecológica em ambientes de cultivo e tornar-se predominantes devido à eliminação das plantas sensíveis. Em condições de seleção natural, biótipos com maior adaptação ecológica apresentam maior produção que biótipos menos adaptados. Neste trabalho, avaliou-se o efeito da competição em características fisiológicas de biótipos de Conyza bonariensis suscetíveis e resistentes ao herbicida glyphosate. Os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fotossíntese; Transpiração; Resistência; Adaptabilidade ecológica.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582013000400012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características fisiológicas e de crescimento de cafeeiro sombreado com guandu e cultivado a pleno sol PAB
Morais,Heverly; Marur,Celso Jamil; Caramori,Paulo Henrique; Ribeiro,Ana Maria de Arruda; Gomes,José Carlos.
O conhecimento dos efeitos do sombreamento sobre a fisiologia de cafeeiros é importante para se determinar níveis ótimos de radiação e temperatura, bem como para subsidiar estudos sobre o crescimento de plantas sombreadas, a fim de determinar a arquitetura ideal do cafeeiro que maximize a captura da radiação solar disponível em ambientes sombreados. O objetivo deste trabalho foi avaliar características fisiológicas e de crescimento de cafeeiros (Coffea arabica L.) cultivados sob sombreamento denso com guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp.) e a pleno sol. O baixo nível de radiação incidente sobre os cafeeiros sombreados com guandu resultou em decréscimos na taxa fotossintética e na transpiração, maior altura de planta, folhas maiores e com menor quantidade de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cajanus cajan; Coffea arabica; Fotossíntese; Transpiração; Agrossilvicultura.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2003001000001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização fisiológica da redução de crescimento de mudas de citros micorrizadas em altas doses de fósforo Rev. Bras. Ciênc. Solo
Sena,J. O. A.; Labate,C. A.; Cardoso,E. J. B. N..
Com o objetivo de estudar a redução de crescimento de mudas de citros micorrizadas, instalou-se um experimento em casa de vegetação com seis doses de P (0, 50, 100, 150, 200 e 250 mg kg-1), sem e com inoculação do Fungo Micorrízico Arbuscular (FMA) Glomus intraradices. Como porta-enxerto, usou-se tangerineira ' Cleópatra' (Citrus reshni). O substrato usado foi uma mistura de amostra de terra (Neossolo) e areia, na proporção de 3:1, com baixa concentração de P disponível. O delineamento estatístico foi inteiramente casualizado, disposto em um fatorial 6 x 2, com cinco repetições. Seis meses após o transplantio, as plantas foram avaliadas por meio das seguintes variáveis: altura de plantas, matéria seca da parte aérea, transpiração, resistência estomática e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fungo micorrízico arbuscular; Área foliar; Transpiração; Resistência estomática.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832004000500005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento estomático e potencial da água da folha em três espécies lenhosas cultivadas sob estresse hídrico Acta Botanica
Silva,Elizamar Ciríaco da; Nogueira,Rejane Jurema Mansur Custódio; Azevedo Neto,André Dias de; Santos,Venezio Felipe dos.
Com o objetivo de avaliar o comportamento estomático e o potencial da água da folha em plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia, Enterolobium contortisiliquum e Tabebuia aurea submetidas a estresse hídrico, desenvolveu-se um experimento em casa de vegetação no Laboratório de Fisiologia Vegetal da UFRPE. As plântulas foram submetidas a dois tratamentos hídricos (100% da CP e 50% da CP) e aos 5¹, 7, 13 e 22 dias de estresse hídrico, foram avaliadas a transpiração (E), a resistência difusiva (Rs), a temperatura da folha (Tfol), a temperatura do ar (Tar), umidade relativa do ar (UR), a radiação fotossinteticamente ativa (PAR) e o déficit de pressão de vapor (DPV) às 7h, 9h, 12h e 15h. Após 30 dias de estresse, foi medido o potencial da água da folha (Yw)...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potencial hídrico; Resistência difusiva; Transpiração.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062003000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento sazonal do potencial hídrico e das trocas gasosas de quatro variedades de coqueiro-anão Rev. Bras. Frutic.
Passos,Cíntia Dória; Passos,Edson Eduardo Melo; Prado,Carlos Henrique Britto de Assis.
Avaliou-se o curso diurno e sazonal do potencial hídrico e das trocas gasosas foliares do coqueiro-anão (Cocos nucifera L.) sob condições de campo, no município de Ilha das Flores-SE. As quatro variedades estudadas (Anão Vermelho de Camarões - AVC, Anão Vermelho de Gramame - AVG, Anão Amarelo de Gramame - AAG e Anão Verde de Jiqui - AveJ) reduziram drasticamente a condutância estomática (gs) no período seco. Sob estiagem, os valores de transpiração (E) e fotossíntese líquida (A) foram reduzidos principalmente nas variedades AVG e AVeJ, as quais apresentaram aumento significativo nos valores de eficiência intrínseca do uso da água (A/gs), principalmente o AVeJ. Na estação chuvosa, as trocas gasosas foram condicionadas pela densidade de fluxo de fótons...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cocos nucifera L.; Condutância estomática; Transpiração; Fotossíntese líquida.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452005000200016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento da bananeira Grande Naine submetida a diferentes lâminas de irrigação em tabuleiro costeiro AGRIAMBI
Oliveira,Jadson M.; Coelho Filho,Mauricio A.; Coelho,Eugênio F..
Avaliou-se, com o presente trabalho, a influência de diferentes lâminas de irrigação sob o crescimento da cultura da bananeira Grande Naine. O experimento foi conduzido no campo experimental do Centro Nacional de Pesquisa Mandioca e Fruticultura. Utilizou-se delineamento experimental blocos casualizados com seis lâminas de irrigação e oito repetições. A lâmina de irrigação L1 correspondeu à chuva. A lâmina L6 foi determinada com o uso do Kc e ETo. As demais lâminas foram determinadas pela fórmula NH = K x AF x ETo, em que NH é a necessidade hídrica da cultura (L planta-1), K (coeficiente empírico de transpiração da planta) e AF - área foliar (m² planta-1) e ETo - evapotranspiração de referência (mm). Foram avaliados: altura da planta; circunferência do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Musa spp.; Manejo de água; Transpiração.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013001000003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento inicial e trocas gasosas de mudas de Spondias enxertadas sobre umbuzeiro. Infoteca-e
AIDAR, S. de T.; ARAUJO, F. P. de; CHAVES, A. R. de M..
Objetivou-se caracterizar o crescimento inicial e as trocas gasosas de espécies de Spondias enxertadas sobre umbuzeiro. Foram realizadas avaliações de assimilação líquida de CO2 (A), condutância estomática (gs), transpiração foliar (E), teor de clorofila (Tcl), área foliar total (Aft), comprimento de ramos (Cr) e alocação de biomassa no sistema radicular e na parte aérea. As medidas de trocas gasosas foram realizadas entre as 9h e 11h da manhã sob céu limpo, em mudas com 60 dias após a enxertia, cultivadas sob 50% de sombreamento e irrigação diária. Umbuzeiro gigante e umbugueleira apresentaram as maiores taxas de A, em coerência com os maiores valores de Tcl, ao mesmo tempo que apresentaram os menores valores de gs e de E, indicando maior economia de...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Crescimento vegetativo; Condutância estomática; Transpiração; Enxertia; Natural resoucre.; Umbu; Recurso natural; Clorofila; Fotossíntese.; Vegetative growth..
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/965621
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento vegetativo, resistência estomática, eficiência fotossintética e rendimento do fruto da melancieira em diferentes níveis de água - DOI: 10.4025/actasciagron.v32i1.2136 Agronomy
Melo, Alberto Soares de; UEPB; Suassuna, Janivan Fernandes; UEPB; Fernandes, Pedro Dantas; UFCG; Brito, Marcos Eric Barbosa; UFCG; Suassuna, Antonio Fernandes; UEPB; Aguiar Netto, Antenor Oliveira; UFS.
Objetivou-se avaliar diferentes regimes hídricos sobre o comportamento morfofisiológico e o rendimento da melancieira em condições de campo no semiárido paraibano. O experimento foi realizado no Setor Experimental da Universidade Estadual da Paraíba, localizado em Catolé do Rocha (PB). Utilizou-se a cultivar Crimson Sweet espaçada de 2,2 m x 0,6 m, no delineamento em blocos ao acaso com quatro tratamentos [40, 70, 100 e 130% da evapotranspiração de referência (mm dia-1)] e oito repetições. As máximas expressões de crescimento foram verificadas na lâmina de água de 204 mm, com área foliar de 1,831 m2, índice de área foliar de 1,35 m2 m-2 e taxa de crescimento de 0,04 m2 dia-1. A resistência estomática foi maior à tarde, independentemente da lâmina de água....
Tipo: Pesquisa experimental Palavras-chave: 5.01.00.00-9 Agronomia Citrullus lanatus Thumb. Mansf.; Transpiração; Irrigação; Fotossistema II 5.01.03.00-8 Citrullus lanatus Thumb. Mansf.; Transpiration; Irrigation; Photosystem II.
Ano: 2010 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/2136
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Curso diário das perdas de vapor d'água, da temperatura e do potencial da água da folha em germoplasma de carambola (Averrhoa carambola L.) Acta Botanica
Nogueira,Rejane Jurema Mansur Custódio; Silva Júnior,Josué Francisco da; Silva,Elizamar Ciríaco da; Lederman,Ildo Eliezer.
Este trabalho objetivou avaliar o curso diário das perdas de vapor d'água, da temperatura e do potencial da água foliares em dois acessos de caramboleiras na fenofase de produção de frutos. A pesquisa foi realizada no campo, utilizando-se dois acessos de caramboleiras (IPA-1.3 e IPA-25.1) e três horários de avaliação (7, 12 e 17 horas). As variáveis avaliadas foram temperatura foliar, resistência à difusão de vapor, transpiração, potencial da água foliar, temperatura do ar, umidade relativa do ar e radiação fotossinteticamente ativa. As plantas dos dois acessos não restringiram as trocas gasosas nas horas mais quentes do dia. O acesso IPA 25.1 mostrou-se mais sensível à baixa luminosidade que o IPA 3.1. Houve variabilidade genotípica entre os acessos,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Transpiração; Resistência difusiva; Fruticultura tropical.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Curso diário e sazonal das trocas gasosas e do potencial hídrico foliar em aceroleiras PAB
NOGUEIRA,REJANE JUREMA MANSUR CUSTÓDIO; MORAES,JOSÉ ANTÔNIO PROENÇA VIEIRA DE; BURITY,HÉLIO ALMEIDA.
Este trabalho objetivou avaliar o curso diário e sazonal das trocas gasosas, da temperatura foliar e do potencial hídrico da acerola (Malpighia emarginata D.C.), no campo. O experimento realizou-se no município de Paudalho, PE. Os valores da transpiração e do potencial da água foram, de modo geral, mais elevados no início da manhã e no final da tarde; os da resistência difusiva e temperatura foliar foram menores no início da manhã e no final da tarde. Houve uma limitação das trocas gasosas com o ambiente, em decorrência da redução da transpiração nas horas mais quentes do dia, sendo mais acentuada na estação seca e na matriz UFRPE 7. Os valores mínimos do potencial ocorreram na época seca, variando de -3,4 MPa (UFRPE 7) a -4,3 MPa (UFRPE 8), enquanto os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Malpighia emarginata; Relação planta-água; Folhas; Fotossíntese; Transpiração; Resistência à temperatura; Estresse hídrico.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2000000700007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho do método de dissipação térmica na medida do fluxo de seiva em seringueira REA
Delgado-Rojas,Juan S.; Righi,Ciro A.; Karasawa,Shiguekazu; Angelocci,Luiz R.; Bernardes,Marcos S.; Folegatti,Marcos V..
A medida da transpiração de árvores no campo é de difícil consecução. Nas duas últimas décadas, tem-se dado ênfase à medida de fluxo de seiva no caule como indicador da transpiração, principalmente se a escala de tempo usada é igual ou menor que um dia. Para essas medidas, são usados métodos térmicos com fornecimento de calor ao caule. O método de dissipação térmica (MDT) é um deles e vem sendo bastante utilizado pelo seu princípio simples e pela boa sensibilidade às variações de fluxo de seiva. Entretanto, tem-se evidenciado a necessidade de cuidados no seu uso, sendo uma das causas de perda de precisão o efeito da carga radiante sobre a planta, geradora de gradiente térmico natural, que interfere nos resultados. Além disso, o desempenho do método em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Hevea brasiliensis; Fluxo de seiva; Transpiração.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69162006000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento instrumental para determinação direta da perda de água em plantas por meio do monitoramento do fluxo de seiva - DOI: 10.4025/actasciagron.v27i4.1692 Agronomy
Santos, Antonio Odair; IAC; Bigas-Adão, Francisca Maria Rosiki; IAC; Barros, Camila de; IAC; Hernandez, José Luiz; IAC.
O monitoramento das necessidades hídricas é fundamental para o controle minucioso da irrigação. Métodos não-fixos, portáteis e precisos se fazem necessários para a correta determinação do consumo hídrico, em cultivos agrícolas. Um experimento sobre a questão foi conduzido no IAC/Jundiaí, Estado de São Paulo. Um sistema integrado, baseado na marcação de seiva por micro-pulsos regulares de calor, foi desenvolvido para determinação contínua da curva da perda de água. Diferentes configurações na montagem de sensores foram testadas, buscando-se encontrar o melhor perfil para uso a campo, com base em materiais e em processos nacionais. O protótipo foi calibrado em milho envasado e testado a campo. Medições feitas no caule da cultura evidenciaram coerentes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: 5.03.00.00-8 Engenharia Agrícola irrigação; Transpiração; Milho 5.03.00.00-8 Engenharia Agrícola.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1692
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação do fluxo de seiva na cana-de-açúcar pelo método do balanço de energia caulinar REA
Boehringer,Davi; Zolnier,Sérgio; Ribeiro,Aristides; Steidle Neto,Antonio J..
Medições do fluxo de seiva são importantes não somente no campo da agrometeorologia, mas também em estudos de natureza fisiológica para identificação de doenças vasculares e pesquisas destinadas à quantificação do movimento de água no sistema solo-planta-atmosfera. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o desempenho do método do balanço de energia, a partir da inserção de um minirresistor no centro do colmo de plantas de cana-de-açúcar, visando à determinação do fluxo de seiva sob condições ambientais distintas, utilizando-se de medições gravimétricas como padrão comparativo. O experimento foi conduzido em uma casa de vegetação não climatizada, localizada na área experimental da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa - MG. Com base no erro...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Transpiração; Saccharum officinarum; Eficiência do uso de água; Disponibilidade hídrica; Irrigação.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69162013000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecophysiological and Productive Properties as Tool for Breeding of Maté (Ilex paraguariensis St. Hil.) PFB - Pesquisa Florestal Brasileira
Rakocevic, Miroslava; Sturion, José Alfredo; Medrado, Moacir José Sales; Lavoranti, Osmir José; Mosele, Sérgio Henrique; Valduga, Alice Tereza.
The aims of this study were to estimate the genetic parameters for 59 half-sib progenies of maté under runing for formation, and to evaluate the ecophysiological properties for four progenies (P15, P18, P41 e  47) and two controls (P61 and P62), components of one maté breeding experiment combining  rovenances and progenies, established in Erechim, RS. The ecophysiological properties (stomatal  onductance (gs) - mol m-2s-1, net photosynthesis (A) - μmol CO2 m-2s-1, and transpiration (E) -mmol H2O  - s-1) were measured during one year in five epochs (from September 2002 to August 2003). The variance  omponents, genetic and phenotypic parameters and genetic values (for data of foliar mass collected in  runing of formation) were obtained using a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Genetic value; Heritability; Photosynthesis; Stomatal conductance; Transpiration. Condutância estomática; Fotossíntese; Herdabilidade; Transpiração; Valor genético..
Ano: 2011 URL: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/229
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do déficit hídrico na transpiração e resistência estomática da mangueira Rev. Bras. Frutic.
Castro Neto,Manoel Teixeira de.
O processo de indução floral da mangueira no Nordeste brasileiro, mediante o uso do déficit hídrico, não tem dado resultado satisfatório, principalmente pelo manejo inadequado da irrigação. O processo transpiratório e a resistência estomática da mangueira refletem a condição hídrica da planta. O monitoramento destes parâmetros fisiológicos na mangueira, durante o período de repouso fisiológico e irrigado, sugere que a indução floral por déficit hídrico não é eficiente devido ao manejo incorreto da irrigação.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Manga; Déficit hídrico; Transpiração; Resistência estomática; Indução floral.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452003000100027
Registros recuperados: 52
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional